Slay Bells | Você é uma stripper nesse terror natalino com um psicopata à solta na cidade

Procuro sempre apresentar umas opções de jogos temáticos aqui no Blog Nerd Maldito, e não é surpresa pra ninguém que jogos de terror me atraem. E vamos falar um pouco sobre um jogo indie de terror natalino, que sinceramente eu acho uma pequena obra prima! Especialmente no quesito narrativa, que achei a coisa muito caprichada, visto que jogo de terror gratuito é facilmente associado a histórias mais direto ao ponto, como Slender: The Eight Pages.
 
A história te coloca no papel de uma mulher que tem uma vida caótica. Ela é uma mãe que ama o filho, mas que o juiz acabou decidindo que era melhor o pai ficar com a guarda. Ela trabalha como stripper, em uma casa de exibicionismo onde os clientes pagam para observar através do vidro. Ela lamenta não ter contato  com a criança, mas a ama. Assim compra um presente e leva até a casa do pai do menino, deixando à porta e indo embora. Mas no caminho para casa, vê a polícia bloqueando o lugar, o que a faz pegar um atalho pelo metrô, e é quando começa a achar os corpos...
Trama diferenciada, não acham? É notável que algumas empresas grandes são focadas em jogos de terror com história, como The Quarry, mas na cena indie, embora tenhamos obras Duplo A como Layes of Fear, Detention e Visage, quando a coisa é um jogo grátis de terror Single A, a coisa tem uma tendência muito forte a ser algo como SCP: Containment Breach, que precisam só de uma desculpa para seu personagem fugir de um monstrão.

Por outro lado, o mais engraçado é que boa parte dessa trama que comentei, não é falada diretamente no jogo, e acaba exigindo uma certa bagagem. E no caso, eu mesmo não tinha entendido direito. Fui em uma ingenuidade tão grande, que quando li a descrição inicial da personagem falando algo do tipo "É natal e eu estou tendo que tirar a roupa até essa hora pra sobreviver" não me fez cair a ficha. Na real eu estava jogando na live do Nerd Maldito, e foi o próprio povo que estava assistindo, que me deu o toque. No começo pensei que estavam fazendo piadas da minha personagem ser uma prostituta. Até começar a perceber que não estavam fazendo piada (Apesar dela não ser garota de programa).
Uns dois dias antes da live, eu tinha assistido um filme de terror de natal HORROROSO, que pra vocês terem uma ideia, eu achei tão ruim, que em 2012 eu fiz uma matéria sobre ele, mas simplesmente esqueci completamente. Sumiu das minhas lembranças! Estou falando de Don't Open Till Christmas, de 1984, que considero o nome super estiloso (Não abra até o natal), apesar de que no Brasil ficou como "O Terror Pode Esperar" e a capa também é muito legal, com um presente sangrando, fazendo imaginar o que acontece se abrirem. Mas o filme é uma verdadeira desgraça!
No entanto, nele tinha uma série de elementos interessantes, que o roteirista não soube conduzir e juntos viraram uma bosta. E um deles era o "Peep Show", coisa que eu acho que nunca tinha ouvido falar na vida. É um filme de assassinos de "Papais Noéis", e que uma das personagens que mais aparecem é uma stripper que trabalha nesse lugar, onde um dos Papais Noéis vai e acaba morto em frente a ela, que passa a ser perseguida pelo serial killer.
Quando joguei em live e li o lance de tirar as roupas, pensei que era meu inglês que tava só o bagaço, afinal de contas pra que alguém tiraria a roupa na neve, né? E por que a personagem começou em um bequinho? A própria placa em neon era difícil de ler "Peep Show", mas me esforcei porque gosto de mostrar tudo na live. E ao andar um pouco pelo lugar, logo achei garotas de programa na neve, o que me fez rir por causa do modelito no frio.

E foi então que comentaram e liguei os pontos com esse filme e logo vi que era uma homenagem, o que ficou ainda mais evidente após achar várias referências a filmes de terror de natal. Por exemplo, tem um local onde tem uma lixeira e bem no cantinho tá escrito "GARBAGE DAY!" (Dia do Lixo), coisa que pode não ter sentido algum, mas quem assistiu Natal Sangrento 2, entende na hora a referência da infame cena em que o assassino fala isso pra um infeliz aleatório que tá levando o lixo pra fora e mete um tiro nele.
Então esse jogo aqui, é como se fosse uma reformulação muito mais bem feita do filme Don't Open Till Christmas, e ao invés de dar foco em um monte de personagens aleatórios, dá foco em uma das strippers do Peep Show, e adiciona a profundidade com a história do filho, que ela também comenta por alto, mas que você consegue ligar os pontos se for fã de filme de terror de natal e é uma das coisas mais legais.

Eu gostei muito em como aqui temos uma experiência de terror analógico, apresentando um visual semelhante ao que tínhamos na época do Playstation 1. Eu não sei vocês, mas adoro esse estilo, vejo que tem muitos jogos indie de terror com visuais charmosos peculiares e tipo Five Nights at Freddy's 4, Poppy Playtime ou mesmo clássicos como Amnesia: The Dark Descent. Mas se for pra ser limitado, eu prefiro um jogo que simule já algo bem antigo do que um visual de jogo de terror indie como um Granny 3 da vida.
E aqui nós temos todo um mundo robustinho, que me passou bem a atmosfera de um conto de terror nos anos 90, apesar da Blake McKinnon Productions, ter comentado que a homenagem era aos filmes de terror slasher dos anos 80. Acho que combinaria muito bem como sendo um dos capítulos do maravilhoso The Fridge is Red. Isso porque esse game indie de PC tem aquela sensação de algo que aconteceu em algum ponto da cidade com alguém.
 
Existe uma pequena cidade que é um tanto atmosférica ao meu ver, sendo um ambiente noturno, nevando e com mendigos e prostitutas pelas ruas, o que passa bastante aquela sensação de estar vivendo no submundo. E você tem acesso a outras áreas como metrô para ir procurando uma forma de chegar em casa, parece algo semelhante a Cry of Fear, mas em uma escala menor, já que é algo para ser zerado mais rápido, meia hora, talvez... Não dá pra reclamar, afinal de contas é um jogo de terror de PC grátis.
O jogo conta com a mecânica de localizar itens para continuar seguindo em frente, e enquanto você procura, Papai Noel também vai atrás de você. Apesar de tudo, eu não diria que é um jogo de terror perturbador. Em comparação a jogos de computador como Outlast ou mesmo a perseguição noturna de Dying Light 2 Stay Human, a coisa é muito mais tranquila.

A coisa foi feita para ser direto ao ponto, então as informações que você encontra, são muito mais relacionadas aos comentários da protagonista detalhando os massacres que ela encontra e os obstáculos, do que coisas como um papel que alguém escreveu. Isso pode deixar o jogo meio seco no quesito trama, mas eu preferi assim, pois gostei muito de como é um jogo de terror natalino que coloca a coisa nas entrelinhas.
Infelizmente um problema, é que o jogo não pausa enquanto você está lendo os pensamentos da personagem, o que dá um nervoso enorme, afinal de contas você pode nem ter terminado de ler e já ouve aquele HO HO HO e aparece o psicopata com um machado, pronto para te fatiar, te fazendo entrar na correria e gritaria, sendo que existe uma barra de stamina, que embora baixe lentamente, parece uma verdadeira tortura.

Apesar de ser um jogo de terror no natal, acredito que em outras épocas é interessante, até porque o povo é viciado em coisa sombria, né? É só ver o vício em vídeos de terror ou modificações de jogos populares que escracham o encantamento das pessoas por temas obscuros, como é o caso do Subway Surfers de Terror.
Acaba sendo uma ótima pedida também para aqueles que querem fazer maratona de jogos com temática de natal, pois apesar de ter alguns que são apenas hilários pelo nível da tosqueira, como Viscera Cleanup Detail: Santa's Rampage, temos várias aventuras de natal interessantes, e o melhor, enquanto tem obras pagas como Jack in the Dark, temos muitos jogos gratuitos de terror no natal! Por exemplo, The Baby In Yellow: Christmas Chapter, Snowy Secrets e I Caught Santa.

Enfim, Slay Bells é uma ótima pedida para quem quer uma aventurinha atmosférica sem ter que pagar por isso, então se você cansou de jogar Stumble Guys e está afim de um pouco de terror, fica essa dica que dá pra zerar de forma extremamente rápida! Você pode pegar esse jogo de PC de terror grátis fazendo o download de Slay Bells aqui.

Postar um comentário

0 Comentários