The Goatman | Jogo de terror cooperativo em mundo aberto

Desde os tempos mais antigos, histórias de assombração sempre acabam surgindo, criaturas estranhas, fantasmas, vultos, objetos se movendo sem explicação. Um bom exemplo registrado historicamente foi o caso do vampiro Peter Plogojowitz. E em The Goatman temos um jogo que apresenta isso pra ser explorado de forma cooperativa em um grupo de até três amigos.



Tudo começa no dia 23 de fevereiro de 2019, quando um grupo de pesquisa militar recebe uma ligação de moradores de uma pequena vila. Os arredores do lugar estão sendo assombrados por uma criatura horrenda que parece um bode meio humano. E assim três homens partem para investigar, rastrear e eliminar a suposta criatura sobrenatural.

Esse é um jogo que tem um conceito naturalmente atraente, pois reúne a ideia de jogos de terror com um monstrão te perseguindo, como Huntsman e Monstrum, com a opção de jogar com os amigos, porém não algo do tipo Damned ou Deceit, mas um ambiente em mundo aberto que se assemelha mais a filmes do gênero Mockumentary.

Ou seja, imagine um A Bruxa de Blair, em forma de jogo, e eu não estou falando de algo parecido com Blair Witch: Rustin Parr, mas algo realmente na atmosfera do filme. Andar por uma floresta onde dizem ter uma assombração e usar equipamentos para tentar localizá-la, até que ela começa a realmente surgir e a coisa fica louca.

Existem opções de classes de personagens, os jogadores podem ser todos da mesma classe ou ter variações. Isso vai influenciar no estilo de forma de se jogar, como ter mais vida, ter um ataque que acerta a uma distância maior, e causar um dano maior. Dependendo da classe você tem que se preparar para se adaptar.

O jogo começa em um trailer onde estão os equipamentos em geral, armadilhas de urso, minas, câmeras, kits médicos, etc... Existe um estoque limitado, exceto pela munição, então se torna o ponto do mapa onde os jogadores tem que volta quando precisarem recarregar. Já o resto do equipamento é usado para pegar o monstrão.

Armadilhas são colocadas em pontos estratégicos exatamente para o jogador correr sem pisar nela e atrair a criatura pra lá, mas o dano principal é causado pelas armas de fogo, sendo assim é um jogo que tem muito tiroteio, e isso não só contra o Goatman, mas também contra animais selvagens, javalis, ursos, veados, cobras, etc...

Apesar do grupo também estar sendo atacado e precisar se defender, o ritmo do jogo está mais ligado à caça, portanto é preciso ir a pontos estratégicos e posicionar câmeras, elas podem ser acessadas no trailer, e assim os jogadores precisam decorar onde cada câmera está. Existem construções para ajudar, pontes, casas, celeiro, cemitério, essas coisas...

O problema é que se for distante demais, até o grupo chegar lá, o monstro pode ter ido embora. Mas tem também um drone que pode ser controlado através do computador, e o grupo pode usar isso como suporte, tipo um ficar no trailer observando as câmeras e dando coordenadas para facilitar enquanto os outros dois partem atrás da criatura.

Existe um ciclo de dia, noite e efeitos climáticos, o visual é simples, mas tem tantos detalhes que acaba tendo sua beleza própria, de noite é preciso usar lanternas e há sinalizadores para indicar para os amigos onde você está ou indicar algo para eles. No entanto é um daqueles jogos bugados com animações travadas que geram gargalhadas pela feiura da coisa.

Aliás, o jogo todo em si passa meio que aquela sensação esquisita de algo meio bugado. Dependendo do jogador isso pode irritar ou fazer rir. Não é um jogo que é muito agradável de se jogar sozinho, e pode ser bem tedioso, no entanto a experiência cooperativa pode ser realmente ótima se o grupo saber se comunicar e bolar estratégias.

Enfim, The Goatman é um jogo que pode gerar bons momentos de diversão, risadas e gritaria. Não é extremamente assustador para quem é acostumado com terror, mas às vezes consegue dar uns sustos com o capetão aparecendo nas trevas. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na steam, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Comentários