quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Um monte de jogos gratuitos, corre! (Lista de jogos grátis)

Essa é uma página fixa atualizada várias vezes na semana para listar jogos grátis no steam, orgin, gog e etc... Aqui serão colocados constantemente os jogos que algumas empresas resolveram distribuir keys, e assim acaba facilitando para quem quer jogos pagos e não tem como pagar. Salvem a página nos favoritos, pois ela sempre é atualizada com novos códigos, ou curtam a página do facebook do blog, pois toda vez que eu atualizo essa página, a primeira coisa que faço é publicar lá e marcar um monte de gente, portanto vale a pena ter essa fonte de atualização pra baixar jogos grátis em seu computador! E por favor, mostrem para seus amigos. =)

Alguns sites de ganhar jogos:
Tremor Games: Esse dá desde jogos até cupons pra gastar em lojas variadas como a steam, psn, xbox live, amazon e etc...
Qualibest: Esse é brasileiro e você responde pesquisas e pode trocar por prêmios, incluindo jogos e vale presentes para lojas nacionais como o submarino e a saraiva. 
Playfire: Esse te dá dinheiro para gastar em uma loja de jogos com você fazendo conquistas na steam.
Meliuz: Esse não é exatamente para ganhar, mas sim para poupar, eles dão desconto onde você comprar e depositam uma porcentagem do dinheiro de volta!

Antes de pegar as keys, confira:



Lista de jogos grátis atualmente:

Obs: O jogo da foto da postagem é sempre colocado como o primeiro da lista a seguir!


39 Steps - Steam

Entre nesse site aqui, baixe a tela, coloque seu e-mail e aperte em "Redeem", digite o código que vai aparecer, espere a confirmação no seu e-mail (pode levar até duas horas) e então acesse o link que mandarem, na sua conta do site e vá nos seus jogos que lá você poderá pegar a key.

Se você não sabe como acessar essa área da sua conta, é só fazer login no site e olhar lá em cima onde está seu e-mail, clicar nele e então clicar em "My Profile" depois clicar em "Bundles Library" e vai aparecer a opção.

Bioshock Infinite - Steam

Esse é aquele evento anual que muitos de vocês já devem ter cadastro, onde você vota nos melhores jogos do ano e te dão uma cópia de um jogo, ano passado foi XCOM, ano retrasado foi Mafia 2 e Civilization 5 e esse ano é Bioshock Infnite! Então entre aqui e vote!

Obs: Assim como os jogos anteriores, eles não dão na hora a key, mas sim quando acabar o evento de votação dos melhores do ano, pelo jeito esse ano será no dia 30 de outubro que será a distribuição, então aguardem o e-mail, e será resgatado no site GMG que também virá com link, caso não conheçam é só ir logar no Playfire que é a mesma conta.

Bloodsports. TV

Entre nesse site aqui e vá baixando até um lugar onde você pode por seu e-mail, coloque lá o endereço do seu e-mail. Após isso salve a imagem do rato com uma lança e poste ela em uma rede social (twitter, facebook ou instagram) e faça um texto que contenha @fatsharkgames e #vermintide  (tem que ser os dois) depois na área "Social Media Link" coloque o endereço da rede social que você usou para eles conferirem e te enviarem a key. Aqui um exemplo de como fiz. Se na hora de enviar aparecer um erro em vermelho, é só atualizar a página e mandar enviar de novo. =)

Commander Cool 2 - Steam

Esse é um site que distribui 1000 keys por hora, portanto você tem que ficar de olho no contador, entre nesse site aqui, clique em request key e então vá fazendo os passos, siga no steam, sigam nas redes sociais, bla bla bla e depois fique de olho.

Stealth Inc 2: A Game of Clones - steam

Entre nesse site aqui, clique em "Get it Free", clique em "Check Out", resolva o captcha ou clique em "Não sou um robô" (Varia o que vai aparecer), clique em "Get it for free". Vão te mandar um e-mail para você pegar a key, talvez mandem um segundo e-mail com um código, se fizerem isso o copie e use no link que mandarem no primeiro.

Relic Hunters Zero - Steam

Esse jogo já é gratuito, MAS pegando uma key você libera a opção premium dele, permitindo destravar cartas, as cartas podem ser vendidas no mercado steam e você pode usar o dinheiro para comprar jogos (obviamente se usar só o dinheiro dessas fica complicado né? Então espere uma época de promoção em que se acha jogos a venda por centavos). Então não instale o jogo sem ativar a key antes ou vai perder a oportunidade, pra pegar a sua clique aqui para se registrar e então é só pegar sua key.

Absconding Zatwor - Steam

Esse é uma promoçãozinha, então você entra nesse site aqui, curte a páginas dos caras, coloca seu e-mail, aperta em ENTER. Se você ganhar, será notificado.

PID - Steam

Você terá que entrar nesse site aqui, colocar seu e-mail, curtir as página que aparecem, seguir no twitter e enviar.

Earth 2150 - The Moon Project - Steam

Na hora de pegar esse, algumas pessoas, podem ter dificuldades, pois, no site alemão DLH, é normal ter problema em fazer login, e as vezes o problema é meramente alterar a senha, então basta você entrar nesse site aqui, se cadastrar, mudar a língua pra ALEMÃO, fazer login e depois clicar em Profil / Keys, daí baixar a tela até lá em baixo ver os jogos que você tem pra pegar, basta clicar no botão azul em frente ao jogo e fazer login no seu steam que automaticamente o jogo será adicionado a sua conta.

Obs: As keys são liberadas a cada 1 hora, sendo que são 2000 por vez, portanto se não conseguir, volte uma hora depois que poderá tentar pegar uma delas de novo.

Zuma's Revenge - Origin

Basta entrar no site de venda do jogo, fazer login, clicar no botão "Faça o Download Já" e iniciar o Origin pra ser adicionado a sua conta.

Tiestru - Steam

Pra pegar esse você tem que entrar nesse site aqui, digitar o captcha, clicar no símbolo da steam e fazer login, daí a página irá carregar e você aperta no botão "Enter" que irá aparecer. Daí é só esperar eles começarem a distribuir, diz que é sorteio, mas são 30 mil, as empresas demoram pra caramba pra distribuir 10 mil de uma chave, então imagina 30?

Realms of the Haunting - Steam

Entre nesse site aqui, curta as duas páginas, coloque seu e-mail e aperte o botão para pegar a key.

Amazing Adventures The Caribbean Secret - Origin

Esse é na base da gambiarra, por isso você vai ter que primeiro instalar o plugin hola, depois que ativado, faça ele mudar o seu ip para francês. Então é só entrar nesse site aqui para adicionar o jogo ao seu Origin.

Jet Gunner - Steam

Entre nesse site aqui e clique no botão do steam para fazer login, e então aperte o botão "enter" na próxima página, e na seguinte coloque o seu e-mail e te enviarão em algumas horas a key.

Brawlhalla - Steam

Basta entrar no site oficial do jogo, colocar o seu e-mail e após alguns dias te enviarão uma key! Caso não consiga por aí, pode tentar esse outro site aqui. O modo online desse jogo é viciante demais, mas é possível jogar sozinho também contra até três bots.

Dead Bits - Steam

Basta entrar nesse grupo (É necessário ser membro dele) depois entrar nesse site aqui, fazer login no steam, se certificar de que o seu perfil esteja como público e apertar em Redeem. (Se seu perfil não for público, deixe ao menos para pegar a key, depois pode deixar privado de novo, pois pode não dar certo com perfil fechado).

Anomaly Warzone - Steam

Basta você se cadastrar nesse site aqui, depois ir ao seu email, confirmar, terminar o cadastro colocando seu nick, e o que pedirem, daí ir ao seu e-mail de novo e terão te mandado uma mensagem com um link, você clica lá e depois é só entrar no site, clicar em "My profile", depois em "My Games" e você terá o jogo lá.

East India Company Gold Edition - Steam

Depois tem East India Company Gold Edition na steam, mais um jogo na DLH foi adicionado a lista com os outros, portanto é aquele mesmo sistema, faça login no site, clique lá em cima em Profil / Keys e vá lá em baixo na parte azul das keys, clique no botão azul do East India Company Gold Edition pra adicionar a sua conta. Existe número de keys que vai sendo adicionado por tempo, então se o botão não aparecer, vai ter lá escrito em quanto tempo adicionarão mais, daí é só voltar.

Enclave - Steam

Esse é mais um jogo na DLH foi adicionado a lista com os outros, portanto é aquele mesmo sistema, faça login no site, clique lá em cima em Profil / Keys e vá lá em baixo na parte azul das keys, clique no botão azul do Enclave pra adicionar a sua conta. Existe número de keys que vai sendo adicionado por tempo, então se o botão não aparecer, vai ter lá escrito em quanto tempo adicionarão mais, daí é só voltar.

Hearts of Iron IV + DLC's - Steam

Pra receber você tem que se cadastrar nesse link aqui, se cadastrar, entrar em uma das facções, daí é preciso esperar receber um e-mail para confirmar a inscrição, e mais prêmios serão liberados de acordo com a quantidade de gente que for entrando, quando o jogo estiver pronto para liberarem as keys, te enviarão uma.

Chess the Gathering(CTG) - Steam

Esse é apenas um nome temporário do jogo, que ainda está sendo feito, mas já gera key para o steam mesmo, ele é como se fosse um jogo de xadrez usando regras semelhantes às de Magic The Gathering, ou seja tem cartas e peças, além de tabuleiros bem surreais. Para conseguir primeiro você tem que ir ao site do jogo e colocar seu e-mail, depois ir ao seu e-mail e confirmar clicando no link, então você receberá um segundo e-mail, nele terá um novo link, que você clica e aí vai para uma página onde no topo vai estar sua key para steam, então vamos lá, comece clicando aqui. (Como o jogo ta em testes ainda, vale a pena ver o vídeo tutorial se você for jogar logo, pois ainda não tem tutorial dentro do jogo).

Obs: Eu limpo os que saíram de promoção de vez em quando, mas vez ou outra algum fica por uns dias, porém não se preocupem. E indiquem a página para seus amigos, não custa nada e pode ser que futuramente eles vejam que saiu mais um jogo grátis aqui e te avisem, diminuindo a chance de você perder aquelas promoções rápidas com poucas keys. =)

Obs 2:  Lembrando que esses são downloads de jogos para PC.

Como conseguir jogos de tabuleiro de graça!

Como alguns de vocês devem ter notado, ultimamente eu estou um tanto frenético quanto a jogos de tabuleiro. Especialmente aqueles que me conhecem pessoalmente acabam me pegando falando direto sobre jogos que pretendo comprar ainda e bla bla bla, e sem contar com algum conteúdo que tenho postado como aquele vídeo que ensinei a jogar Star Wars Império vs Rebelião. E hoje vou falar sobre algo que descobri e que achei bem legal!

Fazia muiiito tempo que eu não usava o qualibest para pegar vale compras, isso porque as coisas que eu compro começaram a ser um pouco mais caras, e eu já não compro mais tão frequentemente no submarino, saraiva e americanas. E assim passei a trocar os meus pontos por créditos de celular que estavam mais úteis pra mim.

Então esses dias fiquei meio frustrado porque queria comprar um certo jogo de tabuleiro, mas o vale máxima que estava disponível na loja que eu queria era o de 40 reais... E eu não estava afim de pagar a diferença, mas como não se pode usar dois vales na mesma compra, não dava pra pegar dois. O resultado foi que fiquei de mãos abanando com a bagaceira.

Mas aí fui dar uma olhadinha lá pelo qualibest mesmo, e não é que os caras aumentaram absurdamente o estoque de coisas? Lembram daqueles brinquedos do Jurassic World que eu falei? Eles ficaram disponíveis lá! Só que o que mais me empolgou foi o fato de também terem jogos de tabuleiro! E isso é maravilhoso demais!

Mas vou dar umas dicas, olhe primeiro o valor dele no mercado e se o frete de alguns lugares não acaba compensando mais. Esse jogo aí da imagem que peguei acabou valendo a pena e pelo o que calculei o frete saiu muito mais barato do que comprar em uma loja, mas alguns podem não sair tão bom assim. Então se vão começar e querem algo barato, sugiro o War Cards, que é baratinho, custa 406 pontos só e o valor sai baratíssimo, parece que nem frete é cobrado, já que o vale 20 reais custa 420 pontos e esse jogo custa 19 reais em lojas!

Bom, fica essa dica aí pessoal, gostei demais, demorou quatro dias do dia em que efetuei a troca até chegar aqui em casa, mas acho que varia de lugar pra lugar (Moro em Brasília). E também tenham paciência quanto a ganhar os pontos né, eles não vão surgir em uma semana (A não ser que você seja do tipo que gosta de um desafio e vá atrás kkk). Clique aqui para dar uma olhada.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Zombi - Um sombrio simulador de apocalipse zumbi

Para quem não sabe, Zombi U foi inicialmente lançado como um jogo exclusivo para Wii U, tendo como grande atração a sua mecânica que usava como elemento principal o controle daquele console, fazendo o jogador ter que constantemente usá-lo como se fosse um acessório real do personagem, e tornando assim as coisas incríveis. Tanto pelo nome quanto pelo controle feito especialmente para o Wii U, o jogo parecia ser impossível para outras plataformas, porém com o fim do contrato de exclusividade a Ubisoft decidiu lançá-lo para Xbox One, Playstation 4 e PC, algo que chamou muito a atenção e despertou a curiosidade.

A história se passa durante o apocalipse zumbi em Londres, para quem assistiu os filmes da incrível franquia Extermínio certamente vai se sentir em casa ao poder controlar o personagem por esse ambiente. Mas a trama não tem foco no seu personagem e sim em algo misterioso envolvendo um homem que se autointitula "O Estrategista" e diz que já sabia que esse acontecimento ocorreria, portanto estava preparado.
Então aqui você é só mais um que acabou parando no meio de todo esse caos e enquanto fugia, acabou ouvindo uma voz saindo de um fone em um prédio. E assim passa a ser guiado por essa voz que te filma constantemente e dá dicas sobre como sobreviver, o que você tem que fazer, além de vários outros detalhes.

Tenho que assumir que a primeira vez que vi Zombi U, olhei bem torto, achei esse nome horroroso e forçado demais, porém achei sim legais os controles só que como eu não pensava em ter um Wii U, não foi algo que fui muito atrás. E assim veio a grande surpresa com o lançamento dele para outras plataformas, se tornando assim apenas "Zombi", o que deu uma certa sensação de que o nome tinha sido cortado ao meio.
A jogabilidade é realmente bem legal, um jogo charmoso. É verdade que não é algo assim que se pode chamar de um jogo inovador sobre mortos vivos (não em um console que não seja o Wii U), mas ainda assim é aquele tipo de jogo gostoso de se aproveitar, passar o tempo. Uma atmosfera pesada, porém não algo de fazer você cuspir o coração pra fora, como o medonho Monstrum, algo mais pra um jogo que você se sente inquieto, porém capaz.

Esse é um daqueles títulos que faz uma boa simulação da vida de sobrevivente como o imersivo Project Zomboid e o gigantesco State of Decay. No entanto enquanto o primeiro jogo citado está mais para jogo em cidade pequena e o segundo tem mais um clima de sobrevivência na área rural, esse aqui fica voltado para um clima urbano e noturno, existe uma tensão a mais na coisa.

Você vive em um abrigo onde tem sua cama e coisas guardadas, além de eletricidade que é gerada graças a preparação do Estrategista, no entanto ainda é preciso conseguir suprimentos e eles estão espalhados pela cidade, para isso você precisa constantemente sair e procurar por coisas, vasculhar áreas e ir além cada vez mais, abrir caminhos e se preparar para o pior.

Você conta com um aparelho especial que te permite fazer uma série de coisas como escanear a área em busca de elementos coisas interessantes que podem ser marcadas, hackear determinados aparelhos eletrônicos e usar um radar que é capaz de detectar algumas coisas. Esse aparelho é uma adaptação do controle do Wii U e se você sabe da existência dele ou até mesmo jogou a versão original do jogo, acaba sendo inevitável não fazer comparações e pensar em como deve ser incrível a liberdade.

O negócio é que existem tantas coisas oferecidas por esse tablet e imaginar que você realmente aponta ele para os lugares em busca de coisas e constantemente o consulta, acaba tornando uma experiência imersiva que é retirada em outros consoles. Toda aquela sensação de você realmente estar com aquilo na mão e poder olhar pra ele e consultá-lo não está aqui.

O Estrategista é outro elemento interessante do jogo, como o cara se preparou para os acontecimentos, você vai descobrindo aos poucos quem ele é e o motivo de saber que aconteceria, além de que ele te observa o tempo todo, te dá informações e guia, é fantástica essa sensação, as coisas que ele pode fazer e como podem te surpreender. Li que no Wii U a voz dele não sai da TV, mas sim do controle, então imaginem que fantástico?

Um outro detalhe interessante e exatamente o que deixa a sensação de ser um sobrevivente realmente como um simulador é o fato de que se o seu personagem morrer, acabou. Um novo personagem é gerado e você precisa começar com ele, e pode inclusive achar o corpo do seu personagem antigo transformado em zumbi, e se matá-lo é possível pegar suas coisas de volta.

Graficamente o jogo é legal, mas não é exatamente o que se pode dizer que é uma maravilha. O gráfico é básico voltado para o lado bonito. Daquele tipo que você não para pra admirar as coisas nem nada, mas também não se incomoda, algo neutro, o típico "bonitinho" que para a maioria é o suficiente, mas que para uns poucos que exigem mais da coisa pode acabar sendo um ponto fraco do jogo.

Enfim, Zombi é um jogo bem legal para se passar o tempo, ele é divertido, tem seus elementos e seus momentos. Mas se forem jogar e tiverem a oportunidade de jogar a versão do Wii U, recomendo demais, a experiência pode dar um salto de um jogo legal para um jogo espetacular! Mas mesmo assim pode gerar muita diversão em qualquer versão, então fica essa dica, confira se ele roda em seu PC.


D4: Dark Dreams Don’t Die - Esse jogo sim é bem insano

Esse é um daqueles jogos super impressionantes por ter uma apresentação tão intensa e cheia de detalhes com um toque psicológico e ao mesmo tempo toda uma loucura que fica difícil não se apaixonar. Isso sem contar com o nome extremamente estiloso né? Quatro D's que representam as quatro palavras que compõem o nome, mas ao mesmo tempo significam tão mais. E chegou a hora de falar sobre essa maravilha!

David Young é um homem que trabalha na unidade de narcóticos de Boston, no entanto um dia sua mulher é assassinada. Ele a encontra em seu último suspiro e tudo o que ela diz é "Procure por D", após isso sua mente fica embaçada e ele ganha uma misteriosa habilidade especial de interagir com o passado usando itens que pertençam a alguém, assim como fica paranoico com o tal "D".

Aqui está uma obra que mostra muito bem que um criador deixa mesmo sua assinatura, ao jogar eu constantemente me via pensando no quanto o jogo me lembrava Deadly Premonition, com toda a sua loucura retirada da série Twin Peaks, aquela sensação constante de insanidade e coisas bizarras, com personagens excêntricos e um ambiente surreal, e depois acabei descobrindo que de fato o jogo é do mesmo criador de Deadly Premonition e aparentemente continuou sugando de Twin Peaks.

Pra falar a verdade no começo do jogo tudo que me veio a cabeça foi o maravilhoso Fahrenheit, com todo aquele climinha de mistério e você controlando o personagem em sua casa, tendo a opção de andar por ela e fazer coisas simples como beber algo, ligar a TV ou observar alguns dos objetos para lembrar de determinadas coisas, mas logo vi que um monte de outras obras eram lembradas, formando assim algo próprio.

Existe um mistério constante na coisa, você é um investigador e deve usar itens para voltar ao passado, se colocando naquele ambiente e podendo descobrir certas coisas. A história se inicia quando um amigo de David o chama para resolver um caso bizarríssimo sobre um voo em que um dos passageiros simplesmente desapareceu.

Então você usa o objeto e volta a aquele momento como se fizesse parte dele, podendo interagir com os presentes e descobrir coisas. Mas nesse voo a presença de um passageiro com gigantismo (E com muito climinha de Twin Peaks por acaso) está presente e parece saber de um monte de coisas que ele não tem ideia.

O jogo é cheio de pequenos detalhes interessantes e a cada personagem que você olha, mesmo durante a apresentação, você pode colocar o mouse em cima para dar uma olhada em informações extras, além de outros detalhes mais intensos como o próprio nome do jogo, sendo 4 D's e o personagem está procurando por alguém que o nome começa com D, e a tradução do nome para "Sonhos negros não morrem", tem tudo a ver também, é simplesmente muito bem bolada a coisa.

A jogabilidade é bastante semelhante a jogos da Tell Tales Games, então se você gostou de obras como Tales From Borderlands, The Wolf Among Us e Game of Thrones, certamente vai se sentir em casa aqui, inclusive a forma de apresentação dividida em episódios e o visual usando a técnica Cel Shading para parecer um desenho é usada aqui.

Há também missões alternativas que podem ser cumpridas, você vai fazendo elas para ganhar alguns extras e existe um limite te estamina do personagem que vai sendo gastas a cada ação feita, você precisa ficar atento nisso e comprar itens para recuperar ou comer algo que encontre. Além de um sistema de combate super agitado com quick time events.

Enfim, D4: Dark Dreams Don’t Die é um ótimo jogo para aqueles que gostam de obras onde o foco principal é a história, mas ao mesmo tempo em que é apresentado algo sombrio, também há um clima de loucura capaz de te fazer dar gargalhadas altas (Especialmente com a maluca que acha que o avião vai cair kkk), então fica essa dica pra vocês! Confiram mais informações no site oficial do jogo.


terça-feira, 1 de setembro de 2015

A polêmica mídia física de Metal Gear Solid V pra PC

Sem dúvidas o lançamento do jogo Metal Gear Solid V: The Phantom Pain para computador foi algo maravilhoso! Afinal de contas não muitos anos antes os jogadores de computador estavam muito acostumados a verem jogos AAA saírem apenas para consoles e comemorarem quando algum acabava sendo multiplataforma e incluindo o PC. Mas os fãs que pediram MGSV tiveram uma surpresinha...

O desenvolvimento do jogo teve um empenho especial bem legal, o produtor Ken-ichiro Imaizumi explicou em sua conta do twitter que a versão para computador inicialmente iria chegar mais tarde, o que já aconteceu em diversos jogos e não seria uma surpresa. No entanto a equipe da Konami de Los Angeles ficou sem férias de verão para aperfeiçoar a versão e entregar tudo junto.

E claro o povo ficou animado, a campanha em cima do jogo foi imensa, tiveram os comerciais japoneses bizarros envolvendo casamento entre pessoas escondidas em caixas, a edição de colecionador de tirar o fôlego com uma réplica móvel do braço biônico de Snake, e claro... Não podemos também esquecer dos barracos como a teoria da conspiração de MGS5 e o fão danadinho que deixou um bilhete no painel da KONAMI.

Mas infelizmente nem tudo é festa e a Konami cometeu uma série de erros com os fãs, e depois do barraco envolvendo os fãs de Silent Hill, teve toda a treta com o Kojima digna de novela mexicana e no fim das contas ainda surpreendeu aqueles que fizeram pré venda e decidiram instalar o jogo para deixar pronto para jogar.

Antes de tudo saiba que é muito comum pessoas fazem compra da mídia física de um jogo para evitar o download imenso do jogo, e assim poder instalar e depois só validar online quando lançar, podendo jogar nos primeiros segundos do lançamento. Legal né? Mas não para quem fez pré-compra de Metal Gear Solid 5!

Sabem o que vinha na mídia? O instalador do steam! Uahahahaha, imagina a frustração do povo? Especialmente aqueles de conexão horrível, indo lá jogar super felizes e quando descobrem o conteúdo da mídia é essa bagaceira. Lembram da matéria sobre como as DLC's pervertem empresas ao extremo? Pois é... Parece que aconteceu a mesma coisa que Bioshock 2 só que ao contrário.

Mas e você? Qual seria a reação se fosse todo feliz instalar o jogo e descobrisse essa surpresinha? Kkkkk, enfim, está querendo jogar, mas o seu computador é pré-histórico? Não deixe de conferir se esse jogo roda em seu PC.

As cenas censuradas do jogo Until Dawn no Japão

Como eu tinha citado nos bizarros comerciais japoneses de Metal Gear Solid 5, o Japão é um lugar onde se tem coisas extremamente bizarras, no entanto isso faz com que muitos pensem que ele não tenha limites e qualquer coisa seja normal, só que as coisas não são bem assim, por exemplo o anime Gantz foi transmitido originalmente censurado, e o mesmo aconteceu com Tokyo Ghoul, que embora seja super sangrento, é todo censurado. Sendo assim, video games também podem receber censura por lá!

E parece que ao avaliarem o conteúdo de Until Dawn, os japoneses não gostaram nem um pouco da chacina em Until Dawn. Diversas cenas de morte tiveram que ser censuradas, pois acharam que a coisa tinha passado dos limites com violência imensa e sangue pra todo lado, além de algumas terem impacto mesmo no lado psicológico da coisa, podendo deixar a pessoa perturbada.

Violência em video games é algo bastante comum e em diversos países a coisa é mais linha dura, limitando o conteúdo mesmo, e isso nem está sempre relacionado ao jogo em si, muitas vezes é relacionado a outras coisas como as capas censuradas de Left 4 Dead 2, no entanto o Japão não é um desses, normalmente quem tem destaque em censura e conteúdo alterado são a Alemanha e a Austrália, que tem diversos jogos assim.

No Brasil e na Europa o jogo ganhou o selo 18, sendo assim um conteúdo adulto, enquanto nos Estados Unidos ele conseguiu o selo M, se você não entende como funcionam os selos nos EUA, tá na hora de aprender ein? É importante pra caramba a influência mundial que ele tem, confira aqui como são os selos por lá.

No Japão as cenas de morte que foram censuradas tiveram uma forma bem descarada, pois é tacada uma tela preta na frente da câmera e fica só a voz do personagem enquanto morre, sendo assim não é uma edição no conteúdo mesmo, só algo tampando pra você não ver hahaha. E se você ficou curioso sobre o que tinha demais nessas cenas, vou por aqui uma das mortes que foram censuradas, mas saiba que o jogo está naquela lista de jogos dublados em português, ou seja se você for jogar vai ouvir em português a gritaria, e já aviso que obviamente o negócio é bizarro, sendo assim já fique sabendo... Confira:

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Os comerciais live action de Dragon Quest VIII

Ahhh comerciais live action, pode assumir que você os ama! Alguns deles tem níveis surreais de qualidade, como o impecável trailer de Halo 3: ODST em live action, que apresenta as coisas em uma verdadeira qualidade de filme estiloso, ou mesmo o tão bem elaborado trailer de The Saboteur, que se passa todo em uma época antiga. Por outro lado temos também tem os que parecem ter sido feitos na garagem da desenvolvedora como o de Super Motherload, mas no fim sempre são curiosos.

Dragon Quest é uma daquelas franquias de RPG que ficaram gigantescas com uma quantidade enorme de jogos da série principal e ainda um monte de spin-offs. O primeiro jogo foi lançado em 1986 e depois disso não pararam de sair um atrás do outro, além de diversos outros produtos. No ocidente a franquia é conhecida como Dragon Warrior, mas como a pessoa se refere depende muito do fã.

Aqui no Brasil uma das coisas que mais popularizou a franquia foi o anime "Fly, o pequeno guerreiro", que no original se chamava "Dragon Quest Dai no Daiboken" e foi inspirado em um mangá de mesmo nome, que por sua vez é um subproduto de Dragon Quest. Ou seja, tem muita gente que teve contato com Dragon Quest e nem teve ideia disso.

E a Square Enix decidiu fazer alguns pequenos comerciais em live action para a campanha de promoção de Dragon Quest VIII, sendo que ganhou um certo toque trash na coisa com essa mistura oriental com um reino medieval e roupas estranhas, mas mesmo assim ficou interessante. Uma campanha semelhante que ela já tinha feita e que ficou muito legal foi a campanha live action de Final Fantasy XIV.

Uma coisa que achei curiosa é que diferente dos atores de FF14 os de Dragon Quest são ocidentais, no entanto são comerciais japoneses e eles estão falando em japonês. Me pergunto se esses caras realmente dominam a língua, se aprenderam na hora as palavras do roteiro ou mesmo se foram dublados. Enfim, confiram:

domingo, 30 de agosto de 2015

Jogue Speed of Light - Aquele jogo do clipe do Iron Maiden

No início de 2015 os fãs de Iron Maiden tiveram uma notícia nada boa com o anuncio de que o vocalista Bruce Dickinson estava com câncer na língua. E assim ele começou o tratamento, deixando muita gente preocupada e claro gerando muita treta na internet com pessoas dizendo que foi na língua por ter sido castigo de Deus e o bla, bla, bla de sempre.

Mas não demorou muito para que ele se recuperasse e voltasse à ativa, sendo que em agosto os fãs receberam o álbum The Book of Souls, e em destaque veio o clipe da música Speed of Light, que contém uma homenagem ao público gamer, fazendo assim com que muitos daqueles que mesmo não gostam nem um pouco da banda acabassem sabendo do clipe por atingir seu grupo.

E aliás, uma técnica bem fantástica para atingir um público ein? E já usada por várias outras bandas, como por exemplo o clipe da música Say You Like Me ou mesmo o hilário Don't Deny Your Heart, que consegue ser bastante surpreendente a um certo ponto da coisa kkkk (esse vale a pena ein).

Mas apesar de eu achar uma ótima ideia de se promover, o do Iron Maiden não me empolgou tanto, talvez porque esse negócio de duas mídias se encontrando me parece meio óbvio que é só pra atingir um público, é como o Adam Sandler encontrando a Turma da Mônica, algo curioso pra caramba, porém que no fim não parece ter uma verdadeira essência pra me empolgar.

No clipe do Iron Maiden são mostradas várias cenas referentes a jogos, em geral são coisas bem semelhantes a diversos títulos, alguns em 2D e outros em 3D. E um em especial chamou muito a atenção, o primeiro "jogo" que aparece, sendo referência a Mario vs Donkey Kong e tendo um belíssimo gráfico pixelizado.

Acredito que boa parte dos gamers se perguntou se eles tinham realmente feito aquele jogo, pois o visual era simplesmente muito fantástico, além daquela jogabilidade tão agradável. E não é que poucos dias depois os caras realmente lançaram o jogo? Quem quiser jogar é só clicar aqui.