Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 8 de junho de 2016

WASTED - Um roguelike com climinha de Borderlands

O universo de Borderlands sem sombra de dúvidas foi algo que inspirou a cultura pop, fazendo surgir obras como o belíssimo Jack's Exodus ou o tão inusitado Spin-Off da Telltale Games chamado Tales From The Borderlands, porém tem obras que não tem nenhuma ligação com a franquia e mesmo assim passam aquele climinha, um exemplo WASTED, um Roguelike com cara de se passar no mesmo universo.

Aqui é apresentado aquele tão conhecido fim do mundo que se tornou tão popular com o universo de Mad Max, ou seja aconteceu algo catastrófico que fez com que a paz como conhecesse sumisse e pessoas tentam sobreviver nas terras devastadas, um baita de um desertão cheio de foras da lei, armas e coisas enferrujadas. Só tem um probleminha... Nesse aqui apenas os idiotas sobreviveram e os inteligentes foram varridos da face da terra. Aí já viram a bagaceira né?
Esse jogo carrega o subtítulo de "A Post-Apocalyptic Pub Crawler" ou em bom português algo como "Um explorador de bar pós apocalíptico". Isso porque faz referência ao gênero Dungeon Crawler com todo aquele estilinho que conhecemos e você tem que vagar por um bar abandonado nas terras devastadas, achando tudo quanto é coisa enquanto desce os níveis.

O visual do jogo carrega o estilo Cel Shading, portanto as texturas tem um visual de desenho animado. Não é daqueles extremos que fazem parecer um desenho real se você ver imagens estáticas da coisa, mas ainda assim usa o estilo e fica notável, algo bem destacado com cores brilhantes e que acaba sendo ainda mais peculiar graças ao humor ácido e violência presente.
Você tem o seu cantinho, uma cabana no deserto com cercas, um carro e qualquer coisa que precisar. Mas os suprimentos não vão durar para sempre e portanto você precisa constantemente ir atrás demais. Nesse quesito o jogo lembra Bunker Punks, onde você também tem uma base mas constantemente precisa ir até outras áreas.

Nas idas ao pub você tem os elementos principais de um roguelike, ambientes gerados aleatoriamente, tornando assim a experiência sempre variada e morte permanente. Quando isso acontece você automaticamente vê uma apresentação de um novo personagem vagando pelo deserto e então encontrando seu esconderijo para logo depois o nome em cima da casa se mudar pro do novo dono e você assumir o controle dele.
Dentro dos pubs terão bandidos também explorando o lugar, você pode entrar em combate direto, fazer com que caiam em armadilhas ou ser mais estilo stealth e chegar de mansinho por trás, observar o que estão fazendo e assassinar silenciosamente. Mas claro, é possível também tentar passar por eles sem nem ao menos ser percebido.

Um dos maiores charmes do jogo são as bebidas, você as encontra aleatoriamente e tem efeitos variados quando bebe, podem ser coisas como habilidades provisórias, habilidades permanentes ou até mesmo desvantagens! Então pode ser uma baita de uma surpresa, seu personagem de repente pode ganhar um ótimo power up ou se dar muito mal bebendo.

Há algumas emoções a mais inusitadas, como coisas misteriosas que você vai encontrando ou mesmo caçadores de recompensa implacáveis que vão aparecer se você ficar muito tempo explorando um piso, ou seja você tem que ser rápido em encontrar a saída do lugar e ficar atento pois quando eles aparecem a adrenalina sobe muito!

Enfim, o jogo ainda tem diversos elementos interessantes como áreas novas pra você visitar com carro, craft de itens e mais. Aventuras em um desertão sempre acabam encantando como já vimos em diversas obras tipo a épica franquia Duna, e pra pra quem curte um humor ácido, Wasted pode ser uma ótima opção. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui


Nenhum comentário: