Death Stranding Grátis causou caos na Epic Games e revoltou alguns gamers

Com o tanto de coisas grátis que anunciei e divulguei aqui no Blog Nerd Maldito, ao longo dos anos poucas foram tão caóticas quanto Death Stranding de graça na Epic Games Store. Lembro que rolou um caos com GTA 5, mas com esse a coisa foi realmente um contratempo que deixou alguns gamers irados com o resultado da coisa. Afinal o que aconteceu? Por que a Epic Games trocou Death Stranding? Foram perguntas que se repetiram muitas e muitas vezes na internet, com pessoas iradas com a situação.

O negócio é que obviamente se deixam grátis algum jogo muito popular e Triplo A como The Elder Scrolls V: Skyrim, Spider-Man: Miles Morales ou Resident Evil Village, você sabe o que vai acontecer. O caos vai rolar solto e os servidores provavelmente vão cair. Isso porque são jogos desejados. Tem alguns games que você sabe que vai ter uma alegria, mas certamente será moderado, tipo um Metal Gear Sold V: Ground Zeroes ou Stray. Porém para certos títulos a coisa é certa... Vai ter caos!
 
Era bom demais pra ser verdade?

E muito bem, a Epic Games Store fez a promoção de Natal de 2022 apresentando 15 jogos grátis em seguidas. Muitos jogadores ficaram revoltados com a loja porque ela não estava dando jogos Triplo A, e inclusive cheguei a escrever um artigo sobre jogos indies serem considerados inferiores a jogos AAA por algumas pessoas, mesmo tendo oferecido jogos com notas altíssimas. Porém no dia 25 de dezembro, a Epic quis surpreender no presente de natal e lançou Death Stranding.
Mas tem algo curioso, ela fez a promoção colocando um pacote de "presente surpresa" com um ícone do colar do protagonista Samuel "Sam" Porter Bridges, o que já fez o povo adivinhar. Mas uma coisa que notei e que inclusive fiquei muito confuso, foram as cores que colocaram, um azul petróleo, que são as cores da capa do Death Stranding na sua primeira versão. Sendo assim, eu já tinha até me preparado e feito a arte de divulgação pra eu anunciar no blog quando liberassem grátis, e foi aí que lembrei que não vendiam mais a versão normal.
 
Na Steam, por exemplo, quem comprou, ainda pode acessar a versão comum na biblioteca, mas outras pessoas não podem comprar ela. Já se a pessoa que comprou  a versão normal, quiser Death Stranding Director's Cut, ela precisa comprar o update, e aí aparecem os dois na biblioteca. Essa edição conta com novas missões, novos itens, elementos novos no mundo (tipo ver robôs fazendo entregas), novas armas, novos movimentos, se você usar um DualSense, mesmo no PC, tem suporte realista ao peso dos equipamentos carregados, podendo sentir os gatilhos ficando mais duros pra simular certas cargas. E assim vai... Detalho as melhorias na minha postagem sobre Death Stranding Director's Cut.
 
Sendo assim, imaginei que poderia ser a versão completa, já que a loja da Epic Games também não tinha mais a versão normal e não seria a primeira vez que ela faria algo um tanto cabuloso. Dessa forma, preparei também uma arte para a versão Director's Cut. E assim tava pronto pra atualizar o mais rápido possível a lista de jogos grátis que deixo aqui no blog.
 
Alguém errou feio...

Na hora que aconteceu, eu estava transmitindo a live do Nerd Maldito, quando dei uma pausa no meio da transmissão e fui publicar, mas nem abria e foi uma surpresa com a galera que tava assistindo comentando que realmente era o Director's Cut, porque alguns deles conseguiram entrar primeiro do que eu, já que só não carregava. Eu fiquei confuso especialmente por causa das cores usadas no pacote de presente. Por que azul petróleo? Afinal a Director's Cut tem esse visual aí embaixo com uma paleta de cores amarelada. E pelo jeito tanto eu quanto a galera da própria Epic Games ou da Kojima Productions, ou talvez até mesmo da 505 Games. O negócio é... Alguém fez algo muito errado ali, porque o jogo errado saiu ali.
A princípio, foi normal estar praticamente impossível. Algumas pessoas na minha live já avisaram que pegaram, e eu falei "Ah, depois eu pego", porque tinha que continuar na live. E mais tarde voltei lá, fui tentando várias e várias e várias vezes... Até que a bagaça mudou pra R$ 97,19 e no começo pensei que era lógico que tinha dado erro pela quantidade de acessos. Até ir pra página inicial e notar que nos jogos grátis tava exatamente a imagem que eu esperava no começo. A azul petróleo da versão normal.

Sim, a versão normal voltou a ser publicada na Epic Games! Então a minha teoria é que a Kojima Productions Co. tava fazendo sua estratégia de marketing, primeiro em agosto lançando Death Stranding no PC Game Pass, ficando de fora do Xbox Game Pass Ultimate porque a Sony não ia curtir ver o povo usando o Xbox Cloud Gaming pra jogar no Xbox Series S e Xbox Series X, dando aquele alívio pra dona da PSN. E então anunciando no começo de dezembro Death Stranding 2 na The Game Awards 2022, para então liberar grátis a versão básica e o povo ter que comprar.

Mas provavelmente o grande erro, foi que alguém esqueceu que a versão normal simplesmente não estava mais disponível na loja da Epic Games pra jogar, e nesse meio tempo, decidiram liberar a versão que tinham temporariamente, e quando conseguiram colocar a comum, simplesmente mudaram a coisa ali. Mas isso gerou indignação de muitos gamers, ao verem que outros conseguiram de graça e eles teriam que pagar. A coisa chegou a dominar os destaques do Twitter, de tanto que foi citado, e com muita gente irada.
Eu criei uma enquete no Twitter do Nerd Maldito, e vi que também aconteceu algo curioso. Algumas pessoas simplesmente não conseguiram instalar a versão Director's Cut, mas tiveram aqueles que instalaram no começo e ficou tudo ok. Claro, também teve aqueles que pensaram ter pego a Director's Cut porque na biblioteca da Epic, além do jogo, aparece algo chamado "Death Stranding Content" com 3 dlcs, mas que não é a Director's Cut, é a normal.

Algumas postagens de usuários por redes sociais como Facebook e Reddit, apresentam usuários que entraram em contato com a Epic e os funcionários comentaram que infelizmente não podem alterar a mudança que aconteceu, não dando uma explicação mais à fundo sobre o tema. Embora muita gente não tenha um PC que aguente nem a resolução de tela mínima e muito menos uma placa de vídeo decente, mas a disponibilidade em serviços como o Nvidia Geforce Now, abriu portas.
 
Atualização! Depois a Epic Games lançou uma com esclarecimentos, explicando o que aconteceu. Confira o pedido de desculpas da Epic aqui.

Sobre Death Stranding

Death Stranding é um jogo que chamou a atenção por ser o primeiro jogo do estúdio do Hideo Kojima, apresentando um enorme mundo aberto e seguindo uma tendência mais forte em relação ao estilo cinematográfico, com um casting que se destaca, sendo um claro fruto dos rumos que a indústria passou a tomar na época do Playstation 3.
 
A história apresenta o fim do mundo, onde acontece um evento catastrófico, fazendo a humanidade ter que encarar uma linha muito fina entre a vida e a morte, com os mortes se tornando criaturas devastadoras, e cidades sendo projetadas para esconder e defender as pessoas. Além de uma chuva capaz de envelhecer tudo o que as gotas tocam imediatamente.

Apesar do grande destaque ser para o ator Norman Reedus, que itnerpreta o Daryl em The Walking Dead, o elenco do jogo conta com muitos atores de filmes e séries como Mads Mikkelsen, Margaret Qualley, Troy Baker e inclusive participações especiais de outros tipos de mídia como o diretor Guillermo Del Toro, e até mesmo o mangaká de horror Junji Ito., ambos também estavam anteriormente trabalhando com Kojima em seu projeto de Silent Hill cancelado pela Konami.
O jogo recebeu um fortíssimo investimento, vindo inclusive com tradução para português, inclusive dublagem em PT-BR, que é praticamente uma marca registrada de jogos AAA como Horizon Forbidden West e Cyberpunk 2077, mostrando o investimento pesado que teve na produção. Até porque nem todo Triplo A faz isso, é só ver a franquia Final Fantasy da Square Enix, que ela nunca ligou.

Hideo Kojima sempre se destacou por gostar de dar um certo foco na história e seus universos, além de tentar inovar, é só ver o absurdamente inovador Boktai: The Sun is in your hands, e aqui temos uma história enorme que facilmente passa das 100 horas de gameplay, assustando muita gente ao consultar o How Long To Beat, mas com uma evolução constante da jogabilidade. Assim como personagens como Amelie e Heartman, são tratados por muitos de uma forma bem mais intensa e com visão cinematográfica, não sendo apenas o "cara do joguinho".

No Brasil, gerou muitos memes, sendo chamado de "Simulador de Correios" e inclusive ganhando mods em que o uniforme e veículos dos Correios são colocados. Apesar de tudo, o jogo oferece um verdadeiro leque de variedades na jogabilidade, sendo que muita gente apenas começou e não chegou a ver o que acontecia.
 
 E você? Chegou a experimentar Death Stranding? O que achou? Conseguiu pegar qual versão do jogo? A normal? Ou foi um dos sortudos que conseguiu resgatar Death Stranding Director's Cut à tempo? Ou nem mesmo teve vontade de pegar? Confira mais coisas legais no Blog Nerd Maldito.

Postar um comentário

0 Comentários