Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 16 de agosto de 2016

2016 - Quando pokemons voltaram a ser demônios!

É engraçado, quando escrevi a matéria 1999 - Quando Pokemons eram demônios, falei um pouco sobre fanatismo religioso durante a febre pokemon. No entanto era outra época e tinham tantos fatores envolvidos que jamais imaginei que pudesse se repetir. Mas de repente veio 2016, beirando duas décadas depois e BUM, religiosos fervorosos novamente espalhando a presença da suposta mensagem satânica sobre Pokemon.

O negócio é, em 1999 rolou a febre pokemon, era algo novo e explosivo, de repente estavam em todos lugares aquelas criaturinhas. Outra coisa é que estávamos para atravessar o milênio, e vocês sabem como as pessoas ficam religiosas em determinadas datas, mas aquela ali em especial era demais... DOIS MIL ANOS. Tinha que acontecer alguma coisa! As profecias de Nostradamus colocando lenha na fogueira, o Bug do milênio ameaçando destruir o mundo eletrônico, o Massacre de Columbine mostrando a influência diabólica, entre outras coisas.

Naquela época a paranoia tava rolando solta e Pokemon só podia ser mais uma das artimanhas do Diabo, era como se todos os malucos da Trilogia Illuminatus tivessem decidido sair juntos para colocar coisas na cabeça do povo. Então era muita pressão para uma modinha intensa dessas surgir em meio à criançada e passar despercebida.


Porém veio 2016... O lançamento de Pokemon GO foi um estouro. Mas ainda assim não pensei que era o suficiente, afinal de contas depois de mais de vinte anos desde a criação do primeiro jogo da franquia Pokemon, as pessoas já estavam acostumadas, não era novidade, além disso não tinha presença da virada do milênio fazendo pressão, e o crescimento gigantesco da Cultura Pop em relação a 1999 fazia parecer algo do cotidiano envolvendo multidões, tipo o Harlem Shake, ou o desafio do balde de gelo.

Quando citei aqueles 10 casos bizarros envolvendo Pokemon GO, citei exemplos envolvendo religião. Mas não imaginava que a coisa ia ser muito além, porém quando menos imaginei, tava lá, fanáticos religiosos em comentários de matérias sobre Pokemon explicando que aquilo era coisa do diabo e tudo mais.

Eu não me surpreendo muito com o mundo árabe ter colocado que é uma blasfêmia, proibido e falado que a ideia de evolução era um apoio a Charles Darwin, portanto uma blasfêmia. E tem até lógica, mas no lado cristão a coisa é muito mais esculhambada, parece que é no meio da falácia, tipo o pastor que citei nos 10 casos, que disse que o aplicativo talvez mandasse os jogadores assassinarem pessoas.

É um exagero atrás do outro, e me surpreendi também com um texto publicado pela cantora gospel Aline Barros em sua página do facebook, esse em especial parece ter sido um baita empurrão para muitos saírem em comentários repetindo o que ela disse, o texto era o seguinte:

"Urgente compartilhem isso pelo amor de Deus!
Pokémon significa “demônio de bolso”, talvez você ache ridículo, porque um significado tão tolo, mas vamos procurar lhe explicar. No ano de 1995, foi inventado no Japão um jogo de vídeo-game chamado Pokémon, foi um sucesso muito grande no país, então o jogo virou um desenho animado. Após a criação do desenho, o mesmo passou a ser vendido em forma de taso, vindo em salgadinhos comuns. Crianças de todas as idades andam com estes tasos em mãos e assistem aos seus desenhos, pronunciando frequentemente o nome Pikachu, Charmander, JigglyPuff, e seus 150 Pokémons. Onde colocamos um taso quando desejamos guardá-lo conosco? No bolso!
Dizem que no Japão muitas crianças fãs do desenho, foram vitimas de alucinações, suicídios, coma e até parada cardíaca, em mais de 1500 crianças. Pode ser uma mera coincidência, algo que julgarem ser por caso do desenho, mas devemos admitir que não foi em poucas crianças. Caso seja de seu interesse “Pikachu” significa “monstro destruidor”. Mas tudo depende de seu ponto de vista, de sua religião, de seu modo de pensar, algo que não desejamos criar polêmica, mas é o significado mais perfeito que encontramos para tal palavra.
E AGORA 2016 POKÉMON VOLTA COM FORÇA ATRAVÉS DE UM APLICATIVO DE JOGO BAIXADO NOS CELULARES ONDE PESSOAS SAI A RUA CAÇANDO DEMÔNIOS, ONDE EM POUCO TEMPO QUE ESSE JOGO FOI LANÇADO, MAIS DE 10 PESSOAS NO BRASIL JÁ MORRERAM VITIMA DE ACIDENTE POR NÃO PRESTAR ATENÇÃO E ESTAREM ATENTO AO JOGO.... OREMOS PORQUE SATANÁS QUER TIRAR NOSSA VISÃO, E DE NOSSAS CRIANÇAS, NÃO SEJA VC A PRÓXIMA VITIMA DESSE JOGO DIABÓLICO PODEMOS ESTAR DEBAIXO DE UMA MALDIÇÃO JOGANDO ISSO, SEI QUE MUITOS NÃO VÃO DAR CREDITO A ESTA MENSAGEM MAIS SÓ OS QUE SÃO DE DEUS VÃO ENTENDER..
OREMOS POR QUE O NEGOCIO É SERIO...."

Eu achei engraçado que parece ser exatamente um texto escrito em 1999, os mesmos argumentos religiosos da época. A diferença é que praticamente ninguém tinha computadores naquele tempo, então meio que era mais fácil passar informações de uma forma meio distorcida e as pessoas simplesmente absorviam, mas ver isso em 2016 foi uma surpresa.

Começando pelo termo "Demônio de Bolso" uahahaha, é uma tradução feita da forma mais tendenciosa possível. Poke = Pocket (Bolso) Monster (Monstro), portanto Pokemnon = "Monstros de Bolso". Mas parece que pegaram e falaram "Pera aí... E se trocássemos Monstro por DEMÔNIO? Isso vai chocar muito mais a sociedade!". Com a quantidade de brasileiros ficando melhor no inglês e aprendendo a pesquisar, não imaginei que novamente iria ver essa tradução tendenciosa.

Depois ela cita o anime e então os Tazos, pô, TAZOS? Uahahaha, que coisa mais velha. Parece demais que ela leu algum artigo realmente muito antigo que saiu de 1999/2001 e ficou na internet esperando ser lido. Ainda mais que mais pra frente na parte do 2016 ela muda tudo pra caixa alta, me faz imaginar que usou um CTRL+C em um texto arcaico e deu CTRL+V. Depois a segunda parte ela mesmo escreveu.

Mas voltando a primeira parte, daí ela muda para o "Dizem que...", que já dá aquele climinha de "Bom, não tem nenhuma prova, mas vou falar os boatos né?" uahahaha. Mas acredito que ela esteja fazendo referência ao caso do episódio do Porygon, onde várias crianças tiveram ataques durante uma cena em que uma quantidade imensa de luz e brilhos piscou de forma absurdamente rápida na tela. Mas convenhamos que isso nada tem a ver com algo satânico né? Muitos jogos, animes e outros tipos de mídia colocam avisos no começo para tomar cuidado se começar a sentir enjoo.

Agora quanto a parte do Pikachu ser Monstro Destruidor, uahahahaha, eu nunca ouvi falar disso na minha vida! E nem sei em que língua isso é traduzido assim, se alguém souber avisa aí. Mas algo comum que vejo é que em japonês Pika Pika significa algo como Raios Luminosos, além de que o Pikachu em si foi baseado no animal Pika de Ili.

Agora sobre as pessoas que morreram, caramba é lógico que isso ia acontecer né? Não morreram porque é do diabo, mas porque foram desatentas. Acho que a explicação de terem olhos Sanpaku tem mais lógica do que morrerem por ser uma ferramenta do diabo. Isso porque dá pra usar o mesmo argumento para qualquer outra coisa popular.

Vamos parar de usar celulares, é coisa do diabo porque pessoas falam enquanto dirigem e causam acidente! Vamos parar de usar computadores, é coisa do diabo, pois tem alguns jovens aí que já jogaram jogos até morrer em um PC! Vamos parar de usar facas de cozinha, é coisa do diabo pois muita gente já usou essas facas pra matar outras pessoas!

Enfim, foi uma surpresa ver algo tão ultrapassado ainda ser usado. Acho que muitos religiosos deviam usar essa energia toda para se dedicar a ajudar pessoas que estão precisando. Já pensou que maravilhoso o mundo seria? Mas muitos querem mais é se dedicar a achar um inimigo e brincar de guerrinha celestial.

3 comentários:

Saitama - sama disse...

kkkkkkkkkk
Cara, eu era muito pequeno nessa época (1999), devia ter uns oito anos, mas eu lembro de algumas coisas. Meu irmão mais velho tinha um amigo que ia lá pra casa todo dia assistir Pokemon, já que a mãe dele estava nessa onda de fanatismo.

Mas, convenhamos, dá pra entender os evangélicos. Afinal, quem não ficou noites sem dormir depois de se deparar com o assustador Clefairy ou o horrendo Jigglypuff? Nem Lovecraft conseguiu criar criaturas tão horrendas assim.

Vitu disse...

Daqui a pouco ela vai trazer de volta o boato que Hello Kitty significava "Alô Diabo" kkkk

Vitu disse...

Daqui a pouco ela vai trazer de volta o boato que Hello Kitty significava "Alô Diabo" kkkk