Ofertas do dia no link de afiliado Amazon!

Animação de Watchmen é dividida em 2 capítulos, mas visual dividiu opiniões! Confira!

Desde que Alan Moore lançou o chocante Miracleman, no início dos anos 80, ele provou ao mundo que era possível fazer HQs focadas no público adulto. E então vimos obras das mais variadas, indo desde completamente apelativas como Wanted, até obras puramente elegantes, como Lovecraft. Mas sem dúvidas, a obra de maior destaque do Mago das Histórias em Quadrinhos é Watchmen. E, após o filme de 2009, veio a dúvida se uma adaptação superaria, e a Warner Bros. Entertainment resolveu arriscar de uma forma inusitada.
 
🦸‍♂️COMPRE HQ DE WATCHMEN🦸
O adblock bloqueia links de afiliados da Amazon como esse aí, então se não estiver aparecendo, é só desativar o adblock.
 
Chamado de "Watchmen Chapters 1 & 2", a coisa resolveu mergulhar no universo da animação em 3D. Já tínhamos visto esse universo em 3D antes, mas no mundo dos videogames, com o brutal Watchmen: The End is Nigh, e da mesma forma já tivemos um gosto de animação com Watchmen: Motion Comic, que anima os quadrinhos de uma forma mais dura e adiciona dublagem. Naturalmente, também rolou a série live action de Watchmen na HBO, Mas essa proposta reúne essas três propostas.

Apesar de tudo, foi uma coisa que acabou dividindo o público. Enquanto alguns vibraram com a coisa, ficando gratos por ter algo a mais nesse universo, outros questionaram a qualidade. O negócio é que o visual 3D não é digerível por todo mundo, e muitas pessoas acharam feio e um desperdício, preferindo animação tradicional em 2D. Já outros, foram além, e falaram que o problema não é o 3D, mas não ser um 3D bonito, afirmando que parece ser gerado por inteligência artificial. Confira:

E você? Achou ok? Agradou? Ou está entre os que não ficaram muito felizes com o resultado? Não deixe de conferir também a lista de características em LEGO Horizon Adventures, e falando em mídias diferentes, veja o live action de Fallout 76: Skyline Valley, mas se prefere algo que te permite jogar e assistir coisas AO MESMO TEMPO, confira o Pulse Elite, headset da Sony feito pra PS5, mas com suporte a PC e celulares e que te permite jogar na Steam e atender uma ligação usando o mesmo fone. Watchmen está disponível à venda no Brasil em edição de luxo, confira:

🦸‍♂️COMPRE HQ DE WATCHMEN🦸
O adblock bloqueia links de afiliados da Amazon como esse aí, então se não estiver aparecendo, é só desativar o adblock.

E se quer comprar games sem gastar muito, dá pra conseguir keys baratinhas de diversos jogos da Steam, recomendo sempre dar uma olhadinha nos preços das keys da Steam (e outras lojas) à venda na GMG, muitas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e comprando keys lá, você acumula XP, que gera várias vantagens como descontos extras nas próximas compras e até jogos grátis! Dê uma conferida aqui:

(Sempre fique de olho na página inicial da loja, que frequentemente aparecem cupons de descontos!)

O adblock bloqueia links de afiliados da Amazon como esse aí, então se não estiver aparecendo, é só desativar o adblock.
Imagem da promoção Galera! O Nerd Maldito tem um link de afiliado na Amazon atualizado todo dia com listas temáticas de itens que vocês vão amar! Já viram hoje? Confira no link de afiliado Amazon!
 
Sobre Watchmen
 
O universo de Watchmen é um dos mais fascinantes e complexos do mundo dos quadrinhos. Criado por Alan Moore, com ilustrações de Dave Gibbons e cores de John Higgins, essa série revolucionou o gênero ao trazer uma abordagem mais realista e sombria aos super-heróis. Publicada pela primeira vez em 1986 pela DC Comics, Watchmen não só redefiniu o que se espera de histórias em quadrinhos, mas também influenciou profundamente a cultura pop em geral.

A trama de Watchmen se passa em uma realidade alternativa onde super-heróis surgiram nos Estados Unidos nos anos 1940 e 1960, e suas existências mudaram a história de várias maneiras. A história principal acontece em 1985, durante a Guerra Fria, e segue um grupo de super-heróis aposentados enquanto investigam a morte de um deles, o Comediante. Esse assassinato acaba revelando uma conspiração complexa que pode ter consequências catastróficas para o mundo inteiro. Moore utiliza esses personagens para explorar temas profundos como moralidade, poder, e a natureza da humanidade.

O ponto central de Watchmen é que esses heróis são profundamente falhos e humanos. Eles não são os típicos salvadores perfeitos que vemos em outras histórias. Rorschach, por exemplo, é um vigilante com uma visão de mundo extremamente preto e branco, que não hesita em usar violência extrema para punir os criminosos. Dr. Manhattan, o único personagem com verdadeiros superpoderes, é quase onipotente, mas sua crescente indiferença pela humanidade o torna um deus distante e incompreensível. Laurie Juspeczyk, a Espectral, lida com a pressão de seguir os passos de sua mãe, uma super-heroína da era de ouro, enquanto tenta encontrar seu próprio caminho.

A narrativa não-linear e a estrutura complexa de Watchmen, cheia de flashbacks e histórias dentro da história, desafiam o leitor a montar o quebra-cabeça por conta própria. Cada personagem tem seu próprio arco, e suas histórias pessoais são entrelaçadas de maneira que enriquecem o enredo principal. Moore e Gibbons também incorporaram uma riqueza de detalhes visuais e textuais que recompensam a leitura atenta, com referências sutis e pistas espalhadas por cada página. É uma obra que convida a múltiplas leituras, cada vez revelando algo novo.

Um dos aspectos mais inovadores de Watchmen é sua desconstrução dos mitos dos super-heróis. Ao invés de glorificar esses personagens, a série os questiona e expõe suas fraquezas e contradições. O mundo de Watchmen é cínico e pessimista, refletindo as ansiedades e medos da era em que foi criado. A presença dos super-heróis não leva a um mundo melhor, mas sim a uma escalada de tensões e violência. Essa abordagem crítica ressoou profundamente com leitores e críticos, levando a uma reavaliação do que os quadrinhos poderiam ser.

Além da série original, Watchmen gerou várias adaptações e expansões, incluindo um filme dirigido por Zack Snyder em 2009, uma série de televisão aclamada pela crítica da HBO em 2019, e diversos quadrinhos derivados. Cada uma dessas adaptações trouxe novas perspectivas e interpretações ao material original, mantendo vivo o interesse por esse universo complexo e multifacetado. A série da HBO, por exemplo, conseguiu conectar a narrativa original com questões contemporâneas de racismo e justiça social, mostrando a relevância duradoura das ideias de Moore.

Watchmen é uma meditação profunda sobre o poder, a responsabilidade e a condição humana. Sua influência pode ser vista em inúmeros outros trabalhos de ficção que vieram depois, tanto nos quadrinhos quanto no cinema e na televisão. A habilidade de Alan Moore em criar personagens complexos e uma narrativa rica e multifacetada, combinada com a arte detalhada de Dave Gibbons, resultou em uma obra que continua a ser estudada e admirada mais de três décadas após sua publicação inicial. Para muitos, Watchmen não é apenas uma leitura obrigatória, mas um marco cultural que mudou para sempre a face da mídia dos super-heróis.

Postar um comentário

0 Comentários