O homem congelado que caiu do céu em um quintal em Londres

Uma das coisas mais magníficas que eu acho na série Arquivo X, são as situações bizarras seguidas de explicações sobrenaturais e lógicas colocadas lado a lado. E o caso que vou mostrar hoje aqui é de quebrar a mente, de certa forma me lembrou aquele quebra-cabeça jurídico do Assassinato ou Suicídio, com a diferença de que esse aqui rolou de verdade. Então se você curte umas coisas estranhas e a linha entre a razão e a superstição, certamente vai gostar.


O caso aconteceu no começo de julho de 2019, quando um engenheiro de software chamado John Baldock estava aproveitando o belo dia de sol em seu quintal para se bronzear um pouco. Apenas um dia tranquilo, quando de repente algo estranho surgiu no céu, se aproximando cada vez mais e se mostrando grande demais para ser um pássaro. Até de  repente aterrissar menos de um metro de distância dele com um estrondo que chamou a atenção até dos vizinhos.

O vizinho do lado conseguiu ver a coisa caindo, ele não identificou o que era, mas subiu para o segundo andar e pôde ver um homem deitado entre o gramado e a calçada do quintal do vizinho, que estava afundada. Ele demorou um pouco para entender o que estava acontecendo e o motivo da cabeça do homem estar tão estranha, até olhar para a parede do jardim e perceber sangue pra todo lado.

O corpo do homem conseguiu ficar em bom estado porque ele estava muito mais firme do que um corpo normal, era uma verdadeira pedra de gelo que tinha caído do céu, e assim aguentou mais, apenas a cabeça que achatou e estourou, o resto do corpo dele apenas tinha trincado com o impacto da queda tão alta.
Esse aí é o que tava tomando sol, não é o que morreu não.
Com um caso tão bizarro desses, é fácil pensar logo no sobrenatural, afinal de contas qual o sentido de em um dia de sol aparecer um homem congelado, e ainda mais vindo do céu? É complicado pensar em uma explicação rápida, parece mais uma história de assombração. Porém além de possível, não foi a primeira vez que isso aconteceu em Londres.

Vocês já devem ter visto diversas histórias de passageiros ilegais em navios no começo do século passado. Pessoas da Europa tentando ir para os Estados Unidos conseguir uma nova vida, ou vice-versa. Muitas obras como filmes, séries e até jogos como Layers of Fear 2 abordam essa temática. Pois bem, em tempos modernos isso também acontece, mas em aviões!

E assim foi mais fácil para eles associarem a coisa a um outro caso de 2012, quando um homem da Angola chamado Jose Matada, decidiu começar uma nova vida na Inglaterra, mas não tinha dinheiro e entrou de forma clandestina em um avião. O que ele não imaginou é que na maior parte do voo de 12 horas iria enfrentar temperaturas abaixo dos 60 graus negativos.

Um detalhe é que esse outro homem também caiu do avião após ser congelado e foi encontrado em uma calçada. Sendo assim, a explicação acabou sendo essa. Existe cada história bizarra envolvendo voos e companhias aéreas né? Tipo aquela da mulher que acordou sozinha no escuro dentro de um avião.

Comentários