Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

O "L" de Death Note da Netflix quase foi um ator asiático

Ao meu ver o menor dos problemas do filme Death Note, foi o fato de L, ser negro. Apesar de tudo esse é considerado o maior defeito do filme e a cada esquina você vê um escândalo de fã, dizendo o quanto é um horror o L ser negro. Mas isso quase foi diferente, a ideia inicial era que L fosse interpretado por um ator asiático.

Como vocês sabem bem, adaptações podem fazer modificações cabulosas, um bom exemplo é a HQ Wanted, que foi lançada uma versão reversa da coisa quando lançaram o filme O Procurado, e com animes e mangás a coisa não poderia ser diferente. Sendo assim, Death Note teve diversas alterações em relação à obra original.

Mas antes mesmo do lançamento o povo já estava descendo o cacete na coisa mais notável presente, que era o fato do personagem "L" ser um ator negro, e não uma pessoa extremamente pálida como é apresentado no anime. Então na véspera do lançamento, o produtor Masi Oka (O Hiro, de Heroes) se pronunciou sobre o assunto, dizendo que inicialmente procuraram um ator asiático, mas que não acharam nenhum que falava inglês perfeito.

Isso causou uma imensa revolta de muita gente, afinal de contas tem um monte de atores com aparência de japoneses por aí e que falam inglês perfeitamente. Isso fez com que ele se explicasse depois que estava falando de um verdadeiro asiático, uma pessoa que nasceu lá e não uma pessoa que tem inglês como língua principal.

Vi que isso teve uma aprovação imensa e que o povo queria que colocassem um japonês mesmo que não falasse inglês bem, pois daria até um certo charme. Mas sinceramente não gostei da ideia não, eu assisto muitos filmes adaptados de anime e a maioria nem dá vontade de escrever sobre, sendo que um dos grandes destaques pra péssima qualidade são os atores fazendo caras e bocas absurdamente exageradas.

Não que fosse realmente fazer diferença no fim das contas né? Já que aquele L do filme se mostrou tão exagerado quanto. Outra coisa é que o L não é japonês, ele apenas descobre que Kira é do Japão e por isso vai pra lá, mas ele é do Reino Unido. Mas e vocês, acham que iria cair bem um L com sotaque japonês? Agora fiquem com essa importante mensagem do Light para o L e ainda falando português:


Nenhum comentário: