Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Sven - O jogador cego de Street Fighter

Sabem, uma das coisas que eu mais temo é perder um dos meus sentidos, são coisas que valorizo bastante e vez ou outra imagino que pesadelo deve ser de repente ficar cego, imagina não poder mais assistir filmes, séries, jogar, aproveitar inúmeras coisas da cultura pop e etc? É uma mudança brusca demais. Acho que muita gente que passa por isso deve entrar em depressão. Apesar de tudo vez ou outra tem cegos que surpreendem.

Entre o fim da minha infância e adolescência eu tinha um amigo cego hilário, talvez tenha sido ele que me fez valorizar tanto os meus sentidos, e nós saíamos em várias aventuras. Uma coisa constante em nossas conversas era a tosqueira, e certo dia ele me contou que uma vez foi jogar Mortal Kombat com um amigo dele que também era cego.



A descrição dele em relação à coisa gerou muitas gargalhadas, não lembro bem os detalhes mas lembro dele finalizando com "Agora imagina o que o resto do prédio tava pensando? A TV com o volume no máximo e dois ceguinhos gritando em meio ao barulho de pancadaria, deviam pensar que tava rolando uma chacina no lugar".

Essa foi uma ideia que me ficou na mente, um cego jogando video game, não imaginei ele jogando sério nem nada, apenas apertando os botões. Quero dizer, a ficção romantiza a cegueira como no psicodélico Ugly Baby ou algo mais pesado como o cego fodão do terror O Homem nas Trevas. Porém na vida real, embora eu tenha entrado em contato com muitos cegos fodões em áreas variadas, eu não costumo pensar em coisas "mais badaladas" como video game.

No entanto não pensar não quer dizer que não exista né? E o torneio Sonic Boom na Espanha acabou sendo surpreendido quando um cego decidiu participar e ganhar várias partidas. Uma coisa curiosa é que ele usa magias pra medir a distância do inimigo e o fato de usar headphone ajuda a entender a distância. Confira:

Nenhum comentário: