Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 8 de junho de 2016

As diferenças entre a HQ e Série de Outcast T01E01

Sem sombra de dúvidas a HQ Outcast foi um sucesso instantâneo ao ser lançada e com uma história de mistério e reviravoltas intrigantes, no entanto só realmente conseguiu um destaque com o grande público ao ter o lançamento da série, que aí sim fez com que o povo virasse os olhos para a coisa e passasse a acompanhar.

Naturalmente tem diferenças na coisa, e então vou começar um especial apresentando cada uma das mudanças durante os episódios. Tenho que dizer que a série foi bem adaptada até porque tem os dedos do próprio Robert Kirkman (criador da HQ), no entanto mesmo assim tiveram algumas mudanças. Então como fiz a Comparação de The Walking Dead e também a Comparação de Preacher, chegou a hora de Outcast!

Episódio 01



A primeira coisa a ser compara eu já mostrei aqui no blog que são as diferenças entre os personagens na série e na HQ. A série começa com a cena do garoto com a barata e termina com aquele foco perturbador no dedo sendo comido. Nos quadrinhos a coisa é um pouco mais modesta, não há acena da barata, já começa na briga entre mãe e filha até que a mulher olha pro garoto e fala que é pra ele parar de comer, a versão dos quadrinhos chega a responder "Com tanta fome...".

Eu não sei se ainda é Joshua que está respondendo e começando a ficar fora de controle, ou se é o demônio faminto recém chegado ao seu corpo. Na série ele só olha dando a mordidinha e depois aquele zoom agoniante no dedo sendo torcido e estraçalhado pelos dentes.

Após isso a cena muda para aparte do reverendo jogando com a galera, apostando, fumando e bebendo. A sequencia acontece de uma forma bastante idêntica, o jogo é interrompido e ele tem que ir atender a mãe de Joshua que diz que é urgente e então ela explica que ele precisa ajudá-la pois o garoto está apresentando os mesmos sintomas de possuídos.

Novamente a cena muda, dessa vez para Kyle, tirando sua sonequinha no pulgueiro até sua irmã chegar e acabar com a festa. Conseguiram realmente fazer uma cena irritante não acham? Aquelas batidas sequenciais infernais à porta são de matar. É outra cena idêntica, no caso de Kyle até as roupas dele são as mesmas.
Então há finalmente uma alteração na sequencia de cenas, mas ainda assim com a mesma essência, na série ao invés do momento seguinte apresentar o reverendo em ação, mostra ele chegando à casa de Joshua e conversando com a mãe do garoto sobre o assunto. Na HQ ele já tá com uma cruz empunhada e usando alguns de seus truques marotos de levitação.

Na parte do super mercado aparecem as senhoras que se aproximam para falar sobre a possessão que está acontecendo. Nos quadrinhos a coisa é diferente, Kyle e sua irmã estão do lado de fora do super mercado, já colocando as compras no porta malas quando o reverendo o olha desconfiado e então ao reconhecê-lo se aproxima.

Apesar do homem desistir inicialmente e dar as costas, logo depois explica para Kyle o que tá acontecendo e pede sua ajuda, dando o endereço da casa de Joshua a ele. Mas, como no seriado, o personagem não se sente muito animado a ajudar no caso e só leva a conversa como um "Aham, tanto faz".

A cena na casa de Megan é bastante semelhante também, os diálogos são bem parecidos, só a briga dela com o marido que não é quietinha como na série. Durante a HQ eles falam muito alto e inclusive Megan comenta que Kyle tá ouvindo, mas a resposta do marido é que ele não tá nem aí já que sabe que o irmão dela odeia mais do que ele a ideia de estar ali.

Então a cena do telefone deixado à porta de Kyle e a ligação, para logo depois ele ficar putinho e decidir estraçalhar o bagulho. Apesar de aparecer a ex mulher dele atendendo, não é mostrado o detalhe de que ela chama a filha pra dentro de casa como acontece no seriado. E por fim vem a cena dele finalmente indo visitar o garoto.

Um detalhe é que na série ele vai pedir emprestado o carro do vizinho, enquanto nos quadrinhos ele já aparece batendo à porta. Mas apesar disso realmente Kyle tem um vizinho que empresta o carro dele às vezes no começo da HQ só que é algo que só é mostrado depois e não nessa primeira visita ao garoto.

A primeira tentativa de tirar o capiroto do corpo dele também não dá certo. Depois vem a conversinha do lado de fora da casa. Uma coisa bem maneira dessa parte é que você nota que usaram uma fotografia semelhante à paleta de cores usada nos quadrinhos. e vem a cena do reverendo vendo que os moleques do lugar desenharam satanás em sua parede. Nos quadrinhos não tem garotos enchendo o saco dele assim.

A cena do jantar com o vizinho é mais uma que dá um salto, essa parte é só da terceira edição de Outcast, mas no caso aqui é algo que é mostrado já bem rapidamente, da mesma maneira que o empréstimo do carro, então pelo jeito a equipe tem planos de adiantar os acontecimentos envolvendo esse personagem. E por fim a cena em que tiram de vez o cão do corpo do pirralho:

Enquanto na série chegam a colocar Kyle dentro da viatura da polícia, nos quadrinhos ele fica sentado na escadinha da casa, é bem mais tranquilo. E basicamente é isso, como podem ver a adaptação ficou bastante fiel, tendo apenas algumas pequenas alterações, mas até mesmo o figurino é idêntico em diversos momentos, como o vestidinho florido da Holly por exemplo. Você pode achar os quadrinhos de Outcast a venda aqui.

Nenhum comentário: