Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 4 de março de 2016

SUPERHOT - Um jogo de ação espetacular

Desde o lançamento de Max Payne, a manipulação temporal é algo que se tornou uma verdadeira paixão nos videogames, aparecendo constantemente em jogos e ganhando um impulso pra valer em The Sands of Time. Apesar de tudo o estilo foi tão usado e abusado que meio que acabou sendo um pouco difícil impressionar com o passar dos anos. Mas hoje vou falar de um jogo que realmente conseguiu se destacar usando esse elemento.


A história é bastante estranha, simulando um bate papo em DOS entre você e uma outra pessoa que te indica esse jogo chamado SUPERHOT, que é acessado direto de um servidor. Você decide experimentar e é algo que apenas envolve matar todo mundo, sem enredo. Até que as coisas começam a ficar cada vez mais estranha.

Uma das coisas que me surpreendeu em algumas análises negativas do jogo foi criticar o modo história que dura pouquíssimo, tendo uma média de duas horas de duração. Mas acho estranho porque vendo o trailer desse jogo é meio óbvio que o que se espera é algo relacionado a jogabilidade, ação, tiroteio, cacetadas.

O modo história me pareceu mais como um bônus, e aliás um que me chamou muito a atenção, foi surpreendente ver algo assim tão bem aplicado. A essência me lembrou demais a do anime Serial Experiments Lain, que é uma baita de uma obra intensa. Além de um forte toque seapunk na coisa com aquela sensação de uma era diferente da internet.

Agora a jogabilidade é o que realmente me deixou encantado, assim como a maioria das pessoas, até porque basta você falar da proposta apresentada que a pessoa já se empolga em ver que é algo um tanto diferente do que costumamos ver normalmente. Especialmente para quem gosta de filmes de ação exagerados.

Você se lembra do jogo Toribash? Aquele jogo de luta que se passa em turnos e você faz um movimento qualquer para então ser a vez do oponente? De certa forma eu senti como se SUPERHOT fosse a versão shooter dele. Não que tenha os turnos, mas a ideia de precisão de movimentos em meio a um combate com um ambiente tão limpo me deu muito da mesma sensação.

Aqui você é colocado em pequenas fases que apresentam os mais variados tipos de cenas muito normalmente vistas em filmes de ação, são coisas do tipo pancadaria em cima de um trem ou um monte de caras apontando armas pra você dentro de um elevador. O objetivo é sair das situações dando porrada, tiros e cacetadas.

O grande diferencial é que o tempo fica praticamente parado quando você está parado, somente coisas realmente rápidas que podem te fazer perceber movimento, por exemplo balas indo em sua direção podem ser vistas se movendo em câmera lenta. No entanto assim que você faz qualquer movimento, tudo também se movimenta.

E assim você pode fazer coisas incríveis, parando, observando as coisas ao seu redor e fazendo a melhor escolha para o movimento seguinte. Graças a isso você se sentirá o Bruce Lee descendo o cacete nos vagabundos de um bar. Fazendo movimentos precisos e gerando assim cenas absurdas que podem ser gravadas e revistas.

São coisas do tipo dar um soco em um cara armado, pegar a arma dele, dar tiros em três caras distantes, lançar a arma na cabeça de alguém com uma katana, pegar a espada no ar e cortar ele ao meio. Há também vários objetos do cenário que podem ser usados para atordoar por um instante os inimigos.

Como já falado, o visual é bastante limpo, existem texturas no cenário e personagens, no entanto tudo usa tanto a mesma cor (Branco, preto e vermelho), que pode confundir, passando a ideia de que não existe uma textura e que tudo tem um visual que parece ser feito de vidro, especialmente os inimigos, que se despedaçam quando você atira ou parte eles.

Enfim, SUPERHOT é um jogo de jogabilidade fantástica, a história é curta mas vira um ótimo passatempo com o destravamento do ENDLESS MODE, que te permite jogar eternamente cenas do tipo. Acho que vale bastante a pena, quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: