Max Payne - Relembrando a era noir dessa franquia fodona

Hoje irei falar sobre o meu jogo favorito, isso mesmo Max Payne! Muitos devem estar falando "Argh, Max Payne? Joguinho mais sem sal" e outros "Nossa que foda! Max Payne é muito bom" eu sei que há uma variação enorme de opiniões. Nesse especial vou falar especificamente sobre o jogo nas mãos da Remedy, ou seja a primeira geração antes de Max Payne 3, quando passou completamente para as mãos da Rockstar e a coisa ficou menos obscura.


Os jogos

Max Payne

A história

Max um é um policial que tem uma boa vida e está cada vez mais crescendo em sua carreira, porém um dia sua filha ainda bebê e sua mulher são assassinadas em casa. Revoltado, Max passa a investigar o caso que tem ligação com usuários de uma droga chamada Valquiria e que é apelidada de V, porém quando trabalha disfarçado acaba sendo mal compreendido pela policia e começa a ser caçado também pela máfia, com isso ele dá inicio a uma vingança solitária, investigando sozinho e indo atrás da origem da droga.

Sobre o jogo.

Sei que muita gente deve achar estranho eu considerar o meu jogo favorito sendo que ele tem elementos que vários outros jogos tem, porém há uma explicação para isso que vai bem além do fato de hoje em dia ser considerado um jogo ultrapassado.

Max Payne foi lançado em 2001 e foi o primeiro jogo a usar Tempo bala(bullet time) aquele efeito de tudo ficar câmera lenta e dar pra ver as balas, e isso já foi um ponto a favor enorme do jogo, afinal era um jogo em que se poderia brincar de Matrix, e para falar a verdade de todos os tempos balas que já vi em jogos, o único que eu achei que conseguiu ser um pouco melhor que o do Max Payne, foi o de Blood Rayne. Falo isso porque geralmente em jogos que tem tempo bala o tempo é tão curto que você não consegue nem se divertir com isso, apenas da um efeito legal, ou então é um tempo bala que não te permite realmente desviar de balas, mas sim ver elas entrando no seu corpo, mas em Max Payne não é assim, você não tem tempo ilimitado mas consegue ver elas e se esquivar durante o tempo que tem e isso já faz sentir uma emoção enorme.

Outro ponto positivo do jogo é a forma em que é contada a história, embora possa parecer muito clichê, do policial que sai pelas ruas fazendo justiça e bla bla bla, a forma como ela é apresentada já torna algo impressionante, pra começar pelas falas em que Max vai narrando a história, enquanto você passa pelas fases de acordo com o que acontece, fazendo lembrar livros policiais, ele dá uma descrição sobre as coisas interessantes que vê incluindo suas opiniões pessoais e de forma metafórica muito legal, isso acontece também no começo e fim de cada capítulo, que a propósito é outro ponto que torna o jogo mais parecido ainda com um livro.

Ele é dividido em três partes e cada parte tem vários capítulos que são as fases, cada um com seu respectivo nome. Entre as fases e em alguns momentos dentro delas, há uma apresentação no formato de histórias em quadrinhos com desenhos realistas, isso também é um ponto do jogo muito legal pois o torna com um estilinho fora do comum, além de economizarem grana para não precisarem fazer CG's, os caras ainda deixaram o jogo estilizado.

Os gráficos do jogo são fantásticos para a época dele, recebeu muitos elogios e todos ficavam impressionados com a quantidade de detalhes e como era realista, lógico que hoje em dia não é nada comparado ao que temos, mas na época era muito louco! E com o cenário bastante destrutivo acompanhado do tempo bala ficava mais lindo ainda, você via em câmera lenta coisas bem interessantes ocorrerem como uma maleta cheia de dinheiro sendo detonada e os pedaços voando, garrafas sendo estouradas e outras coisas mais.

Trailer
Mods

Max Payne com certeza é um jogo em que os fãs aproveitaram ao Máximo os mods, logo que foi lançado já fizeram o Kung Fu mod que se tornou super famoso e deixa o jogo mais divertido ainda adicionando habilidades exageradas como dar Socos, chutes, andar pela parede, saltos mortais, entre outras coisas estilosas. Também lançaram mods com conversões como por exemplo o Polar Paradise mas o tema que eles realmente sugaram foi Matrix é claro, reconstruindo cenários do filme como a luta do Reloaded contra um monte de Smiths, o Dojo em que Morpheus luta contra Neo e outros, há também Mods em ambientes futurísticos totais como o Katana que é muito louco e um do Star Wars que como todos sabem é bem fora da realidade.

Trailer do MOD Kung Fu Edition 3.0
br />
Max Payne(Game Boy Advance)

Eis um jogo verdadeiramente bem feito para game boy advance, os caras realmente estavam afim de caprichar.

O jogo tem suas apresentações iguais as do jogo de PC e consoles, ou seja em formato de quadrinhos realistas e com dublagem! Não é espetacular? Jogando não há dublagem mas há balões de fala nos personagens que fizeram o jogo parecer muito mais estilo quadrinhos e isso deu um efeito super interessantes, os gráficos são fantásticos, são em 2D com elementos 3D e em cenários bem fiéis aos do jogo de computador, com apenas algumas pequenas mudanças. O jogo também é acompanhado de tempo bala, é o único jogo de game boy advance que eu já vi ter tempo bala e é algo bem interessante pois ver os personagens, de um videogame de mão, voando e o sangue em câmera lenta pelos ares é algo visualmente muito agradável.


Trailer


Max Payne 2


A história

Max agora bem mais velho, está com sua ficha limpa, tudo foi resolvido e ele foi considerado um herói pelo o que fez, voltando a ser policial trabalhando agora com Jim Bravura, um personagem que o persegue no primeiro jogo, porém quando tenta ajudar seu amigo Vladmir Lem a reconquistar o seu antigo restaurante, acaba descobrindo algo muito maior e perigoso, alguém quer matar Vladmir, Max logo se vê envolvido com Mona Sax, uma mulher misteriosa a qual todos achavam estar morta.

Sobre o jogo

Os caras capricharam pra valer nos gráficos de Max Payne 2, lembro que quando saiu um trailer do jogo e eu fui assistir com um amigo ansioso, nós gritamos juntos na hora que aconteceu "ELE PISCA!!!" uahahahahaha hoje em dia é até engraçado já que todos os personagens de jogos piscavam mas com as mudanças gráficas tão fortes do jogo de 2001 para o jogo de 2003, foi impressionante aquilo. A física do jogo foi algo muito legal introduzido pois agora era possível matar um personagem e ele cair de varias maneiras diferentes em cada explosão e dependendo do local onde cair o seu corpo cair de varias formas, com os objetos ao redor acontecia o mesmo, tornando as explosões muito mais bonitas.

Infelizmente Max Payne 2 entrou em uma época que já era comum todos aqueles elementos que ele tinha, é um jogo sem duvidas muito legal, e varias pessoas preferem ele ao primeiro, mas seus elementos já haviam todos sido usados no primeiro jogo, fazendo assim com que não causasse tanto impacto em seu lançamento como o primeiro causou.

Trailer


Mods

Os mods de Max Payne 2 demoraram demais para serem lançados, no primeiro era mais simples fazer mods, os skins eram apenas papeis, mas nesse novo era necessário modelar por isso quando foram lançados os primeiros mods, eram uma desgraça ou bastante simples, mesmo assim alguns tornavam as coisas bem mais divertidas, como por exemplo o mod que deixava o tempo bala muito maior e te permitia teletransportar, lembro que eu costumava atirar em um cara distante, correr em direção a ele, passar pela minha bala, depois entrar na frente dela e eu mesmo levar o tiro uahahaha, era bem legal esse exagero, ou então dar o tiro, entrar em câmera lenta, me teletransportar para trás dele e ver ele levando o tiro que eu tinha dado do outro lado hehehehe. Mas o tempo passou e as habilidades dos criadores de Mods aumentaram, com isso surgiram mods com conversões totais espetaculares, alguns tão exagerados e diferentes que você até mesmo duvida que é Max Payne 2, como o mod Vampire Slayer, em que você tem tantos poderes que se torna inacreditável que aquilo tudo é apenas Max Payne 2.

Trailer do MOD Elements of Style 2.0


Os filme

Max Payne

Bom eu não sei o que exatamente falar desse filme... Não é que seja ruim mas também não é o que eu esperava... Mas ok, vamos lá.

Uma vez eu estava conversando com o meu amigo Gabriel sobre como seria o filme do Max Payne e achávamos que seria apenas mais um filme de ação comum, afinal no jogo você controla ele e tem todo um estilozinho único que não poderia ser colocado no filme, como por exemplo as apresentações em quadrinhos.

Bom, não foi como imaginávamos, não é apenas um filme de policial que sai por ai matando todo mundo, ele tem vários efeitos especiais que o deixaram com um ar bem mais interessante, porém meio nada a ver, sei que para alguns deve ter sido um absurdo do tipo:

"Anjos? Isso não tem nada a ver com Max Payne!"


É porque muitos pensam que os anjos são reais no filme... Um colega meu me mandou uma sinopse e tava escrito que o Max lutava contra criaturas sobrenaturais, uahahahahaha, eu até assustei mas felizmente ao ver, notei que o cara que escreveu isso não tinha entendido muito bem. Bom esses anjos que você vêem no trailer são apenas a forma em que o diretor quis colocar o efeito da Valquiria, e sinceramente acho que ficou bem legal, mas quanto a forma em que em que foi apresentada a história, pareceu meio... Parece que os caras não tinham jogado só pegaram as informações de coisas que acontecem na história do jogo e montaram da forma que acharam melhor... É um filme de ação legal até, em certos momentos lá pelo fim do filme achei meio trash as caras e bocas que o Max faz, o close nos olhos de raiva dele me lembro um pouco Evil Dead. Os cenários saíram esplêndidos, transmitem o clima de Max Payne. A escolha de atores achei variada, alguns saíram perfeitos como a Mona Sax, já outros ficaram totalmente NADA a ver como o Jim Bravura.

Bom, mas assistam, vale a diversão e tem um final pós-créditos então esperem até acabar =D.

Trailer

Os verdadeiros Max Payne e outros

Para quem não sabe, a face do Max Payne foi baseada no rosto de seu criador, assim como outros emprestaram seus rostos para demais personagens, a baixo fotos do Max original(Sam Lake), da Mona Sax(Kathy Tong) e do Max Payne mais velho(Timothy Gibbs).

(Clique nas imagens para ampliar)

Algumas pessoas pensavam que Alan Wake era Max Payne 3, mas isso não tem nada a ver, essa confusão surgiu pelo fato de que também é um jogo desenvolvido pela Remedy e quando foi apresentado o estúdio só era conhecido por Max Payne.

Bom, é isso aí pessoal, espero que tenham gostado da matéria. Depois a Remedy vendeu completamente os direitos para a Rockstar e ela passou a ser desenvolvedora e não apenas distribuidora do jogo. O jogo continuou bom, mas a atmosfera mudou. Para quem não sabe Max Payne 3 se passa no Brasil, quem se interessar dá pra encontrar bem barato hoje em dia.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Matheus disse…
so gostei mesmo foi do jogo 1
Eu acho que não tive uma vida feliz por não jogar max payne, mas ainda há tempo de reconstruir
Luis Gustavo disse…
depois q foi postada a matéria do mod polar paradise eo comecei a baixar max payne 1 e agr uma matééria delee..*-* realmente o jogo eh bm foda
B-prime disse…
eu adorei quando joguei Max Payne, muito loko o jogo, mas eu nunca joguei o segundo, qualquer dia eu instalo ele aki...

...o filme ficou legalzin, mas não teve toda akela emoção do jogo!!!
GuIlHeRme disse…
Cara eu adorava Max Payne ainda mais pelo fato dele ser completamente em Português brasileiro...
Gostei da materia e o mod matrix e bem legal
The Witcher disse…
Hehehehehehehehe... Todos os mods que você falo são ótimos, mas para o 2 tem dois mods de Equilibrium muito bons que você se sente mesmo o Preston e um usuário do estilo GunKata... Max Payne é muito bom de verdade(Mas eu prefiro infinitamente o 1) e todos os dois videos tão muito bons!!! No filme aparece até o taco de beisebol de Niágara "Eles tinham me arrastado dinovo para o porão do hotel de Lupino estava todo machucado, com hematomas e arranhões... Tudo que eu tinha era o bastão de Niágara, sujo e pegajoso com o meu sangue" (Frase: MAX PAYNE EFFECT)
E sobre o filme cinematográfico mesmo, eu achei muito bom!!! Tipo antes de ver o filme eu queria que ele fosse igual ao jogo para eu ficar repetindo as frases com o Max e também falando o nome dos lugares... Mas não foi assim como o Sky disse o Jim Bravura foi escolhido randomicamente ele é um cara branco e velho. No filme ele é negão e novo O.o Nada a ver, alguns personagens nem apareceram como Vladimir Lem e Gognit.Agora o que mais me deixo feliz com o filme foi eles terem colocado mais enfase na cultura nórdica que no jogo e no filme são citadas toda hora, Ragnarok, Valkyria, Aesir, Valhalla, e até mesmo a metáfora de que a história de Max Payne começa quando a maior tempestade de todos os tempos de Nova York chega até lá e acaba quando a tempestade acaba, assim como o Ragnarok.
The Witcher disse…
Ops... Eu fiz uma matéria nos comentários... UAHuAHuAHuAHuaHuAHuAH
Agnes Silva disse…
Eu tenho o 1 e o 2 no meu PS2, pois não tenho a plataforma do 3 e meu PC não suporta tal jogo kk
Mas eu achei um jogo bem elaborado e a manipulação de tempo me fascinou... apesar de ter uns bugs medonhos no 1!