Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 16 de julho de 2015

A homenagem da indústria gamer a morte de Satoru Iwata

Satoru Iwata foi o primeiro presidente da Nintendo a receber o cargo sem ter um laço sanguíneo ou de casamento com a família Yamauchi (A empresa foi criada por Fusajiro Yamauchi em 1889). Ele pegou o cargo em 2002, ou seja, a empresa já tinha mais de um século nas mãos da família até finalmente a tradição ter sido quebrada. Ele se destacou já de início, pois sua estratégia em cima do Game Cube fez com que as vendas da empresa subissem em assombrosos 40% na época.

Em 11 de julho de 2015, Iwata faleceu devido a um câncer na vesícula biliar, uma doença raríssima. Foi algo completamente inusitado, aparentemente até mesmo para seus amigos, pois o próprio Shigeru Miyamoto (criador de Mario, Link, Donkey Kong, etc...), fez a seguinte declaração:

"Fiquei surpreso com esta súbita notícia e repleto de tristeza"

E na própria Nintendo Direct da E3 2015, o presidente tinha participado com muito ânimo, inicialmente aparecendo como humano, e depois sendo usado como fantoche. Parecia estar muito saudável, até porque tinha apenas 55 anos, o que para um ocidental já é uma idade que não adequada para a morte, então imagina para um japonês? O país onde o consumo de peixe é muito além da dieta mundial e diversas comidas saudáveis estão sempre presentes.
E certamente o cara viu muita coisa, como o Homem que tentou explodir a Nintendo Inteira, os mascotes da Nintendo comemorando vitória homossexual, ou mesmo o garotinho eufórico do Nintendo 64 retornando em comercial como homenagem. Tristezas e alegrias, ein? Naturalmente deixou sua marca e os desenvolvedores da indústria se manifestaram, diversas empresas e nomes conhecidos fizeram suas declarações para dar adeus a Iwata, entre elas:

Obsidian: Nós estamos sinceramente tristes em ouvir sobre o falecimento de Iwata-san. Nossas condolências para sua família nesse temo de perda.

Treyarch: Descanse em paz Iwata-San, nós devemos muito a você.

Bungie: "No meu cartão de negócios, eu sou um presidente da corporação. Em minha mente, eu sou um desenvolvedor de jogos. Mas no meu coração eu sou um gamer." - Iwata-san

Playstation: Obrigado por tudo, Senhor Iwata.

Phil Spencer: Dia triste para a família do Iwata-san, amigos, e gamers em toda parte. A sua paixão, criatividade e liderança elevaram a indústria.

Shuhei Yoshida: Vou rezar pelas alma do Iwata, pois, tem sido uma grande contribuição para o desenvolvimento da indústria do jogo. 

E tiveram vários outros nomes e empresas famosas no mundo gamer que se manifestaram em relação a sua morte. A própria nintendo fez como homenagem, criou um Mii do Iwata e disponibilizou um QR Code para que jogadores pudessem baixá-lo e usá-lo em diversos jogos com compatibilidade, como Mario Kart 7 e Super Smash Bros.

Naturalmente aconteceram vários outras homenagens de fãs da Nintendo e de gamers que reconheceram o trabalho do cara. A maioria enviada pelo Twitter, diversas hashtags foram criadas para dar destaque ao assunto. Alguns se sentiram bem abalados, outros nem tanto, mas reconheceram a perda.

Enfim, mas a indústria dos jogos é assim mesmo não é? Entram nomes, saem nomes, às vezes esquecemos que são pessoas também que estão por trás de tantos lugares e bate aquela sensação de imortalidade, ou que simplesmente os nomes irão se apagar aos poucos e se distanciar até desaparecerem, normalmente não se espera que um nome conhecido de repente morra. Uma verdadeira pena, mas a morte vem para todos. Confira também a emocionante homenagem que amigos fizeram a um gamer falecido.


2 comentários:

Bruno Arce disse...

Iwata conseguiu recuperar a nintendo nos anos 2000 quando os acionistas estavam ferrando com tudo,mesmo agora os acionistas ainda ferram a nintendo com a sua cobiça.Esse cara foi realmente um visionário, se realmente houver algo tipo de vida apos a morte espero que ele esteja em um bom lugar.

Um certo alguém. disse...

Vá em paz, Iwata.