Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 15 de julho de 2014

House of 1000 Doors: The Palm of Zoroaster Collector's Edition

Esse é um jogo que descobri bem por acaso, mas que realmente achei muito atmosférico e que inicialmente eu cheguei a pensar que se tratava de um jogo da  Artifex Mundi, como Clockwork Tales, Abyss: The Wraiths of Eden e Paranormal State, porém foi uma surpresa ao descobrir que na verdade tinha sido feito por uma outra empresa, a Alawar, e distribuido pela Viva Media, não tendo assim nenhuma ligação com os outros jogos, mas com uma atmosfera completamente familiar a que eles oferecem. Naturalmente eu tinha que experimentar, afinal de contas acho bem divertido esses jogos, e chegou a hora de postar aqui a análise.

A história apresenta uma gema amaldiçoada que tem o seu poder liberado em um lugar amaldiçoado conhecido como "A casa das 1000 portas", porém o poder da gema não se limita apenas ao que está dentro da casa, e começa a matar pessoas que estejam nas proximidades, isso faz com que a psíquica  Kate Reed seja chamada para investigar o caso, e assim ela vai até o desolado lugar.

O jogo já começa de forma muito atmosférica, apresentando a personagem andando em seu carro e parando em um posto de gasolina, para logo após você resolver alguns problemas rápidos, ver uma bela animação em 3D da personagem dirigindo e tudo ao seu redor começando a pegar fogo. Realmente esse é o tipo de jogo que me deixa empolgado já de início, atmosfera é algo que eu dou uma enorme pontuação.

A jogabilidade é a de um point and click no estilo em primeira pessoa, apesar disso não é em 3D, mas sim com cenas pré renderizadas, ou pintadas a mão, não sei bem a técnica usada, mas ficou realmente bonito. Os objetos são apresentados no cenário e você deve observar e interagir dependendo do objetivo que tiver, por exemplo já no início você tem que ligar o carro, é necessário primeiro achar o local onde está a chave.

Há ainda diversos desafios bem divertidos, sendo que está presente especialmente o clássico "ache o objeto", onde em certas cenas você tem diversos objetos espalhados por um cenário e precisa achar determinadas coisas que estão ali. Esse tipo de desafio pode acabar sendo realmente algo desafiador para alguns ou moleza para outros, mas de qualquer forma no final das contas para aqueles mais moles, o jogo facilita um bocado, já que tem um botão de ajuda que é ativado de tempos em tempos e ao clicar, ele indica onde está o próximo passo.

Enfim, esse é um jogo que mantém uma boa atmosfera, apesar da história ser um pouco simples e não ter algo de realmente muito intenso, você se sente compeltamente no clima apresentado, o que é simplesmente muito divertido. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo na steam.

Nenhum comentário: