Terminator: The Sarah Connor Chronicles

Essa é uma daquelas séries que a proposta é naturalmente atraente, mas que infelizmente você sabe que é o destino não ir muito pra frente. Na real eu nem sei porque os americanos continuam fazendo séries do tipo, eu adorei as duas temporadas que tiveram e vi um potencial imenso na coisa, mas infelizmente acabou indo pro saco. Então vamos falar um pouco sobre essa obra meio desconhecida da franquia Exterminador do Futuro.



A história se passa após os acontecimentos de O Exterminador do Futuro 2, mostrando Sarah e seu filho vivendo como fugitivos. Eles resolvem que tá na hora de parar de fugir e vão tentar assassinar os criadores da Skynet para dar um fim definitivo. Um novo exterminador é enviado para protegê-lo, dessa vez uma modelo TOK715.

Uma coisa notável já de imediato é o fato da modelo TOK715 (Chamada de Cameron pelos personagens), tem uma aparência de uma jovem garota, o que obviamente é bem tendencioso, já que John Connor tem 14 anos no começo da série e uma garota bonita acompanhando ele pra lá e pra cá já sabem o que esse tipo de história tem tendência né?

A série é bem empolgante, como Cameron é um modelo mais avançado que os anteriores, ela é capaz de imitar emoções humanas e controlar outras máquinas. Isso faz com que ela as vezes pareça uma garotinha, mas quando a coisa esquenta e ela percebe que não precisa mais manter o disfarce, simplesmente fica neutra do nada e parte pra ação.

Gostei muito da atuação dos personagens em geral, acho que o que menos se destaca é o próprio John Connor, no entanto Sarah dá um verdadeiro espetáculo, passa aquele clima de mulher poderosa, ela é a Cersei Lannister de Game of Thrones, então já sabem a essência forte que aquela atriz tem né? A Cameron também tem uma ótima atuação, parece uma boneca cibernética mesmo.

Enfim, fica aí uma dica de série bem legal, só é uma pena que foi cancelada, mas ainda assim consegue ter seu brilho. Poxa, sacanagem né? É igual o Exterminador do Futuro Versão Jesus, um baita potencial desperdiçado hahaha. Mas é a vida, infelizmente os americanos não tem a mania dos brasileiros de terminar suas criações, apenas cortam de vez.

Comentários

Guilherme disse…
Deu dinhero né, ai eles fazem isso asuhshuauh
Heitor disse…
Melhor q smallvile
Iago disse…
Ta vendo, quando faz "sucesso" acaba nisso....