Galera! A Amazon tem uma página focada em promoções atualizadas diariamente! Vão desde celulares, videogames, notebooks e até pequenos itens baratinhos como pingentes para presente! E tem frete grátis ao comprar R$129 em itens com selo prime! Veja no link de afiliado Amazon!

Deslumbrante edição definitiva de "Conan, O Cimério" faz colecionadores de HQs pirarem

Muita gente não tem ideia do que perde ao ignorar as obras de Conan. E boa parte dessas pessoas fica surpresa ao perceber o estouro que obras como a edição definitiva de "Conan, O Cimério" (Link de afiliado Amazon), conseguem ter uma quantidade tão alta de compradores e ainda assim atingirem uma nota tão alta na avaliação geral. Mas o negócio é que existe algo em Conan que é único e vai muito além de um cara fortão de tanguinha.

O adblock bloqueia links de afiliado da Amazon como esse, então se não estiver aparecendo é só desativar o adblock,
 
Conan, o lendário personagem criado pelo escritor norte americano Robert Erwin Howard, é considerado um ícone do gênero Espada & Feitiçaria e é o protagonista da coleção de quadrinhos franceses "Conan, o Cimério", que é aquele tipo de item de colecionador ultra luxuoso que não é incomum ver na estante dos fãs de quadrinhos que querem algo mais elegante e não apenas HQs de super heróis. Especialmente porque, diferente de HQs do Superman, Homem-Aranha e Batman, que não importa quantos anos passem, sempre vai ter uma nova edição, esse não se tem ideia se um dia volta, aí é aquela coisa que muitos compram pra servir de enfeite por anos na estante e então vender por fortunas.
A Pipoca & Nanquim trouxe ao Brasil a versão definitiva dessas histórias, originalmente publicadas pela editora Glénat na França em quatro volumes, mas com um acabamento super cabuloso com capa dura e belíssimos visuais. A coleção com as quatro edições conta com 16 releituras dos principais contos do bárbaro, e cada edição brasileira reúne quatro das edições únicas publicadas na França em uma única obra.

Cada volume é produzido por uma equipe criativa diferente, composta pelos artistas selecionados por serem extremamente talentosos, trazendo novos olhares ao rico universo da Era Hiboriana (Em que se passa o universo do bárbaro). Nem todo mundo sabe, mas esse personagem surgiu à partir de pequenas histórias nos anos 30. Os contos de Conan foram imortalizados nas páginas da lendária revista pulp, "Weird Tales" e posteriormente lançados em livros e compilações em diversos formatos.
Vez ou outra vemos alguma obra grandiosa apresentada em outro tipo de mídia assim aqui no Brasil que desperta uma atração incontrolável em colecionadores, tipo aquela maravilha que é praticamente a Bíblia de Star Wars e adapta a trilogia clássica para livro, ou obras que acabam sendo uma surpresa ver seu conteúdo em uma versão original, como o tanto que o livro de Eu sou a Lenda surpreende quando o povo descobre que lá as criaturas não são zumbis, ou mesmo o Mangá de Zatchbell, que era mais popular pelo anime, mas vendeu feito água quando abriram a pré-venda aqui.
 
Como o gênero Sword and Sorcery já é naturalmente encantador com o seu estilo de narrativa extremamente focado nas sensações do personagem e luta pela vida encantou tanta gente e nasceu com Conan, acabou criando muitos fãs. E uma edição tão luxuosa atrai tanto colecionadores de quadrinhos que querem algo elegante na coleção quanto os próprios colecionadores de conteúdo relacionado ao bárbaro.

Uma das coisas boas é que como os contos não são sequências uns dos outros, muita gente pega de forma aleatória ou mesmo apenas "Conan, o Cimério – Edição Definitiva Vol. 1", que apresenta quatro histórias que mostram diferentes facetas do herói, além de explorar diferentes aspectos do gênero Espada & Feitiçaria. Na primeira história, "A Rainha da Costa Negra", de Jean-David Morvan, Pierre Alary e Sedyas, Conan encontra a pirata Bêlit e se envolve em uma aventura cheia de ação e perigo. Em "O Colosso Negro", de Vincent Brugeas e Ronan Toulhoat, Conan enfrenta uma ameaça ancestral renascida. "Além do Rio Negro", de Mathieu Gabella e Anthony Jean, é um registro histórico do confronto entre homens civilizados e pictos. E, por fim, "A Filha do Gigante do Gelo", de Robin Recht, é uma das histórias mais queridas pelos fãs do personagem.
 
Com formato 23 x 31 cm, capa dura, 268 páginas coloridas e uma galeria de extras com textos, ilustrações e esboços sobre a criação da série, "Conan, o Cimério" é uma verdadeira obra grandiosa homenageando o gênero Espada & Feitiçaria. A obra é uma excelente oportunidade para aqueles que desejam mergulhar no universo da Era Hiboriana pela primeira vez ou revisitar essa saga épica por meio de novos olhares.
Os fãs de Conan, bem como os aficionados pelo gênero Espada & Feitiçaria, não podem deixar de conferir essa edição definitiva, que traz histórias memoráveis, belas ilustrações e uma produção de qualidade. A obra é uma homenagem ao legado deixado por Robert Erwin Howard e uma prova de que Conan continua vivo e forte no imaginário popular, inspirando novas gerações de leitores e criadores de histórias fantásticas.
 
Enfim, tá aí uma edição que deixou o povo louco. A editora JBC tinha lançado inicialmente ela por aqui, mas esgotou e passou um bom tempo sem novas unidades. Mas os fãs fizeram pressão e ela acabou resolvendo relançar no Brasil. E você? É fã? Chegou a ler o mangá? Ou preferiu só assistir o anime mesmo? Caso tenha interesse, o mangá está disponível a ótimo preço, confira:
 
O adblock bloqueia links de afiliado da Amazon como esse, então se não estiver aparecendo é só desativar o adblock,
 
Imagem da promoção Galera! O Nerd Maldito tem um link de afiliado na Amazon atualizado todo dia com listas temáticas de itens que vocês vão amar! Já viram hoje? Confira no link de afiliado Amazon!
 
Conan criou seu próprio ciclo de fãs nas adaptações para quadrinhos

Conan é um herói da espada que conquistou fãs por todo o mundo desde sua criação na década de 1930 pelo escritor Robert E. Howard. A literatura pulp que deu origem ao personagem mistura elementos de aventura, fantasia, mitologia e barbarismo, criando um universo único e fascinante que tem sido adaptado para diversas mídias, incluindo quadrinhos.

A história de Conan nos quadrinhos começou na década de 1970, quando a Marvel Comics lançou sua primeira série, que se tornou um sucesso imediato. Ao longo dos anos, a editora publicou centenas de histórias do personagem, apresentando vilões, monstros e aventuras épicas em séries limitadas, volumes encadernados e crossovers com outros personagens do universo compartilhado da Marvel.

A partir de 2003, a Dark Horse Comics assumiu os direitos de publicação de Conan, dando início a uma nova fase para o personagem nos quadrinhos. Com roteiristas e artistas talentosos, a editora criou séries inovadoras que mantiveram a fidelidade ao espírito da obra de Howard, mas também ofereceram liberdade criativa para expandir o universo de Conan e explorar novas facetas do personagem.

Ao longo dos anos, a franquia de Conan nos quadrinhos cresceu, com inúmeras séries, minisséries e one-shots sendo publicados. O legado do personagem é celebrado pelos fãs que apreciam sua cultura pop e barbarismo, além de suas aventuras épicas e a mitologia que o envolve. Fãs se vestem como Conan para cosplay, colecionam merchandising relacionado ao personagem, jogam jogos de RPG e tabuleiro e se divertem com jogos eletrônicos e animações inspiradas na obra de Howard.

Além disso, Conan tem sido adaptado para outras mídias, incluindo cinema, séries de TV e novelas gráficas. O mercado editorial também tem visto lançamentos e relançamentos de histórias do personagem, tanto em formato físico como em publicação digital, com preços variados para diferentes públicos.

Conan criou seu próprio ciclo de fãs nas adaptações para quadrinhos, com roteiristas e artistas criando novas histórias e explorando diferentes aspectos do personagem ao longo dos anos. As capas e colorização das publicações são muitas vezes tão impressionantes quanto as histórias em si, enquanto os letristas e editores trabalham para criar uma experiência completa para os leitores.

Conan é um personagem que transcende gerações e culturas, um herói icônico que continua a conquistar novos fãs. Suas aventuras épicas, misturando elementos de fantasia e barbarismo, têm um apelo atemporal que mantém sua popularidade no mercado editorial e em outras mídias. Enquanto os fãs aguardam ansiosamente novas histórias de Conan nos quadrinhos e outras mídias, o legado do personagem continua a inspirar e entreter gerações de fãs.

Postar um comentário

0 Comentários