5 formas que fones sem fio podem tornar sua vida muito mais fácil, otimizando seu tempo

Tenho um amigo que é viciado em música e pra todo lugar que ele vai, sempre levou um fone. Já eu, nunca achei necessário. Já ouvi música na rua sim, na adolescência tive um clássico MP4 Player que usava muito, mas eu nunca tive muita necessidade, apenas era algo aleatório. Até que comprei um fone sem fio. Assumo que o motivo disso foi apenas ter uma vida mais tecnológica, pois eu raramente usava fones. Mal sabia eu que isso não seria apenas um novo brinquedinho, iria revolucionar minha vida de um jeito sem volta. OBS: Já que o tema envolve alguns produtos, vou aproveitar para por alguns dos links vou usar links de afiliado Amazon, ok? Então se vocês pegarem, receberei uma pequena comissão, mas não sairá nem um centavo mais caro pra vocês.

Desde que passei a morar sozinho, percebi também o quanto eu me lasquei no quesito tempo. Isso porque o que antes eu podia dividir com outras pessoas, de repente passou a ser minhas tarefas. Limpar a casa, lavar roupa, fazer comida, arrumar a casa, fazer compras, trabalhar (muito), lavar louças, arrumar problemas. Antes isso era tudo tarefa dividida, e de repente sozinho tive que manter tudo. Eu assumo que no começo, pensei que não ia conseguir... Foi difícil, eu ficava exausto todo dia.
Mas com o passar dos meses, fui me adaptando, agilizando, tudo ficou mais fácil. Hoje em dia, assumo que estou feliz. Eu às vezes até fico sem acreditar, porque comecei a ver as coisas de forma tão mais suave. Não parece que estou morando no mesmo lugar, vivendo a mesma vida. Mas essa tranquilidade veio graças ao aprendizado e a uma quantidade enorme de "truques" que deixam tudo suave. E os fones sem fio foram um desses.

Eu sempre vi fones sem fio apenas como algo meio que de gente fresca... Estiloso, porém, seria prático usar um negócio com bateria, que precisa ficar carregando? Quanto tempo durava? Bom, comprei um mais pra realmente experimentar, pois gosto de pensar que não estou conformado em só usar coisas que já estou acostumado.
Sendo sincero, no começo foi assim... Tentei parear ele com meu celular, não deu muito certo, fiquei confuso. Eu queria usar ele em minhas lives, pois frequentemente cozinhava e seria bom conversar com o povo mesmo quando saísse de perto do celular, mas não tive paciência e como eu não tinha tanta vontade assim, o negócio ficou meses ali parado. Eu não lembro bem o que me levou a usar ele de novo, mas bastou parear e um novo mundo de possibilidades se abriu pra mim. Isso porque todos sabem o tédio que pode ser fazer tarefas domésticas. O tédio de: 
 
  1. Lavar o banheiro - É surreal como consome tempo... Pegar a escova pra limpar o chão, a privada, as paredes. No começo parece algo rápido e quando você menos imagina, passou uma hora e você ainda tá esfregando.

  2. Lavar louça - Provavelmente uma das coisas mais tediosas. Eu inclusive uso técnicas variadas pra tentar deixar de acumular, mas não tem jeito, de tempos em tempos, parece que elas decidiram se multiplicar e a preguiça vai aumentando na medida em que elas sobem.

  3. Organizar coisas - É muito bacana ter uma casa organizada, itens nos lugares certos e quando você termina, dá uma satisfação, certo? Mas convenhamos que os meses passam e um item que você colocou em um móvel, fica lá mesmo, quando você percebe, aquele móvel tá transbordando e o estresse visual que ele causa, também.

  4. Limpar a casa - Simplesmente "A TAREFA" no quesito morar sozinho. Essa pode levar uma manhã inteira! É inclusive normal ter o dia de limpar a casa, porque é fora de cogitação dar uma geral completa diária. Ao menos aqui em Brasília tudo tá virando areia o tempo todo, então uma camada de pó diária a mais é normal.

  5. Lavar Roupa - Pode ser automatizada a máquina de lavar, mas tem os detalhes ao redor da coisa, preparar os produtos de limpeza, separar, pendurar, dobrar, guardar... Um trabalho longo em etapas e que às vezes é mais fácil só deixar a roupa secando eternamente até você ver que precisa usar ela de novo hahaha.

  6. Cozinhar - Eu sei, pra alguns é exatamente o contrário. Mas se você não for abençoado com o prazer de cozinhar, esse pode ser um serviço que só gera uma bagunça cabulosa e ainda causa o desespero de querer comer logo.
Resumindo, tarefas chatas pra caramba que causam um nível absurdo de estresse quando você percebe que está em um ciclo infinito e terá que fazer isso de novo e de novo sem parar. E a barulheira que muitas delas causam com idas e vindas, tornam desagradável carregar um celular com fone pra todo lado. Mas felizmente em tempos modernos, temos formas de entretenimento que cruzam as barreiras de algo que exige suas mãos ou visão e com algo grudado no seu ouvido, por mais barulhento que seja a coisa, fica  tranquilo ouvir.
 
As formas de se divertir também estão presentes em áudio, e eu sei que muita gente ouve música para fazer tarefas, mas isso já é tão comum que às vezes só enjoa. Ouvir aquele álbum que você ama pode te fazer viajar e o tempo passar rápido, mas tem momentos que você só não se sente conectado e essas músicas apenas não prendem. Então que tal variar? E essa variação realmente pode ser maravilhosa! E aqui estão formas que revolucionaram minha vida e podem revolucionar a sua também:


  1. Audiosséries - Você deve acompanhar alguma série de TV. Mas já parou para pensar em uma série em áudio? Os rádio dramas foram inventados na década de 20 e tiveram muita popularidade nas décadas seguintes, mas decaíram com a vinda da televisão até ser algo bem menos frequente, especialmente em português.

    Felizmente o mundo mudou e com eles essa moda retornou, inclusive em português. Algumas bem vagabundas e nada demais, como coisas feitas por fãs. Mas o que nem todos sabem é que existem também super produções com trabalho de áudio imersivo pra te teletransportar para o lugar e foco cabuloso na história, já que é a única coisa que vai prender a pessoa ali.

    É só ver obras como Batman: Despertar, que teve a primeira temporada com lançamento mundial adaptado em vários idiomas e com atores famosos nas vozes, sendo renovado rapidamente para a segunda temporada. Com os lançamentos semanais dos episódios, era praticamente o dia perfeito pra fazer as tarefas e ouvir como continuava a história.

  2. Podcasts - Sempre achei bem estiloso pessoas que vão para o trabalho ouvindo podcasts no carro. Mas eu nunca tive paciência de ficar uma hora ouvindo pessoas falarem sobre um tema. Não consigo me concentrar em escrever algo se tem uma pessoa falando, portanto sempre foi fora de cogitação. Mas se estou fazendo um trabalho manual como organizar as coisas, tudo muda! De repente a tarefa chata se torna mais tranquila ao ouvir pessoas falando sobre um tema que me interessa.

  3. Resumo das Notícias - Essa é uma coisa que vai ser maravilhosa para aquelas pessoas que sempre quiseram ser melhor informadas, mas não têm paciência. Você não precisa comprar um Amazon Echo para ter acesso à Alexa. É possível baixar o aplicativo do celular e ter acesso a todos os seus recursos e um deles é você falar "Alexa, resumo das noticias".

    Esse recurso vai pegar as fontes de notícia que você escolheu e falar o resumo das principais! Então se você gosta de saber o que tá rolando no mundo dos jogos, poderá seguir canais de entretenimento, se gosta de política, o mesmo, e pode até misturar assuntos variados. E assim em sequência várias coisas resumidas vão ser jogadas, te deixando informado de forma rápida.

  4. Audiolivros - Você tem preguiça de ler? Ou gostaria de ler, mas simplesmente não tem tempo? Então que tal pegar os livros que você sempre desejou e deixar que eles sejam narrados pra você? E o melhor de tudo é que é praticamente qualquer livro, mesmo que ele não tenha sido narrado por ninguém nunca.

    O negócio é que se você usar o aplicativo da Alexa, poderá acessar sua biblioteca de livros da Amazon. E se você falar algo como "Alexa, leia 'Eu sou Deus'". ela vai acessar sua biblioteca e começar a ler pra você, inclusive com suporte a comandos como "Releia o capítulo", "Volta um parágrafo" e etc... Você poderá ler o livros gigantes como Guerra dos Tronos, seja lavando louça, seja naquele momento após o almoço que você deita para descansar um pouco.

  5. Variedade na Rua - Como alguns de vocês sabem, eu trabalho com o blog e no geral é em casa. Mas quando eu vendo uma cópia física do meu livro, eu tenho que ir ao correio e significa uma hora de caminhada. O que quer dizer também uma hora sem trabalhar. No começo eu pensava "Bom... Estou ganhando dinheiro porque vendi uma cópia e também estou ganhando saúde". Mas sempre fiquei meio com um pé atrás por não estar fazendo nada.

    Mas de repente senti o mundo maravilhoso das possibilidades. E não estou falando apenas da liberdade de conversar com um amigo e ouvir música ao mesmo tempo enquanto ando pela cidade. Mas da sensação de realmente estar conectado. É maravilhoso pressionar o fone direito e dizer "Qual a distância até o correio?", "Vai chover hoje?", "Qual o cabeleireiro mais próximo?". Fazer buscas e perguntas em geral. Eu realmente me sinto bem mais à vontade em poder fazer buscas e dar comandos em geral sem precisar ficar pegando meu celular.
No fim das contas, vejo o quanto um simples item fez um adicional a mais na minha vida. A ausência de fios dá uma liberdade para se afastar e fazer coisas barulhentas sem precisar ficar carregando um aparelho pra lá e pra cá o tempo todo. A vida é curta e temos tantas coisas que queremos fazer, que se  torna impossível consumir tudo. No entanto se você aproveitar o tempo que você não faria nada além de trabalhar pra aproveitar parte desse conteúdo via áudio, seja estudar, seja se divertir, o seu tempo é otimizado ao extremo.

Caso estejam curiosos para o modelo que uso, eu tenho em minha filosofia de vida, aquilo de comprar coisas de boa qualidade, não sendo a mais cara, mas também não sendo a mais barata. Procuro algo que seja logo bom pra aproveitar a qualidade e evitar irritações. E na época escolhi o Redmi Buds 3 Pro, que uso até hoje. Mas atualmente tem muitas outras opções. Caso tenha interesse, confira o Top 100 dos fones mais vendidos da Amazon:

Postar um comentário

0 Comentários