GTA 3 iria ser um jogo exclusivo do primeiro Xbox!

Em meio à quantidade de informações reveladas no documentário Power On: A história do Xbox, tivemos detalhes super interessantes sobre coisas variadas como o arrependimento da Microsoft em matar a Lionhead Studios, e tem certas coisas que poderiam ter mudado o rumo da indústria pra sempre, como por exemplo o fato de que o revolucionário Grand Theft Auto 3 poderia ter sido exclusivo de Xbox.

Na época, a Rockstar Games queria um investimento a mais para criar o jogo e assim foi atrás da dona do Windows para ver se recebia um extra para a criação do primeiro jogo 3D da franquia. Até então ela já tinha feito algo grandioso com Grand Theft Auto 2, apresentando um mundo aberto. No entanto o jogo era 2.5D e para a Microsoft, partir disso para fazer um mundo aberto em 3D era surreal.

É preciso lembrar que era o começo do milênio e naquela época, os jogos em geral eram em ambientes fechados. Os anos 90 tinham acabado de terminar e a presença de jogos em 2D ainda era muito forte. Não algo retro como hoje, mas algo genuinamente 2D por falta de opções mesmo. Ou seja, partir de um ambiente desses para a ideia de que iriam reconstruir uma cidade inteira e ainda dar liberdade ao jogador, era uma coisa que parecia um delírio.
O resultado disso é que a Microsoft simplesmente negou, pois não acreditava que a desenvolvedora seria capaz de ir a um nível desses naquele tempo, e mesmo que fizesse tanta coisa, como uma cidade inteira iria ser carregada em um video game? Isso fez com que um exclusivo fosse descartado e virasse apenas história.

Agora imagina como teria sido? Imagina como o primeiro Xbox poderia ter sido muito mais vendido? Seria um exclusivo surrealmente de peso. O nome GTA hoje em dia é absurdo e se a Microsoft já estava investindo em estúdios naquele tempo, era possível que a Rockstar virasse um estúdio dela. Imagina San Andreas nunca saindo no PS2?

Talvez hoje em dia tivéssemos inclusive algum concorrente de peso multiplataforma que surgisse graças à exclusividade de um jogo desses. Não é a primeira vez que uma simples resposta teve potencial para mudar completamente a indústria. Um ótimo exemplo é que a Nintendo poderia ser dona do conceito de Minecraft.

Postar um comentário

0 Comentários