Shadowrun - Esse jogo é praticamente um Fallout para Super Nintendo!

Em 1997 os fãs de Fallout vibravam com o estilo incrível do jogo, no entanto em 1993 havia saído um jogo com um estilo muito parecido e que com certeza iria agradar muitos fãs de Fallout, e hoje eu vou falar desse jogo que me deixa impressionado em como não se tornou um clássico na Lista de jogos de Super Nintendo.


Na história um homem acorda o necrotério quando estão prestes a fazerem sua autópsia, no entanto ele não consegue se lembrar de nada e sai nas ruas de Seattle no ano de 2050 sem se lembrar o que ocorreu e começa a investigar como foi parar naquele lugar. E logo ele vai se deparando com coisas intrigantes como um misterioso cachorro que o segue.

Esse é um jogo que posso dizer que levou um bom tempo até eu finalmente zerar ele. Isso porque como vocês sabem eu sou apaixonado pelo fantástico universo de Shadowrun, mas na época do super nintendo eu não tinha mínima ideia da existência desse jogo, mal sabia eu a quantidade de material que esse universo tinha, inclusive coisas lançadas no Brasil como por exemplo livros com histórias atmosféricas nesse universo.

Mas no ano 2000 quando tive acesso a uma baita de uma lista de jogos de super nintendo para jogar e quase tive um ataque eufórico ao descobrir Shadowrun ali no meio. Mas foi então que veio outro problema, o jogo era um RPG totalmente em inglês e na época meu inglês não era o suficiente para se jogar um jogo assim.

Além de que era muito parado e o resultado foi que não teve jeito e acabei abandonando, tempos depois tentei de novo e de novo mas eu não tava achando legal o estilo do jogo e por isso desisti, mas em 2012 eu decidi que as coisas iriam mudar e então finalmente comecei e joguei Shadowrun até zerar! Ò_Ò

O ambiente em que se passa o jogo é espetacular, fizeram uma adaptação muito massa mesmo do ambiente cyberpunk de Shadowrun. É uma cidade grande, moderna e suja. O jogo é semi aberto, dividido em vários pontos da cidade que você pode acessar e tem muita coisa espalhada nesses lugares, por exemplo, bares, boates, lojas, metrô, ferro velho, docas, apartamentos, clubes fechados, cemitérios e mais um monte de lugares, realmente os caras criaram uma cidade completa com muitas opções.

A cidade é um lugar perigoso e existem Shadowrunners(mercenários) por toda parte, vários apenas defendendo um território, mas muitos deles contratados para matar você e por isso é bom você estar bem armado e preparado pra entrar em combate a qualquer momento, no entanto o jogo oferece a opção de você também poder contratar Shadowrunners, e existem vários espalhados pela cidade, também cada um tem seu preço e habilidades próprias, sendo assim você pode escolher o momento certo para contratar um deles.

Você tem um apartamento no jogo, onde você pode descansar, distribuir os pontos de experiência que ganhou em combate e salvar o jogo, mas se estiver longe de casa o seu personagem ainda pode dormir em um ferro velho onde você conhece os mendigos ou ser mais luxuoso e alugar um quarto em um hotel para passar a noite (E como aquele infeliz do dono lucrou comigo kkkkk).

Existem alguns meios de transporte para acessar certos pontos da cidade, sendo que o metrô é o mais usado de todos e também dá aquele climinha bem atmosférico de ambiente urbano, no entanto também existe helicóptero e uma lancha que permitem acessos a lugares mais complicados. Portanto depende mesmo da situação em que é necessário.

No jogo a informação é algo valioso e você tem que falar com muitos personagens que vão liberando certas informações e essas vão sendo acumuladas em uma lista, por exemplo se um personagem fala algo sobre o clube Dark Blade pra você, na sua lista vai aparecer a opção Dark Blade, e assim você pode perguntar sobre pra qualquer personagem do jogo todo, mas lógico, você tem que ser esperto e saber pra quem perguntar, entender como investigar e não sair falando todas as opções para cada um se não iria ser um inferno.

Por exemplo se um cara fala sobre Mágica pra você e depois vem um cara e diz que é um Xamã e fala sobre Espíritos, vale a pena perguntar sobre Mágica pra ele, já não valeria a pena por exemplo perguntar sobre cyberdecks(computadores que são conectados à mente) afinal o cara é um macumbeiro, por que você perguntaria isso a ele?

Então o negócio é saber como levar uma conversa e sobre o que falar com os personagens e assim o jogo vai fluir de forma incrível! E o legal é que você também vai conseguindo contatos, então você pode usar telefones públicos espalhados pelo jogo para ligar para pessoas que você tenha contato.

O seu personagem tem um inventário que te permite carregar itens que você pode usar em situações específicas e também pode se equipar com roupas e armas que te garantirão proteção, esses objetos podem ser achados em certos lugares da cidade, mas também podem ser comprados em alguma loja, ou até mesmo roubados de algum Shadowrunner que você mate.

Existem também os cyberwares, que são implantes que você pode obter em alguma clínica, existem os mais baratos e alguns realmente caros. Esses te permitem desenvolver habilidades fora do comum para um humano normal. Além disso para os Deckers(hackers) um Cyberware é inevitável pois existe um segundo universo dentro do jogo que é  a Matrix. Para certos computadores serem hackeados você precisará ou contratar um Shadowrunner com habilidade Decker ou você mesmo usar um cyberdeck para acessar a matrix e abrir portas, elevadores ou até mesmo acessar contas de banco e roubar dinheiro.

Dentro da matrix você pode morrer também, seu cérebro pode ser frito se você cometer erros, então você tem que saber seguir pelos caminhos certos e desativar defesas, algumas são mais bem complexas, já outras são simples, também dependendo de quanto você gastar pontos de experiência em habilidades hackers, será mais fácil e receberá menos danos enquanto invade algo.

E no mundo de Shadowrun ainda existe a mágica, com ela você pode soltar diversas magias e ainda invocar espíritos. Os efeitos da mágica podem ser devastadores quando usados de forma correta, por exemplo você pode passar por um lugar sem ser percebido se tornar seu corpo invisível, pode se curar com magia, congelar inimigos e fazer várias outras coisas.

Bom, o jogo é maravilhoso mas ele definitivamente está na lista de jogos difíceis de digerir da maioria das pessoas. Lembram na matéria em que falei que joguei Assassin's Creed na marra em que falei que eu sentia que eu não conseguia controlar o Altair direito no começo mas depois foi como se eu estivesse conectado ao personagem e passasse a realmente sentir seus movimentos? Pois é, Shadowrun é do mesmo jeito só que com muito mais dificuldades.

A primeira grande dificuldade pra muita gente(que felizmente eu superei já) é o fato de ser um jogo que precisa saber muito inglês a não ser que você use um detonado e isso não seria legal já que a história é um ponto fortíssimo, nele você precisa investigar muita coisa, interrogar pessoas e ligar informações umas às outras para deduzir algo.

O segundo grande problema é que o jogo tem gráficos ultrapassados e aqueles que não aguentam jogos antigos vão ter problemas com isso por não ser algo novo, mas o maior problema e que com certeza é o que afasta a maioria das pessoas, é a jogabilidade, o jogo não facilita em muitas coisas, por exemplo se você para em frente a uma porta, você tem que apertar o botão pra aparecer a mão, colocar ela em cima da porta e então apertar o botão novamente pra ele abrir, e o personagem tem que estar perto, se ele estiver distante não vai funcionar.

Com armas você também tem que apertar o botão de armas, mirar em cima do personagem e então começar a apertar ele novamente pro personagem atirar e o mesmo com magia. Existem muitos menus no jogo e você tem que selecionar eles para acessar certas coisas, por exemplo você vai entregar um objeto a um personagem daí tem que apertar START, ir no menu ITENS, selecionar o que você quer, dai selecionar a opção "dar" então vai voltar pra tela do jogo, você coloca ele em cima do personagem e só então haverá a reação e é cansativo quando você erra o item e tem que fazer de novo ou simplesmente o personagem não interagem com esse item.

Então é isso, se você conseguir superar as dificuldades que o jogo oferece, irá jogar uma obra fantástica, um jogo difícil mas gratificante com ótima história e muitas opções que certamente deixarão muitos de boca aberta, com certeza um jogo além de seu tempo e que da um coro em muitos jogos que vieram depois. 

Obviamente hoje em dia você não acha mais pra vender, por outro lado foi lançada uma sequencia espiritual chamada Shadowrun Returns. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.


Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Hey sky, você sabe se esse site de surveys paga?
    http://www.awsurveys.com

    ResponderExcluir
  2. Desculpe o Double Post, LOL.
    Bom post Sky, vou ver no meu emulador de Super Nintendo se tem ele pra mim jogar *0000*

    ResponderExcluir
  3. Deu uma puta vontade de jogar ele, pareceu foda demais.

    ResponderExcluir
  4. Isso de conversar com os personagens sobre coisas com sentido para ele é algo que não se vê muito hoje em dia.

    Também me deixou com uma puta vontade de jogar =D, vou ver se dou uma conferida.

    Tantos jogos, tão pouco tempo -.-

    ResponderExcluir