Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 9x11

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. No caso essa é a postagem base da oitava temporada e vou colocar aqui os links para os outros episódios, caso você queira ver a comparação entre as outras temporadas, pode conferir aqui:




Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!

Bom, eu sinceramente não entendi a parte em que é mostrado Ezekiel e a aventura para pegar a lâmpada do cinema. Existe sim o desenvolvimento das três comunidades nesse lapso temporal, no entanto pelo o que mostrou no começo, inclusive com a aparição de Jesus, imaginei que ia ser algo que ia gerar uma reviravolta mirabolante no final, porém aparentemente só colocaram pra completar o tempo de episódio mesmo.

Nos quadrinhos a Alpha aparece com a máscara de cadáver e só depois tira e diz que vai mostrar o rosto porque não quer conflito. Maggie é quem negocia com ela e vai direto ao ponto, ela desce e logo vai em direção à líder inimiga para saber o que eles querem ali.

Nos quadrinhos não há problemas na negociação e nem ninguém do lado de fora, aliás, não tem plantação alguma na frente do Alto da Colina, então nada de um perdido por ali ou a cena do bebê. Adicionaram um pouco mais de tensão na versão da série, que ao meu ver ficou mais legal.

Nos quadrinhos não tem nem muito sentido como os prisioneiros chegam com um sorrindo dizendo "Senti sua falta!". A coisa se desenvolve bastante rápido, Maggie entra, Carl fica nervoso dizendo que não é para levá-la, mas no fim a própria garota diz que sente falta e que quer ir.

A parte do encontro entre Lydia e a mãe é quase igual, com a diferença de que na série ela t oma uma bofetada, ganha um abraço e então ouve "Me chame de Alpha como todos os outros", enquanto nos quadrinhos, Lydia chega agradecendo, e Alpha apenas dá as costas e começa a andar, e então diz a frase.

Basicamente essas são as principais diferenças. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.

Comentários