Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 8x16

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. Caso você queira ver a lista de episódios de todas as temporadas, pode conferir aqui: 


Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!




Esse episódio tem início com a explicação do médico sobre como Carl foi mordido, a propósito, eu não lembro se cheguei a comentar, mas esse é um personagem exclusivo da série. Na HQ a coisa mais parecida com essa cena é um momento em que Eugene se culpa pela morte de Andrea, pois ela estava tentando deter uma horda para mantê-lo seguro quando foi mordida.

Os surtos de Morgan acontecem de vez em quando nos quadrinhos, no entanto na série é algo mais visual e são mostradas as alucinações. Notei também que focam bastante em colocar Morgan como a consciência de Rick. Na HQ até existe essa ligação já que é o primeiro personagem que ele encontra e é algo meio do tipo "Somos dois homens, nós dois tivemos filhos, nós dois passamos por toda essa jornada", mas na série há um toque maior na coisa, especialmente com a morte de Carl, que deixa os dois mais parecidos ainda.

Gabriel e Eugene não tem esses momentinhos, aliás achei um baita deslize a fala "Quando é pra ter fé mesmo você não tem", aquilo deixou super claro que o Eugene iria trair Negan, tudo bem que era previsível que uma hora ou outra ele voltaria pro grupo principal, mas na HQ ele nunca chega a se tornar um dos salvadores, portanto não há essa traição.


A emboscada também não existe nos quadrinhos, até porque Dwight nunca é pego, e essa luta final na HQ acontece na parte da frente do Topo da Colina, ou seja, aquela luta do Simon é o que seria a luta final na HQ. Rick entra em combate com Negan no meio da treta, e derrotado, ele começa a falar que não precisa ser assim e explica como as coisas podem funcionar bem se trabalharem juntos. Negan não fica sentimental ele fica impressionado em como realmente dá pra fazer funcionar, e nesse breve momento de empolgação, Rick fala "Bom!" e passa a faca na garganta dele. Os Salvadores não chegam a ser vencidos em combate, mas Dwight assume a liderança assim que vê Negan cair e anuncia que todos devem se render.

Algo que achei muito esquisito é que nas visões do começo da temporada, aparece Rick mancando, mas não é mostrado como isso acontece. Os criadores da série parecem ser medrosos demais em detonar com Rick, primeiro não arrancaram a mão dele fora, coisa que o Governador deveria ter feito na terceira temporada, e agora não mostram Negan quebrando a perna de Rick bem na parte do joelho e causando um dano permanente, fazendo com que tenha que andar de muleta.

Maggie realmente se revolta com a decisão de Rick em manter  Negan preso, porém ela não trama com Daryl (que não existe na HQ) e Jesus, que sinceramente acho que nunca faria isso na HQ, pois ele é pacífico e entende bem o símbolo que isso representa, a ideia de "Se até um monstro como esse ganha o direito de continuar vivo, então podemos voltar a ser civilizados". Até na série ficou estranho isso, porque o personagem do nada tava lá cooperando com uma conspiração.

Basicamente essas são as diferenças. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.

Comentários