Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 15 de abril de 2017

Crawl - A amizade e traição andando de mãos dadas

Esse é um jogo que vendo as imagens pode parecer apenas um Dungeon Crawler com gráfico pixelizado maravilhoso. No entanto o que temos aqui é uma obra que pode gerar belas gargalhadas e gritaria facilmente, misturando cooperativo com competitivo em experiências rápidas e frenéticas, perfeitas para passar o tempo com os amigos, mas também com opção de singleplayer para os mais solitários.



A história é sobre quatro heróis que estão presos em uma masmorra amaldiçoada por deuses antigos. Ninguém pode morrer de verdade no lugar, pois se tornam entidades que assombram o lugar, desesperadas para terem sua humanidade de volta, mas a única forma de conseguir isso é assassinando alguém com humanidade.

Eu sei que com esse negócio de humanidade, faz logo parecer que o jogo é semelhante a Dark Souls, no entanto é apenas nesse aspecto que há a semelhança, em geral é uma jogabilidade bastante diferente, colocando a fórmula básica de Dungeon Crawler e adicionando um toque especial próprio que o torna bem diferente.

Na partida, apenas um herói pode ficar vivo por vez e durante esse tempo ele tem que evoluir ao máximo, coletar ouro e adquirir equipamentos. Enquanto isso os outros jogadores estão em sua forma de espírito, são entidades que assombram o personagem vivo e o perseguem para qualquer lugar que ele for.

Ou seja, enquanto um jogador tá vivo, os outros estão descendo o cacete nele. E é aí que começa a gritaria da coisa, pois embora os fantasmas não possam atacar diretamente, eles podem possuir objetos no cenário e arremessá-los para causar dano, ativar armadilhas e se na sala tiver círculos de invocação é possível usá-los para assumir a forma de uma criatura física e atacar o herói.

Ou seja, o jogo tem uma certa essência semelhante aos desafios 3x1 em Mario Party, em que todo mundo fica gritando enquanto a bagaceira rola solta. A cada cenário os fantasmas fazem de tudo, o número de círculos de invocação é limitado, então as vezes podem ter só um ou dois e quem pegar primeiro invoca a criatura. Muitos objetos também se quebram, por isso é preciso saber mirar, o jogador que conseguir matar o herói recupera a humanidade e é a vez dele.

Você só sobe de nível enquanto estiver como humano, e o objetivo é chegar ao nível 10 para conseguir atravessar um portal e enfrentar o chefe do lugar. Sendo assim todo mundo tenta ficar o máximo de tempo possível como humano, mas mesmo se conseguir chegar ao nível 10 ainda não é garantia de vitória, é preciso derrotar o chefe primeiro e se perder, é a chance de outro jogador conseguir chegar ao nível 10 e chegar até a sala do portal.

Aliás, notaram as semelhanças com Munchkin? Um grupo de heróis, porém disposto a trair e sacanear ao máximo os outros enquanto tentam chegar ao nível 10. Eu tenho uma sensação enorme que tiveram uma certa inspiração nesse jogo, embora você veja vários aspectos de outros como por exemplo Gauntlet.

Outra coisa bacana é que existe a evolução de monstros também, enquanto o herói quebra coisas, vai gerando ectoplasma, os fantasmas precisam correr pra coletar, e seus monstros podem evoluir. Cada andar que o herói desce, existe uma pausa onde é mostrado quem evoluiu mais e os pontos que podem ser gastos para evoluir criaturas, sendo assim quando você encarnar nelas, estarão bem mais poderosas.

Durante os cenários também é possível achar lojinhas onde você pode comprar todo tipo de equipamento, indo desde simples armas até feitiços. Para isso é preciso de ouro que você consegue achar em baús ou em corpos abandonados de outros heróis que estão espalhados de forma aleatória pelos cenários.

A esse ponto acho que nem preciso falar da qualidade gráfica do jogo né? É aquele tipo que impressiona rapidamente pelo nível de detalhes e movimentação maravilhosa. Para os fãs de pixel art é o tipo de jogo que naturalmente a pessoa vai querer dar uma conferida, pois não é um mero 2D, é algo feito por alguém com um imenso talento.

Enfim, esse é um daqueles jogos que é recomendadíssimo ter pelo menos dois controles de xbox no PC pra jogar com os amigos, por sorte hoje em dia dá pra achar uns a preço de banana. Se estiver procurando algo pra rir e gritar muito com os amigos, certamente essa é uma ótima opção. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Nenhum comentário: