Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 7x06

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. No caso essa é a postagem base da sétima temporada e vou colocar aqui os links para os outros episódios, caso você queira ver a comparação entre as outras temporadas, pode conferir aqui:


Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!


Bom... Esse é um daqueles episódios complicados, isso porque o foco aqui é Tara, uma personagem que não existe nos quadrinhos. Até que existe uma Tara lá, mas é uma pessoa completamente diferente e nada a ver com essa, sendo assim o que temos aqui é uma personagem que, assim como Daryl e Sasha, é exclusiva do seriado.

Uma das críticas mais fortes a The Walking Dead é sobre a série ser muita enrolação e não acontecer nada. Talvez por eu ser fã dos quadrinhos e já ter lido, isso não me incomoda nem um pouco, não acho que é uma série que enrola, apenas diferente. Acho até injusta as críticas de muita gente, parece que querem exatamente a mesma trama de zumbi sempre, tiroteio sem parar, morte sem parar e aqui o foco é outro, acho que esse é exatamente isso que faz a série diferente.

Por outro lado, tenho que assumir que esse episódio aqui me pareceu inútil até demais viu... Não tem problema ser parado, mas eu gosto da sensação de que adicionou algo. E normalmente as pessoas criticam que é parado, mas sempre vejo os episódios deixarem alguma coisa, por exemplo o do Morgan, que foi no mesmo estilo mas mostra como ele virou o mestre das artes marciais e toda a frescura dele de não matar.

Já esse aqui... O que diabos foi isso? E esse foi um episódio maior do que o normal, teve CINQUENTA minutos, porém a sensação foi de que tudo aquilo podia ter sido passado em cinco. A sensação de desperdício foi imensa demaaaaiiis. E pior, Tara é uma personagem completamente sem carisma como a Carol já foi, então esse poderia ter sido um episódio pra mudar isso, só que ao invés disso não mostra evolução alguma na personagem, é só cinquenta minutos dela dando um rolé no matagal das Amazonas.

Acho que a única coisa que dá pra puxar mesmo aqui é o fato de que essa comunidade pode ser referência a um dos grupos não mostrados nos quadrinhos. Jesus diz a Rick que sai em busca de novas comunidades para fazer parcerias, então essa pode ser uma dessas comunidades, mas não é realmente mostrado nos quadrinhos. Outra coisa que posso destacar é que ninguém fica perdido e depois reencontra o grupo pra descobrir o que aconteceu.

Basicamente essas são as diferenças. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.  

Nenhum comentário: