Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 7x04

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. No caso essa é a postagem base da sétima temporada e vou colocar aqui os links para os outros episódios, caso você queira ver a comparação entre as outras temporadas, pode conferir aqui:


Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!




Esse episódio começa com Michonne e Rick na cama. Ela está bastante pensativa sobre algo, nos quadrinhos a diferença é que não é Michonne que vira a parceira de Rick, mas sim Andrea (A namorada do Governador que bateu as botas), nessa parte da história Andrea ainda está muito viva, já Michonne não tem relações amorosas ou sexuais com Rick.

Tem então a cena de Rosita e Spencer tentando sair do lugar e Eugene, o personagem mais chato do universo, agindo mais uma vez de maneira exageradamente forçada. Nos quadrinhos essa relação Rosita/Spencer com um certo climinha entre os dois é equivalente ao que acontece com Andrea/Spencer, ela é namorada do Rick, mas Spencer é afim.

A cena em que Carl aponta a arma pra um cara é diferente, Denise (A Dra. que tomou uma flechada no olho) é que faz isso, o que acaba tendo muito mais lógica já que ela conhece os tipos de medicamentos que ali estão e está muito mais ligada à coisa. Já Carl diz aquela frase "É melhor irem embora antes que descubram o quanto somos perigosos" no meio da rua mesmo, Negan e e Rick estão andando e Carl aparece por trás deles e diz isso, Negan diz que não ouviu e é pra repetir, e aí Carl fica calado.

Não há o lance das armas desaparecidas, mas as cenas do episódio em geral estão presentes nos quadrinhos, a diferença aqui é que mudam os personagens que fazem certas coisas, mas em geral se você tiver afim de ver exatamente como aconteceu, é uma adaptação completa da edição 103, inclusive com algumas falas ditas exatamente iguais ao roteiro original nos quadrinhos.

Quanto a revelação da Judith ser filha de Shane, bom, não é dada com certeza na HQ, as coisas indicam que ela é filha dele, mas não é realmente falado por Rick, até porque Judith morreu no ataque que o Governador fez, então não é uma personagem muito falada nos quadrinhos, e como não tem porque o Rick sair falando por aí que o melhor amigo dele virou namorado da mulher dele, é um tema pouco falado.

Algumas coisas também foram adaptadas, mas também tem a mesma essência, por exemplo o lance de Negan dizer que tem uma mulher gorda cuidando da comida, na edição 111 acontece algo semelhante, porém mais diretamente a Olivia, quando Negan chega lá e descobre que Rick saiu atrás de suprimentos e Olivia vai se explicar...

Basicamente essas são as diferenças. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.

Nenhum comentário: