Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 7x02

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. No caso essa é a postagem base da sétima temporada e vou colocar aqui os links para os outros episódios, caso você queira ver a comparação entre as outras temporadas, pode conferir aqui:


Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!



Tenho que assumir que me foi uma surpresa ver que colocaram mesmo o Reino na série, é uma ideia que achei tão boba... E que acho que até mesmo nos quadrinhos chegou a um ponto que os caras parecem ter desistido daquilo porque era tosqueira demais um monte de adultos agindo daquele jeito. Mas acredito que o público deve ter gostado né? Talvez o toque surreal da coisa tenha dado um tempero a mais. Digam aí nos comentários o que vocês acharam.

Esse episódio começa com Carol sendo levada para o Reino por Morgan e os cavaleiros. Nos quadrinhos esses dois personagens já bateram as botas há tempos quando a parte do Reino chega, sendo assim não há nada disso, apenas referências e coisas que aconteceram com outros personagens. No caso a primeira aparição de Ezekiel é para Rick, e quem o leva ao Reino é Jesus (lembram dele? O cabeludo que rouba Rick e Daryl e é preso, mas apresenta o Alto da Colina).

Eu gostei de ver novamente Carol mostrando seu lado de víbora, fingindo ser uma velhinha boazinha e amigável, entusiasmada com tudo, mas ficando prontinha para dar o bote. Só não gostei de insistirem nesse negócio dela ir embora, acho meio cansativo. Demoraram tanto tempo pra construir uma personagem boa, aí na temporada passada tacaram aquela pose de coitada que não quer matar do nada, nessa parecem ter amenizado um pouco, mas ainda tão com essa chatice de ir embora.

A primeira cena em que Shiva aparece é com Rick, Jesus e aparece também um outro personagem surpresa que muito provavelmente vai dar as caras mais pra frente, mas que na série não apareceu. E essa reunião no auditório é mais para negócios do que uma apresentação. Não vou falar do que se trata porque pode ser spoiler.

A frustração sobre ser um faz-de-contas acontece com Michonne, mas ela age de forma muito mais amargurada com essa tosqueira. Assim como a conversa que Ezequiel se abre também é com essa personagem, a conversa também começa bem mais agressiva "Corta essa de rei! Você é só outro babaca!", mas acaba bem depois do desabafo.

Bom, e basicamente é isso, partes com o Benjamin não existem, assim como o envolvimento com Negan inicialmente é apenas relatado por Ezekiel, e não mostrado diretamente na prática como no episódio. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.

Nenhum comentário: