Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Milagre do Sol - Aparição de "coisa" surpreendente no céu

Uma das críticas mais fortes envolvendo religião é a falta de manifestação divina e sempre que há relatos de manifestações são em casos isolados. Ou seja, a amiga da amiga disse que viu Deus e falou com ele. Fica aquele pensamento de "Por que não simplesmente aparecer, dizer que existe e pronto?". Bom, hoje vou falar exatamente sobre um caso de aparição em massa, por uma multidão de cerca de 70 mil pessoas.



Portugal é nosso país irmão e as vezes pode passar a falsa sensação de que não tem nada de novo ou surpreendente para nos apresentar. Mas a verdade é que nossa ligação com cultura e história portuguesa tem muita coisa que nos pega de surpresa. Por exemplo coisas simples do tipo como um português imita o sotaque brasileiro.

E tem coisas mais grandiosas, lembro que quando joguei Assassin's Creed Rogue, chegou um momento em que Lisboa foi completamente destruída em 1755 e pensei "Mas que diabos?! Os caras da Ubisoft viajaram demais nisso. Acaba tirando a magia de se misturar com fatos históricos.". Daí quando fui dar uma pesquisada, não é que de fato a cidade destroçada da mesma forma cabulosa que aparece no jogo?

E algo semelhante aconteceu quando li Arquivo X Clássicos e em uma das histórias Mulder fala sobre milhares de pessoas presenciarem um acontecimento nos céus de Portugal em 1917. Naturalmente o meu primeiro pensamento foi sobre aquilo ser apenas uma história inventada para dar um gostinho na coisa. Porém ao pesquisar, novamente a surpresa. Aquilo aconteceu!

O chamado "Milagre do Sol" foi um evento inexplicável que ocorreu em campos próximos à cidade de Fátima, em Portugal. Tudo começou quando três crianças falaram ter visto Nossa Senhora em 13 de julho de 1917. Eles conversaram com ela, que lhes prometeu um milagre ali, no dia 13 de outubro. Aconteceria algo que faria todos acreditarem na existência do divino.

E no dia marcado uma multidão ali se formou, pelos relatos, a quantidade média de pessoas foi de 70 mil, embora não se saiba ao certo a quantidade, existindo relatos de até mesmo 100 mil pessoas presentes. No começo não parecia nada demais, as pessoas chegaram e deu uma chuva leve, molhando a multidão, naturalmente tinha quem não acreditava que algo fosse acontecer. Bom, ao menos até a chuva parar...

Quando isso aconteceu e as nuvens se dissiparam, todos tiveram uma surpresa com o que surgiu por trás dela. Um disco gigantesco brilhante em toda sua extensão com a cor do sol, mas também com luzes multicoloridas ao seu redor, tão fortes que podiam ver as cores iluminando a multidão. O disco voou em zigzag e o evento durou aproximadamente dez minutos até ele desaparecer.

A maioria das pessoas acreditou ser o próprio sol se mexendo, porém havia quem acreditava ser uma coisa do tamanho do sol. Muitos também se assustaram, pois para algo tão inusitado acontecer no céu diante de uma multidão tão grande, é óbvio que aquilo só podia ser o começo do fim do mundo. As crianças falaram que viram Jesus, Nossa Senhora da Conceição e São José abençoando as pessoas. E também tiveram diversos registros de curas de pessoas paralíticas e cegas.
Jornal de 29 de outubro de 1917
O negócio foi bastante falado pela mídia da época e logicamente as pessoas ficaram eufóricas, afinal de contas co uma quantidade tão grande de gente em um lugar presenciando um evento desses, é natural que o falatório fosse grande. Jornais publicavam relatos e as opiniões eram bem variadas. Observatórios da época não detectaram nenhuma atividade diferente no sol durante aquele dia.

A possibilidade de alucinação em massa é baixíssima porque foi um evento que reuniu não apenas cristãos, mas também descrentes que foram lá só para ver qual seria o resultado daquilo tudo. Sem contar a quantidade enorme de pessoas, acontecer uma alucinação em massa com tanta gente ao mesmo tempo é algo quase impossível.

Outra teoria bastante improvável é a da histeria coletiva, que normalmente tem um indivíduo inicial com os sintomas e de repente a coisa se espalha para todos ao redor. Isso até poderia acontecer, no entanto com a extensão de 18 quilômetros, a possibilidade disso ter acontecido também é bastante baixa.

Naturalmente uma das explicações é que foi um disco voador, um contato direto de alienígenas com crianças. A explicação de ser Nossa Senhora foi apenas para elas digerirem melhor a ideia, e assim com tecnologia avançada surgiram com um disco, talvez até mesmo as nuvens fossem artificiais, geradas especialmente para causar um efeito impactante quando o objeto surgisse de uma vez por trás das nuvens.

Agora uma explicação científica bem interessante é a de que as pessoas ficaram olhando muito tempo para o sol, fazendo que aquela "marca" ficasse registrada. Você já deve ter visto acontecer, ela é multicolorida e acompanha a visão quando você mexe os olhos, explicando o zigzag no céu e também ter desaparecido em dez minutos. Tudo estaria perfeito, se não fosse um pequeno detalhe... Estava nublado e ninguém ficou olhando direto para o sol, as pessoas viram imediatamente o disco assim que as nuvens sumiram.

Então esse é um daqueles grandes mistérios da humanidade, apenas um fragmento da História Oculta de Portugal. Mas caramba, me surpreendeu demais isso, imaginem só? No começo do século passado, em um ambiente sem tecnologia. Sinceramente pelos relatos me pareceu bem algo semelhante a um disco voador mesmo. E vocês, acreditam ter sido algo em específico? Ou apenas estão abismados com algo tão cabuloso? Hahaha.


Um comentário:

Saitama - sama disse...

Aliens... Não há explicação mais plausível...