Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Pokemon Mini - O lindo portátil nada popular da Nintendo

Nem tudo o que grandes empresas lançam fica super popular, por mais que algumas vezes pareça que o sucesso seja certo. A era da febre pokemon foi uma época que mostrou muito bem isso, pois parecia que qualquer projeto feito pela própria nintendo e envolvendo a franquia seria sucesso na certa, mas vimos coisas fantásticas como "Hey You, Pikachu!" que acabou sendo um total fracasso comercial. E hoje vou falar sobre uma dessas belezinhas!

Eu já tinha falado aqui sobre o inusitado PocketStation, aquele aparelhinho da SONY que veio muito tempo antes de se falar em PSP e que rodava vários jogos, além de se conectar diretamente ao primeiro playstation. Aquilo parece ter sido um dos frutos que a febre dos Tamagotchi tinha gerado, mas algo que é ainda mais desconhecido que o PocketStation é o Pokemon Mini.


Na época da febre pokemon todo mundo queria ter um game boy, era demais aquilo, poder assistir o anime e depois ainda jogar naquele universo? Era algo lindo! Mas não era toda mãe que desembolsaria uma grana pra isso, só que todo conteúdo relacionado caía na boca do povo, até hoje temos inúmeros produtos baseados na franquia. E nos video games obviamente era onde a coisa atraía mais, como por exemplo Pokemon Stadium de Nintendo 64, ou a presença de pokemons em Super Smash Bros, tudo que tinha a marca, tinha gente olhando.

Mas Pokemon Mini foi algo que passou bem timidamente e escondido sem quase ninguém ver, foi lançado em 2001 e depois caiu no esquecimento, o que é algo bem inacreditável, pois em plena era do game boy, a Nintendo lançou um outro portátil e que tinha foco exclusivamente em jogos de pokemon. Dá pra acreditar que um negócio desse não é falado?

Ele era extremamente pequenininho, sendo o menor portátil já lançado pela Nintendo, pesando apenas 70g  e parecendo um chaveiro, apesar de não ser tão pequeno assim. Mas não pensem que era um Tamagotchi não, era um portátil mesmo com suporte a cartuchos e tudo mais, tendo inclusive coisas superiores ao próprio game boy! Olha a comparação do cartucho dele com o do Game Boy Advance:

Pokemon Mini tinha iluminação de tela pra se jogar em lugares escuros, nos controles tinha a parte dos direcionais, um botão A e B, mas ainda contava com um botão extra chamado C e que ficava na lateral e era usado em alguns jogos. Além disso ele vibrava para simbolizar impacto, e tinha um sensor de chacoalhada, então se você balançasse alguns jogos detectavam isso. E não parando por aí, o negócio ainda tinha suporte a multiplayer com um sensor infravermelho no topo que permitia conectá-lo a outro e jogar partidas locais!

Foram lançados no total dez cartuchos para esse portátil, que foram esses:

  • Pokémon Party Mini
  • Pokémon Pinball Mini
  • Pokémon Puzzle Collection
  • Pokémon Tetris Mini
  • Pokémon Zany Cards
  • Pokémon Puzzle Collection 2
  • Pichu Bros Party Mini
  • Pokémon Race Mini
  • Togepi Adventure
  • Pokémon Breeder Mini

Esse primeiro da lista era uma coleção com sete mini-jogos, então pode ser visto até como algo que teve mais de dez jogos. Os cinco primeiro da lista foram lançados no ocidente, o resto teve lançamento apenas no Japão. A fonte de alimentação do console era uma pilha AAA.

Enfim, fantástico né? Super luxuoso o negócio, ele teve lançamento de três modelos de cores, e por incrível que pareça hoje em dia você ainda consegue achar para vender no ebay por um preço relativamente acessível levando em consideração a raridade do negócio! Conheça também o portátil da Nintendo lançado antes do Game Boy.


2 comentários:

Matt Kist disse...

Caralho!!
Bem, primeiro peço desculpas, Sky, pois estou aqui de férias e portanto estou lendo seu blog com um pouco de teor alcoólico no sangue.
É impressionante, mas eu não tinha conhecimento desse console, é tão inacreditável que precisei pesquisar no google para ver se não era pegadinha sua.
O mais interessante desse console é o uso do infravermelho para o multiplayer. Eu jurava que o 'Snake' do Nokia 'tijolar' era o único jogo jogável por infravermelho da história. Porque, desculpe, mas infravermelho para multiplayer é a bagaça mais ordinária já inventada!!
Eu tive tanta dificuldade para jogar Snake multiplayer no meu Nokia 3320 que jurei que essa bagaça era só um teste da Nokia e nunca mais teria sido experimentada por nenhum outro console.
O negócio simplesmente não funciona, é virar um pouquinho para o lado que a conexão é perdida...

Skywalkerpg disse...

Não, o Game Boy Color também tem infravermelho! Dá pra jogar pokemon assim nele, deve ter vários outros jogos também pra aquele portátil. =D