Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Chappie - A sequencia espiritual de Distrito 9

Sem sombra de dúvidas um filme que sou apaixonado e que vejo uma recepção muito boa das pessoas em geral que conheço é Distrito 9, que filme charmoso, diferente e com um toque completamente inusitado. Uma nave mãe descendo na terra, em Nova Iorque? Não! Na África do sul, e a história então? Nada de alienígenas superiores, mas sim favelados, odiados por humanos, simplesmente incrível!

Naturalmente depois daquilo muita gente quis ver uma continuação, quis ter novamente aquela atmosfera tão especial e sentir mais uma vez a emoção da coisa. Só que os anos foram passando e nada de uma sequencia. Porém a coisa mudou quando o diretor anunciou Chappie, o sucessor espiritual de Distrito 9, que apresenta algo muito semelhante, não é no mesmo universo mas tem um impacto igual.


A história fala sobre o desenvolvimento de robôs na cidade de Joanesburgo, eles são usados para auxílio a forças policiais para que assim possam diminuir a onda fora de controle de criminosos. No entanto um grupo de bandidos acaba decidindo sequestrar um dos responsáveis pela programação da coisa e o obriga a reprogramar um dos robôs para ajudá-los, e assim surge um robô consciente que passa a aprender com eles como uma criança.

Quando eu vi o trailer desse filme me deu até um frio na barriga, nem acreditava que finalmente poderia mais uma vez ter aquela emoção toda. E naturalmente assim que tive a oportunidade fui dar uma olhadinha na coisa. Já aviso que não é a mesma emoção, mas ainda assim é um bom filme. O negócio é que aquele impacto causado por Distrito 9 já foi né? Então ele naturalmente acaba não tendo o mesmo efeito em outro filme, a não ser que você assista Chappie primeiro. Mas mesmo assim é um filme muito bom.

A primeira coisa que notei e que eu não tinha percebido nos trailers, é que os protagonistas do filme são os vocalistas da banda Die Antwoord, na hora que vi a Yolandi fiquei até confuso, imaginem a travada que não deu no meu cérebro ao lembrar "Eles são da África do Sul, o filme se passa na África do Sul! Eita!!!", simplesmente muito bom! Mas eu pensava que era só uma aparição momentânea, uma homenagem, sabe? Só que não, de repente estavam lá nos papéis principais!

O negócio é que o diretor Neil Blomkamp é da África do Sul, assim como a banda então certamente ele deve ter aproveitado para colocá-los, até porque o Ninja (vocalista) é ator, além de ser também diretor, acho que a escolha foi realmente muito boa. Uma coisa interessante é que anteriormente eles já tinham feito uma referência a Distrito 9 em um dos seus clipes, vejam se conseguem achar (atenção tem muita putaria):

E aí, acharam? Não vou falar não, se não viram continuem procurando se conseguirem assistir essa bagaceira de novo kkk. Eles fazem referência a tudo quanto é coisa, mas nesse caso em especial fizeram a algo que teve origem por lá mesmo, apesar de ser uma produção americana.

O filme tem uma condução bem fantástica, uma forte carga emocional e momentos que dão um certo arrepio, é aquele tipo de filme que é uma baita de uma mistura de emoções. Em sua essência é um filme de ação onde você vê cenas muito agitadas, mas apesar de tudo é também algo que você consegue sentir facilmente a carga emocional presente.

É também algo que pode ser nostálgico para aqueles que assistiram Distrito 9 anos antes de assistir esse, aquele ambiente novamente e o impacto tão forte de ver robôs em uma cidade com um visual tão detonado em boa parte dela. Ficou muito bom!

Também existe seu toque engraçado, é difícil não rir do quanto o robô fica malandro, afinal de contas ele aprende com bandidos, sendo assim o que devia ser algo completamente formal acaba sendo algo extremamente da bandidagem. E não estou falando apenas do jeito de falar, mas do jeito de se mexer e até o cordão de ouro de bandidão hahaha.

Agora uma das coisas que mais gostei no filme foi o quanto os personagens foram bem conduzidos, eles são malvados, são irritantes, mas você vai começando a gostar deles, me senti com Síndrome de Estocolmo, aquela em que vítimas começam a ter afeto pelos sequestradores. Você realmente nota no começo o quanto os personagens são irritantes, mas no fim do filme a coisa é bem diferente, é bem incrível isso.

Enfim, Chappie é um bom filme, infelizmente ele sofreu aquele problema da expectativa matar a diversão, mas ainda assim continuou ter um charme muito legal e bater aquela vontade de se ver uma sequencia.


8 comentários:

gore hore disse...

ja tinha visto o treiler antes, e alguns amigos já me recomendaram ele mais não tinha me interessado muito por ele no começo por achar a hisotria um pouco manjada, mais depois dessa reviewm acho que vou dar uma chance para esse filme,
mudando um pouco de assunto ja ouviu falar de uma serie feita direta para o youtube chamada Don't Hug me I'm Scared ? é uma serie que faz uma especie de parodia macabra e bizarra daqueles programas de fantoches infantis mais diferente desses programas o negocio é cheio de corpos e sangue, algo que começa fofinho termina geralmente uma chacina total alem é claro cada episodio ser recheado de simbolismo, a serie é muito boa mesmo e adoraria ver uma matéria falando dela

Skywalkerpg disse...

Vez ou outra alguém tem comentado sobre, acho que vou dar uma olhada depois, valeu. *-*

Gabriel Villar disse...

O engraçado do filme é o "poder supremo" que um PS4 pode processar e armazenar kkkkkkkk

BoB disse...

Faz tempo que eu não vejo um filme com tanta identidade visual igual foi com Chappie. Gostei bastante do filme, bela resenha :D

CRM disse...

Já que gostas muito de filmes cabeça e politizados já assistiu ou vais comentar sobre o magnifico e distopico e atual "Expresso do Amanha" que estreou no Netflix?

Skywalkerpg disse...

Não assisti não, mas vou adicionar na lista, muito obrigado pela indicação. *-*

Matt Kist disse...

Eu amo Distrito 9 e gostei muito de Chappie.
Como não vi nenhum comercial ou comentário sobre o filme até ele estrear, e só descobri que era do mesmo diretor de distrito 9 minutos antes de assistir ao filme, meu 'hype' não estava muito alto e eu achei o filme sensacional!! E foi nesse filme que descobri o Die Antwoord e passei a cultivar uma sentimento estranho mas bom para com essa banda.
E o sotaque desses caras é a melhor parte, soa muito bem aos ouvidos ouvir a Yolandi falando "rich bitch", hahaha!

Super Suporte disse...

Só assisti o filme por recomendação do sky *-*

não li essa post antes pra não criar nenhuma espectativa (tenho o dom especial de saber o final apenas de ler uma critica ou ver o trailler)

FOI FUCKING IZI O MELHOR FILME DO ANO

Tem muitas coisas que me agradaram muito no filme, como por exemplo a habilidade em fazer todo aquele universo parecer crivel, tipo isso não está muito distante no futuro! Sensacional, os detalhes são impressionantes SERIO, tragam uma medalha para esse diretor!

Olha o capacete neural, "há eh viagem, isso não existe, bruxaria" NOOOOOO ISSO FUCKING EXISTE! E inclusive é igualzinho ao mostrado no filme

"Ah mas usar ps4 pra fazer o processamento, isso foi tosco, nada a ver". Essa parte eu gritei YES SCIENCE, YEEES!!!!! o caras tiveram o cuidado de mostrar o Chappie ligando 4 ps4 em clustter e mesmo assim a parada sobreaquecer de tão fodido que era processamento para ler a mente e tal! GENIAL (tipo, uma pessoa comum nem percebe isso, mas um geek chola ao ver um detalhe que poderia passar despercebido estar ali E O MAIS FANTASTICO DE TUDO SEM A POHA DE ALGUEM EXPLICANDO TUDO SOH PQ O PUBLICO EH BURRO DEMAIS PARA ENTENDER SOZINHO!)

Filme maravilhoso, muito simples mas absurdamente profundo, tem umas horas que rola uma viagens filosóficas pesadas tipo "pq vcs humanos mentem!?" "pq os humanos machucam uns aos outros e destroem tudo?"

uma parte bem bizarra é qdo a criatura se volta contra o criador e fala "pq vc me criou para morrer!" FUCKING TAPA NA FACE DE DEUS!

soh o final que ficou meio desconexo, foi uma parada muito gore q não tinha muito a ver e rolou algumas viagens, redenção... sei lá ainda não processei tudo.

muito bom msm, agora eh ver distrito 9 :D