Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Runestone Keeper - Um roguelike fofo e diferente

Quando se pensa em um roguelike fofo, é natural até demais se pensar em algo que já foi visto antes, afinal de contas uma coisa que se tornou comum foram jogos do tipo usarem aqueles gráficos tão bonitinhos, sendo assim para muitos esse poderia ser só mais um jogo entre tantos outros, porém Runestone Keeper consegue ser diferente e bem mais atraente para diversos jogadores exatamente por adicionar um toque especial próprio que o deixa com cara de puzzle.

A história é bastante genérica e apenas apresenta um universo medieval pronto para ser explorado e gerar aventuras aleatórias, portanto aqui é apresentada uma masmorra escura de onde há uma misteriosa força que acaba naturalmente atraindo aventureiros para descobrirem o que é essa imensa fonte de poder, no entanto o lugar é muito perigoso e isso faz com que um a um vá sendo amaldiçoado e preso no lugar, e é a sua vez de tentar descobrir.

Assim que vi os gráficos pixelizados tão lindos de Runestone Keeper, eu quis jogar e dar uma conferida, mas assumo que estava esperando algo realmente igual a muitos outros jogos que já tinha jogado, portanto a minha falta de expectativa fez a coisa ser uma surpresa ainda maior quando vi que o jogo usava um estilo próprio e diferente que mudaria tudo e me faria relembrar os velhos tempos de RPG de mesa onde mapas eram comuns e coisa acontecia apenas com o apontar de dedos.

Você é colocado em diversas áreas da masmorra, uma sala por vez e precisa achar uma maneira de entrar na próxima, para isso é possível ver o mapa, mas não existe um personagem visível, você apenas escolhe o lugar onde deseja ir, e então a parte negra que oculta a área é revelada e pode ter qualquer coisa lá, por exemplo se tiver uma armadilha, você levará dano, assim como pode ter também um inimigo, mas há coisas que também geram vantagens, por exemplo é possível que tenha uma besta que você possa ativar e vai atirar uma flecha em uma direção e qualquer inimigo que estiver ali, irá ser acertado, ou um baú com tesouro, entre outras coisas.

É bem fantástico você ver um visual tão simpático e ir clicando e revelando, não existe um personagem visível que você controla, é tudo na base do clique, o que dá aquela sensação de RPG de mesa onde você vai falando "Agora vou para essa área" e o mestre diz o que você encontra naquele lugar. Em geral há portas para saídas das áreas e a chave está com algum inimigo, por isso é preciso assassiná-lo pra roubar a chave e você pode continuar explorando aquele lugar ou só passar para o próximo lugar.

E por falar em tempos de RPG, existem alguns elementos mais a moda antiga, como você achar um lugar e então aparecer um texto na tela dizendo "De repente você encontra um..." e há toda uma explicação, um climinha misterioso, e em baixo várias ações que você pode escolher para fazer. Assim como existem elementos clássicos de RPG como os atributos, itens, magias e etc.

Enfim, tá aí um jogo maravilhoso que certamente muitos de vocês irão se apaixonar, um visual simples e bonito e uma jogabilidade que vai direto ao ponto, mas que conseguem gerar uma experiência bastante intensa. Esse jogo vale muito a pena! Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial de Runestone Keeper.

Nenhum comentário: