Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

1HEART - Um jogo sombrio com narrativa bem intensa

A infância é sem dúvidas uma época marcante para todos, a época das descobertas. No entanto nem tudo é maravilha e uma das coisas marcantes é o medo, o horror infantil, ser tão pequeno e frágil acaba fazendo isso acontecer naturalmente. Temores como o medo do escuro ou do bicho no armário são coisas inspiradoras que fizeram gerar obras como Courtney Crumrin & As Criaturas da Noite ou o mais do que medonho Among the Sleep. E hoje vou falar sobre uma obra que o foco é exatamente essa insegurança infantil.

Esse é um daqueles jogos atmosféricos, que logo nos primeiros segundos você já é completamente absorvido pela narrativa intensa e sombria apresentada. Certamente acaba sendo limitado para pessoas que tem um nível intermediário em inglês, porém definitivamente gera uma ótima experiência a esses que tem o privilégio de jogar algo tão intenso. Naturalmente como amo jogos desse tipo, eu precisava fazer uma análise sobre, então chegou a hora!

A história é apresentada de um jeito um tanto misterioso, como se fosse um conto de fadas, ou talvez um pesadelo. Duas irmãs pequenas são deixadas sozinhas em casa enquanto os pais viajam, o que é algo muito estranho, logo depois brinquedos são entregues a porta da casa e as garotas os pegam, mas desmaiam assim que veem que não são brinquedos normais, eles estão vivos e começam a se atacar. E assim você assume o papel de uma das crianças, que desperta em um tipo de pântano.

Sem dúvidas o jogo tem um certo clima de estar sonhando o tempo todo, você não tem ideia do que está acontecendo, o motivo dos pais terem saído assim, o que eram os brinquedos ou quem os deixou ali, além do pântano cheio de coisas bizarras e sangrentas por toda parte, é bem esquisito mesmo, e isso naturalmente gera uma bela atmosfera e claro, a curiosidade, você explora os ambientes pensativo sobre o que é tudo aquilo.

A mecânica é a de um jogo point and click em primeira pessoa, portanto você tem que constantemente ficar atento nos lugares para ver se há algo interessante, e assim clicar no que você achar que possa ser útil. Coletando objetos você pode usar em outros lugares, assim como combiná-los, o jogo é cheio de quebra-cabeças e também alguns elementos comuns em jogos desse gênero, como por exemplo áreas cheias de objetos que devem ser coletados, e só quando a pessoa achar tudo é que destravará o prêmio.

Os gráficos do jogo em geral são feitos em imagens que parecem ter sido pintadas, tudo é bastante sombrio e muito bem feito, além disso conta com a constante presença de um narrador que aparece o tempo todo para falar algo novo enquanto uma apresentação acontece, isso mantém o jogo bastante fluído, o que é ótimo. Um detalhe interessante também é que em muitos momentos o jogo me lembra Silent Hill, com muito ferro velho, coisas quebradas e coisas que não dá para dizer o que exatamente são, mas parecem ser feitas de carne.

Enfim, 1HEART é um jogo para quem ama jogos atmosféricos, certamente é capaz de gerar belos momentos de diversão, apesar de que esse aspecto no fim das contas acaba realmente melhor para aqueles que sabem inglês (ou polonês). No site da G2A dá pra achar keys desse jogo a venda por um preço mais barato que na própria steam e aceitam boleto bancário. Clique aqui para dar uma conferida.

Nenhum comentário: