Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Among the Sleep - Enfrente o terror na pele de um bebê!

Esse é um daqueles jogos que mesmo sendo indie, conseguiram criar um verdadeiro falatório por apresentar uma ideia muito interessante. Eu não sei quando foi a primeira vez que ouvi falar de Among the Sleep, mas lembro que o vídeo de apresentação me deixou muito impressionado e pensativo sobre o quanto o jogo seria assustador, e assim muito tempo passou e eu tinha até me esquecido dele, quando em maio de 2014 finalmente foi lançado e eu tive que experimentar, por isso chegou o momento de postar a análise aqui.

Um dos toques mais especiais da história do jogo, é o fato de colocar você na pele de um personagem extremamente familiar e que todo mundo já foi um dia, um bebê. É difícil não se identificar com o que é apresentado, você e sua mãe vivendo em uma casa, porém ao ser colocado para dormir no berço, logo algo medonho começa a acontecer na casa, o seu ursinho é levado por alguma estranha força e logo o seu berço vira, fazendo assim com que você saia em direção ao quarto de sua mãe, e também em busca do urso, mas no caminho logo a coisa começa a aparecer e a sua única alternativa é escapar.

A jogabilidade é exatamente o que a história do jogo já deixa clara, então você controla um bebê que vaga por uma casa na escuridão. É notável que esse é mais um dos jogos que acabou tendo aquele climinha tão conhecido e medonho que Amnesia popularizou no mundo dos jogos. Então não existe um combate, mas sim a sensação constante de impotência, especialmente porque o seu personagem é uma criança que mal sabe andar direito ainda, fazendo assim com que aqueles de coração fraco realmente fiquem longe, pois o jogo é muito assustador.

Mas apesar de ser um bebê, você tem algumas variações na mecânica, por exemplo é possível se pegar objetos e arrastar, isso te permite subir neles e alcançar certos lugares, ou fazer certas ações como abrir uma porta. Existem dois modos de se mover, engatinhando ou andando, sendo que engatinhando você se move mais rápido, porém não alcança certos lugares, e andando você se move mais lentamente, porém pode correr, mas se você correr demais acaba caindo, e também pode subir em alguns lugares quando está nessa posição.

O jogo é bastante medonho e te faz ficar pensando o tempo todo sobre o que está acontecendo, será algo sobrenatural? Será imaginação da criança? Será uma versão distorcida da realidade e que acaba parecendo normal na visão de um bebê? A cada momento você tem que ficar atento, observar o que está acontecendo e sempre ver lugares para se esconder, porque é preciso estar fora de vista da coisa o tempo todo.

Os gráficos do jogo são bons, apesar de não serem exatamente realistas, existe um toque sombrio muito agradável, no inicio você percebe um certo toque de animação 3D da pixar no design dos personagens, o que é um pouco infantil, porém quando as luzes se apagam e o jogo começa mesmo, isso realmente não é notável, o jogo se torna bem sombrio e com uma atmosfera incrível. É aquele tipo de jogo que mostra bem que não são os visuais das coisas que causam medo, e sim a atmosfera pesada, o que é ótimo.

Enfim, Among the Sleep é um jogo de terror muito bom, bastante assustador, e naturalmente limitado ao público que aguenta emoções fortes, afinal de contas o jogo consegue fazer qualquer um gritar feito uma menininha. Pra quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

2 comentários:

delpaiva disse...

Fala, Skywalker! Mais uma vez, acabei descobrindo um ótimo jogo pelo Nerd Maldito. To acompanhando o blog já há algum tempinho e percebi uma mudança de conteúdo. Apresentando mais jogos, menos contos e tal. Gostava dos contos, mas essas apresentações pessoais to achando FO**! Esse é o diferencial que me atrai tanto. Continua nesse rumo que tá dando certo, hahaha.

Abraço

Skywalkerpg disse...

Obrigado, o blog de tempos em tempos acaba tendo mudanças mesmo, é que normalmente reflete o que estou no clima e tal, assim como teve uma época que eu só postava creepypasta e muitos leitores chegaram a pensar que esse era um blog de terror hahaha, mas enfim, fico feliz que goste do blog. =)