Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Cart Life - Um simulador de vendedor de rua!

Hoje vou falar aqui sobre mais um daqueles jogos que impressionam por fazerem algo diferente, e no caso desse eu diria que combina perfeitamente com o estilo do jogo Papers, Please já que também é um simulador de dia a dia, porém obviamente os jogos tem seus próprios estilos e no caso desse há muitos detalhes próprios.

Cart Life é um simulador do dia a dia de uma pessoa normal que trabalha com vendas, nele você pode escolher um dos três personagens para viver o dia a dia de vendedor. Bastante louca a ideia, não? O desenvolvedor fez algo que não é comum de se ver por aí, um simulador de algo estranho. Mas ei, não pensem em Viscera Cleanup Detail, pois apesar de tudo esse jogo tem a sua própria seriedade e consegue ser bastante divertido.


Cada um dos personagens tem seus próprios empregos, vícios e formas diferentes de agir. Por exemplo se você pegar o cara que tem um carrinho de venda, você precisa reabastecer ele e pode andar por aí vendendo, o que já não é possível com o cara que trabalha em uma banca de revista. O jogo pega um lado bastante humano dos personagens, eles não são como máquinas, precisam por exemplo manter seus vícios como cafeína, cigarros ou mesmo a mulher que tem a necessidade de passar um tempo com a filha.

Existe uma cidade no jogo e vários pontos que você pode chegar de taxi, ônibus ou a pé, como existe ciclo de dia e noite, há um tempo que se leva para ir de um lugar para o outro e também o preço. Então se você for a pé será gratuito porém levará tempo, isso sem contar que existem muitos detalhes da jogabilidade que mudam dependendo do personagem, por exemplo o cara que tem um carrinho de vendas não pode andar de ônibus quando está com ele pois não terá como levar o carrinho.

Os personagens tem que dormir, comer, pagar dívidas então é preciso trabalhar para ganhar dinheiro e os trabalhos são feitos em forma de mini jogos que você deve vencer para conseguir fazer a tarefa da forma correta, por exemplo o vendedor de revista enquanto está retirando a tira que prende as revistas para organizá-las entra em um mini jogo que você tem que digitar a frase que ta escrita na tela.

Com o tempo você vai conhecendo os personagens da cidade e ganhando intimidade com eles, sendo assim existe todo aquele negócio de conversar com os personagens e tudo mais. Porém já digo que esse jogo pode ser bastante complicado para quem não sabe inglês. Os diálogos passam muito rápido até mesmo quando você mexe nas configurações para passarem mais devagar.

Você também precisa agir bem rápido para fazer certas coisas e vagar pela cidade para conseguir manter suas necessidades como comida ou cigarros. Isso pode acabar complicando e tratando-se de um gráfico em preto e branco e da geração 8 bits para muitos pode ficar ainda mais complicado apesar de ser lindo e ter um carisma todo especial.

Enfim, tá aí um jogo que você nota que foi feito com muito carinho e que se mostra ser bastante completo apesar de inicialmente parecer ser algo simples. Acho que todos deveriam dar uma conferida para ver o que acham, especialmente quem pensa em abrir uma pequena empresa, esse jogo conscientiza sobre muitos tipos gastos que pegam microempresários despreparados. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: