Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Papers, Please - Um simulador muito diferente!


Nossa, é engraçado como às vezes começamos a jogar algo e parece ser simplesmente estranho, mas continuamos jogando e quando menos percebemos, já passou um tempo enorme! E não ficamos com vontade de parar mais. Isso foi o que aconteceu comigo quando comecei a jogar "Paper, Please" que é bastante parado, mas que quando você menos imagina, fica bastante divertido!



Esse é um jogo indie criado por um desenvolvedor chamado Lucas Pope, e essa é a descrição que o mesmo deu para seu jogo:

O país comunista Arstotzka terminou uma guerra de seis anos com o vizinho Kolechia e reclamou sua metade da cidade de fronteira Grestin. Seu trabalho como inspetor de imigração é controlar o fluxo de pessoas que entram na parte de Arstotzka da cidade. Em meio à multidão de imigrantes e visitantes buscando por trabalho estão contrabandistas, espiões e terroristas. Usando apenas os documentos fornecidos pelos viajantes e os sistemas primitivos de inspeção, busca e verificação de digitais do Ministério de Admissão, você deve decidir quem pode entrar em Arstotzka e quem será recusado ou preso

Já deu para notar o quando é diferente o objetivo nesse jogo, não é mesmo? Pois bem, no começo achei parado demais e bastante estranho, principalmente nos dois primeiros dias do jogo, em que a tarefa é bem padrão, sendo o primeiro bem simples onde você tem que deixar apenas cidadãos de Arstotzka andar e usar o carimbo de negação em passaportes de outras regiões. já no segundo é permitido estrangeiros, porém apenas com um ticket de permissão. E assim cada vez mais vai dificultando.

A primeira vista me pareceu um tanto sem propósito, porém logo percebi qual era a diversão do jogo. A história se passa em 1982 com todo aquele climinha pós guerra bem sombrio, e você tem uma família e entre as fases mostra quanto recebeu, sendo que quanto mais gente você deixar entrar e estiver tudo certinho, mais dinheiro vai ganhar, e esse dinheiro deve ser gasto com comida, remédios e aquecimento. Além disso é possível fazer certos upgrades pra melhorar a qualidade de vida de sua família.

Existe uma série de informações nos documentos e você tem que conferir e ver se estão tudo bem, caso esteja você aprova, caso não é só negar. Os erros são descontados de seu salário e quanto for menor o tempo que você levar pra analisar, melhor já que quanto mais gente correta aprovada tiver, mais dinheiro você vai ganhar.

Porém o que inicialmente parece ser apenas ter foco na sua família, logo mostra que na verdade não, acontecem muitas coisas na imigração, como por exemplo teve uma personagem que me deu um bilhete, li e ela disse que um homem estava naquela fila também e ele fazia parte de uma rede de prostituição e a usava, no bilhete tinha o nome do cara e um pedido de ajuda. Daí quando o cara chegou, dei o bilhete pra ele e quando o escândalo começou, chamei os guardas hahaha, existem ainda certas decisões morais que você tem que fazer, como uma garota que veio e tava tudo certo, mas precisava de um ticket além disso e ela falou que a vida dela era uma droga e não ia suportar voltar, se fizesse aquilo iria se matar.

Mas não apenas coisas sérias assim acontecem, existem também certas coisas hilárias como o cara que chegou e falou que era uma merda tudo aquilo quando neguei o passaporte dele, e mais tarde ele voltou com um descaradamente falso feito a caneta aparentemente hahaha.

Não bastando isso, também há problemas com espiões e terroristas que podem ser verdadeiros inconvenientes, como um cara que certa vez pulou o muro e lançou uma granada, matando um guarda, ou mesmo uma mulher que tava tudo certinho e a deixei passar, dai quando menos espero só vejo a mulher do outro lado abrindo o casaquinho e falando "Por Kolechia!" e buuuuum um monte de guardas mortos.

Enfim, tá aí um jogo para pessoas que são observadoras, no começo acho que é necessário um pouco de paciência para entender a mecânica, mas logo as coisas começam a ficar bem divertidas, ele tem um visual muito simpático ao estilo 8 bits e sei que isso também vai agradar a muitos. Se você gosta daquela essência peculiar de sinistros ambientes ditatoriais, vai se apaixonar. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: