Among Trees | É como jogar um sonho em um pequeno mundo só seu

Sonhos são o tipo de coisa que sempre encantou e inspirou a humanidade, indo desde gerar belas histórias até levar pessoas a tentarem dominar a arte do Sonho Lúcido, e felizmente é possível ter um bom gosto disso através dos video games. Em Among Trees temos algo muito semelhante à atmosfera aconchegante de um mundo somente seu para ser explorado.

Esse não é um jogo focado na história, mas sim um survival. Existe um certo toque dos simuladores de andar, com a diferença de que aqui, você precisa sobreviver tanto ao ambiente, quanto a perigos, portanto precisa continuar se esforçando para seguir em frente durante mais um dia. Porém é um tanto minimalista. É um mundo aberto que é grande, mas que você consegue chegar ao fim de cada lugar, e também não é aleatório, então cada partida vai te fazendo se acostumar.

Normalmente eu não jogaria algo só por ser um survival, isso porque existem tantos por aí. Mas aqui temos uma atmosfera semelhante a jogos como Proteus e Eidolon. Aquela ideia de vagar por um vasto ambiente natural com uma sensação de paz e calma, e um toque de beleza bem peculiar que me lembrou obras robustas como Gris e ABZÛ. Então é comum de vez em quando dar uma parada para olhar os arredores e foi isso que me seduziu mais. Na verdade, aposto que a maioria das pessoas vai jogar inicialmente pelo visual.

Aqui temos uma vasta floresta com morros, cachoeiras, cavernas e vida selvagem. Indo desde animais dóceis como coelhos e veados, até criaturas capazes de te matar como abelhas ou mesmo o gigantesco urso que pode gerar uma bela sensação de pânico. Apesar de tudo, é sua escolha se quer perigos. Eu joguei apenas no modo em que havia o perigo, portanto há uma quebra na paz, mas sem isso, imagino que seja uma experiência que cause a mais pura sensação de relaxamento.

Você é alguém que tem uma cabana e vai precisando de materiais para expandir sua habitação. Começa com apenas um cômodo onde há um baú e a cama, mas logo começa a deixar o lugar maior e aumentando as possibilidades. Pela maioria da floresta há locais naturais, mas em alguns pontos há torres de madeira destruídas, tortas. Isso gera um certo clima de mistério sobre o motivo disso e também é possível achar itens não naturais como arames, pregos e parafusos para criar itens únicos.

O jogo se passa com uma contagem de dias e você tem quatro atributos, sono, temperatura corporal, fome e saúde. Além disso também tem uma barra de esforço que te impede de correr eternamente ou cortar madeira sem parar. É preciso sempre ficar de olho  e quando sair, saber se está bem o suficiente, pois o atributo saúde começa a diminuir se qualquer um chegar a zero, e se esse atributo esgotar, você morre imediatamente.

O sono baixa constantemente, mas dura bastante até, é possível entrar na noite com a barra de sono ainda boa o suficiente. A temperatura corporal te castiga durante a noite, chega um ponto em que você precisa procurar um abrigo ou comer algo que esquente, pois passa a te atingir fortemente. A fome é o que mais baixa e você sempre precisa coletar alimentos. Já a vida, quando começa a descer, é bem rápido chegar ao fim, portanto é preciso ficar bem atento para a hora de parar.

Jogando no modo normal, não demora muito para se perceber que é um jogo bem mais desafiador do que parece e pode não ser tão relaxante se você tentar correr demais contra o tempo. Então se o objetivo é usar ao máximo cada um dos dias, logo se nota que o ambiente  te castiga bastante por estar se esforçando demais.

As abelhas não dão tanto dano, mas se você ficar exposto o suficiente quando for roubar a colmeia, elas podem te matar logo, mas basta correr e você logo vai ficar seguro. Agora o urso é capaz de gerar um verdadeiro terror. Ele é gigantesco e basta duas porradas pra você morrer, além de uma velocidade enorme. Você precisa usar stealth, se esconder e ainda assim ele consegue te achar facilmente.

É bastante viciante quando você começa a ver as coisas funcionando. Achar as torres, decorar o lugar, conseguir ferramentas para abrir baús ou quebrar caixas e então voltar para pegar itens é bom demais. Isso sem contar com o que se pode fazer na cabana, aumentando ela e se preparando para fazer um cultivo caseiro, tendo que se preocupar com água, mas sendo recompensador.

O visual é deslumbrante, simplesmente encantador e te deixa perdido, pois é uma imensa concentração de azul que gera silhuetas em toda parte, tipo quando você vê um navio no mar distante e só está aquela silhueta azul. É isso que você vê aqui, e é preciso escolher no que vai se concentrar. Olhar pra cima e tentar ver uma torre distante entre essas árvores, olhar pra baixo e ver se acha alguns recursos, ou olhar pra frente e ficar alerta para não ser pego de surpresa pelo urso.

Enfim, tá aí um baita de um jogo gostoso, que pode gerar um bom tempo de diversão. A sensação que causa é de bastante paz e ainda assim é algo muito desafiador que pode divertir bastante. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na loja direta, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Postar um comentário

0 Comentários