Metal Wolf Chaos XD | Estranho jogo de mecha do estúdio de Dark Souls

Somos apaixonados por robôs, mas não queremos apenas estar perto deles, queremos nos fundir a eles! Ser eles! Essa ideia do ser humano é natural, evoluir, ir além, conhecer um novo mundo. Daí vem coisas como o gênero cyberpunk, e claro... Robôs vestíveis! O mundo dos mecha que nos faz sonhar em obras como Zeorymer e Círculo de Fogo. E hoje vou falar sobre uma obra lançada originalmente em 2004, exclusiva para o primeiro Xbox e que 15 anos depois saiu para Xbox One, PC e PS4, Metal Wolf Chaos XD.



A história se passa no futuro, onde os Estados Unidos está em caos, com uma rebelião e grande campanha liderada pelo vice presidente. E para manter a ordem e trazer de volta a calmaria, o presidente Michael Wilson resolve sozinho lugar contra isso, vestindo um robô e saindo para destruir prédios, explodir tanques e deixar um verdadeiro rastro de destruição.

Assumo que eu não jogaria esse jogo se não fosse da FromSoftware, desenvolvedora de Dark Souls, ainda mais sendo distribuído pela Devolver, que tem um faro cabuloso para lançar jogos viciantes. No entanto me segurei, pois mesmo jogando o relançamento que veio com aperfeiçoamentos no visual e jogabilidade, ainda é um jogo velho, e eu não queria que a expectativa matasse a diversão.

Infelizmente não deu e no fim das contas foi um jogo que não consegui digerir muito bem não... Não sei dizer se é pela mecânica que envelheceu, se tornando muito simplória, ou se simplesmente não gostei do jogo mesmo. No entanto realmente acho que não gostei, tenho um carinho muito especial pelo antiquíssimo Metal Warriors e me atrai por alguns jogos que vieram bem depois, como Strike Suit Infinity, então acho que achei chato mesmo...

Eu gosto de histórias esculhambadas, mas simplesmente não consegui achar engraçada a desse. Sei que muita gente vai rir muito, mas achei meio boba demais. É uma versão debochada do presidente dos Estados Unidos, e uma assistente que sempre fala como se tivesse a maior empolgação. Talvez eu não tivesse no clima, mas parece uma versão beta da história de Saints Row 4, com um presidente fodão que sai pra "Salvar a América!".

Pode ser que eu simplesmente não tivesse no clima, mas realmente achei a coisa meio bobinha demais, talvez uma crítica para o militarismo americano, mas acho que até mesmo mini jogos como Duty Calls conseguem fazer melhor. Talvez também tenha sido o fato de que não foi feito por ocidentais e assim eles tenham apresentado uma visão própria do deboche que não consegui captar direito.

E quanto à jogabilidade, acho que em 2004 eu até poderia gostar, afinal adorei jogos como Chaos Legion. Por outro lado, hoje em dia eu não me atraio mais por Chaos Legion, é um jogo que acho que envelheceu. E em Metal Wolf Chaos XD, vejo uma mecânica mais ou menos semelhante, no caso matar e destruir.

Então aqui você é colocado em cenários bacanas, são ambientes que embora não sejam mundos abertos, são áreas grandes para você vagar, procurar alvos e destruir. Não é um jogo de andar pra frente e ir atirando, você escolhe pra onde quer ir e vai detonando os variados tipos de alvos, sejam torres de defesa, tanques que se movem, jaulas com reféns, entre outros, além dos objetivos principais, é claro.

Na medida em que você vai avançando, pode comprar melhorias para suas armas e equipá-las para se adequar ao seu tipo de jogabilidade. É possível usar duas armas e a movimentação do robô é bem legal, podendo gastar energia para deslizar para qualquer lado, e isso inclui saltar e deslizar. Isso permite sair rapidamente de lugares e desviar de mísseis.

Por outro lado o jogo é poluído demais, muita bala na tela, muita coisa acontecendo, e mesmo as informações do HUD. Não é bem um bullet hell, já que você pode tomar tiros demais, e acho inclusive que é quase impossível não tomar bala, já que é lotado de soldadinhos que dão dano sem parar, porém tira quase nada de vida. Mas ainda assim o nível de dificuldade é difícil.

E se você é fã de Dark Souls e espera ver traços do gênero Souls Like, esqueça! Realmente é algo bem diferente, mas também não dá pra cobrar isso né? Então mesmo que role uma esperança, sendo um jogo que veio meia década antes de Demon's Souls, não é surpresa ver que é algo que vai por um caminho próprio.

Enfim, apesar de eu não ter usufruído bem da coisa, no geral as reviews desse jogo são positivas e as notas dele são boas no steam, sendo assim, a chance de você amar é muito maior do que odiar, vale a pena dar uma olhada. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na steam, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Postar um comentário

0 Comentários