Singularity - A guerra fria entre realidades...

Quando vi o trailer desse jogo, imediatamente pensei que seria um jogo igualzinho Timeshift e empolguei, afinal é em primeira pessoa e há uma manipulação do tempo, e então quando saiu fui correndo testar. Se você é do tipo que se interessa por coisas loucas sobre a grandiosidade do universo, certamente vai gostar.

História

Em 2010 uma equipe é mandada para investigar uma ilha onde experimentos eram feito no período da guerra fria em 1955 e algo estranho está acontecendo, porém logo descobrem que há uma algo estranho na ilha, pois as duas realidades se misturam e às vezes coisas do passado simplesmente surgem, além de criaturas bizarras e relatos registrados de várias formas sobre o que houve na ilha.



Sobre o jogo

Tive uma enorme surpresa ao jogar esse jogo, primeiro porque eu esperava ser igual timeshift mas logo descobri que o jogo apesar de ter manipulação temporal, realmente não pode ser considerado parecido com Timeshift, porém a surpresa é que o jogo lembra muuuuuuuuito half life 2! Eu tenho certeza que os caras que criaram são fãs, porque é impossível ter tanta coincidência, a primeira semelhança aparece já nos primeiros segundos jogando, com um grande raio no horizonte subindo até o céu formando um redemoinho nas nuvens, idêntico ao que você vê em episode 3 só que vermelho ao invés de azul!

E há várias outras coisas no jogo que lembra demais, só jogando pra ver hehehe! Um outro detalhe que me chamou a atenção foi a história, como eu estava esperando um timeshift da vida, eu também tava esperando uma história podre pra cacete, mas o jogo começa já impressionando explicando detalhadamente a história e tudo mais, e então te coloca em um helicóptero que você está chegando à ilha e vê coisas estranhas acontecerem. Isso até o seu helicóptero cair e você ter que se virar do jeito que está.
Logo você entra na recepção da instalação e vê que há vários lugares apresentando o que é e como funciona, não é apenas uma ilha de testes, é uma cidade onde pessoas viveram, há vários videozinhos explicativos com desenhos que você pode ver em projetores explicando, há também uma maquete da ilha mostrando cada lugar e que se você apertar o botão há uma explicação e assim você descobre que eles faziam experimentos com algo que chamavam de E99 e só existia naquela ilha, falavam para as pessoas do lugar que era a salvação contra a bomba atômica americana pois era algo muito mais poderoso e capaz de manipular o tempo.

O jogo mistura o ano de 2010 com o de 1955, os experimentos com o E99 causaram danos em pessoas e muitas sofreram mutação portanto essas criaturas podem simplesmente aparecer do nada na sua frente, assim como objetos, sendo que algumas vezes aparecem transparentes, ou seja você os está vendo e ouvindo mas eles não estão na sua realidade, e isso torna o combate muito empolgante várias vezes com algumas criaturas que ficam piscando como se fosse uma TV mal sintonizada, aparecendo e desaparecendo, as vezes apenas ficando transparente e as vezes sumindo por completo o que lembra um tanto o noturno, pois essas criaturas saltam, desaparecem e aparecem em outro lugar como se acabasse de teletransportar, e certos momentos trazem junto um tambor de gasolina pra jogar em você.
A manipulação do tempo é bem legal mas não igual a de timeshift, ao invés de afetar todo o ambiente, afeta apenas um lugar, por exemplo você pode deixar um inimigo em camera lenta, pode criar um campo em que tudo que passar por ali fica paralizado ou muito lento, por exemplo se um soldado estiver naquele campo naquele momento, ele ficará paralisado mas se atrás do campo estiver um soldado atirando em você, ela irá bater no campo mas não vai paralizar e sim diminuir a velocidade e passar em campera lenta até sair do outro lado.

O jogo tem sustos, eu até senti um certo incomodo porque não estava esperando por isso, eu esperava somente algo com pura ação, mas de cara vi que o negócio não era bem assim, quando as primeiras criaturas começaram a aparecer me fazendo correr pelos corredores de uma escola fugindo foi um sufoco!

As armas do jogo são muito fodonas, você só pode levar com você duas de uma vez, além do dispositivo de manipulação do tempo chamado TMD que está sempre na sua mão. Há armas comuns como metralhadora e escopeta, como também armas alteradas como um protótipo que adorei de uma arma que você controla a bala, isso me lembrou demaiiiss o jogo Wanted: Weapons of Fate em que é possível atirar balas curvas, outro é um lançador de granadas que tem como segundo tiro uma esfera que você pode controlar com pulo e tudo mais, fazer ela ir perto dos inimigos e BUMMM! A Sniper é uma das melhores que já vi em um jogo pois quando você usa ela, pode deixar o tempo em camera lenta por um tempo e assim dar várias seqüencias de tiros na cabeça dos infelizes.

Os inimigos podem ser despedaçados, dá pra arrancar braços, pernas e cabeça, além de explodir e causar outros efeitos usando o TMD, há partes em que é de se admirar esses efeitos, por exemplo em certa parte do jogo uma criatura veio correndo em minha direção, transparente e então ela saltou pra mim e no ar se materializou, dai eu com uma sniper mudei pra visão com binóculo rapidamente e apertei o botão de ficar em câmera lenta, atirei na perna dele e vi detalhadamente ela sendo arrancada e o monstro virando pra um lado e a perna indo pro outro, essas coisas acontecem direto no jogo quando se está com uma arma potente o suficiente pra arrancar pedaços. Também tem a opção de atualizar armas, e assim você vai melhorando a que achar melhor com o tempo.

O TMD é sem dúvidas a atração principal do jogo, esse dispositivo fica na sua mão como se fosse um tipo de luva e é com ele que você abre os campos que paralisam tudo que está dentro, dá pra lançar longe os inimigos, o que ajuda bastante, e os mais fracos explodem ao invés de serem arremessados, você pode também usar ele para levitar coisas e puxar pra perto, igual em half life 2, também pode envelhecer objetos ou fazê-los ficarem novos, isso ajuda em muitos lugares.

Por exemplo se você vai passar por baixo de um portão e ele está só um pouco levantado mas não o suficiente pra alguém passar por baixo, você pode pegar uma caixa de metal, fazer ela envelhecer até ficar pequena e enferrujada, colocar os restos dela em baixo do portão e fazer ela voltar no tempo ficando nova de novo e assim crescer ao tamanho original fazendo com que o portão suba e você possa passar, o cenário é repleto de coisas que podem ser envelhecidas e que pode ser usado para matar inimigos também, eles estão se escondendo atrás de algo? Envelheça aquilo até desmoronar, há algo em cima deles sustentado por um cabo de aço? Envelheça o cabo para que sejam esmagados, entre várias outras coisas. Você vai pegando atualizações para o TMD que vão deixando ele cada vez com mais opções.
Os gráficos do jogo são uma mistura entre impressionante e tosqueira, o problema é que apesar de muito bonito o jogo, ele tem um problema em carregar as texturas, em certos momentos você se aproxima de algo e vê que ta feião e então do nada fica bonito, em compensação isso faz com que o jogo carregue absurdamente rápido e seja bastante leve também.

Os cenários do jogo tem todo um toque dieselpunk pois como misturam os anos 50 em experiências futurísticas, automaticamente acaba criando isso, o próprio TMD é notável as características do estilo, além disso os cenários também são gigantescos, acontecem tantas coisas ao mesmo tempo, é realmente lindo de se ver, todo aqueles raios e coisas aparecendo e desaparecendo, e acontecem coisas realmente fodas que te fazem notar mesmo a grandiosidade do jogo.

Por exemplo você pode fazer retornar no tempo um navio naufragado enorme e depois entrar nele, ou estar passando por dentro de vagões de um trem e do nada ouvir uns sons de metal retorcendo e aí do nada a parte de cima inteira do vagão é arrancada e você pode ver todo o cenário lá fora e um monstro gigante em cima de você. Há também as trocas de realidades que são fodas demais, você está em um cenário em 2010 e do nada passa para a versão dele em 1955, há todo um efeito de luzes como se você tivesse sendo sugado pra outra dimensão, é muito louco. *-*

Enfim

Apesar do jogo não ser o que eu imaginava, é bem divertido, infelizmente não dá pra você brincar muito com suas habilidades, o jogo é meio difícil e também tem alguns sustos, a história não é muito original mas acaba te envolvendo e combinando isso com uma jogabilidade boa, então um jogo que gera bastante diversão. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Interessei geral, lembrou Bioshock. xD

    ResponderExcluir
  2. opa, baixandooooo!!!

    faz uma materia sobre o siper ghost warriors.....q jogaço hein....tbm é lançamento!

    ResponderExcluir
  3. Pelo que vi parece ser bem legal !!
    Acho que vou comprar!!

    ResponderExcluir