Galera! A Amazon tem uma página focada em promoções atualizadas diariamente! Vão desde celulares, videogames, notebooks e até pequenos itens baratinhos como pingentes para presente! E tem frete grátis ao comprar R$129 em itens com selo prime! Veja no link de afiliado Amazon!

Enshrouded | Sobreviva a uma névoa amaldiçoada em um mundo de fantasia cooperativo

Existem universos de fantasia tão grandes e famosos, que conseguem atravessar sua mídia original e gerar obras extras. Graças a isso temos coisas como World of Warcraft Death Knight, que é a porta de entrada perfeita pra quem quer conhecer esse universo. Mas também existem obras que se aprofundam mais diretamente na mitologia, como os livros de The Elder Scrolls. E claro, tem as coisas estranhas, como o mangá de Elden Ring. Levando em consideração a grandiosidade e fama de certos universos, isso faz perguntar se sobra espaço pra outras obras. E Enshrouded é uma prova de que sim, podem rolar novos estouros!

O mundo de Embervale é um lugar maravilhoso e mágico, porém um lugar corrompido por uma névoa maldita chamada de mortalha. Ela está cheia de criaturas horrendas e um constante mal onde nenhuma pessoa consegue sobreviver por muito tempo. Ao despertar de sua câmara de sono, você percebe que as outras foram destruídas. Isso te faz partir em uma jornada para encontrar outros e tentar lidar com as condições de horror.
Esse é um jogo que carrega bastante a essência de um survival bem puro. Sendo assim, é algo com aquelas mecânicas que todos conhecem. Você deve coletar recursos do ambiente, e com eles construir ferramentas que vão possibilidade a criação de coisas mais complexas. Alguns recursos são raros e vão exigir viagens pra locais distantes.
 
O que mais me chamou a atenção nesse jogo de primeira foi exatamente o visual. Apesar de não o considerar inovador, ele é um jogo visualmente bonito e pelo jeito encantou muita gente também. É daquele tipo que parece muito robusto, sendo que em cada screenshot existe aquela sensação de que é bastante robusto em pequenos detalhes. 
Ao jogar, você rapidamente percebe que isso serve para tudo. As próprias construções do jogo não exigem muito esforço para ficarem atraentes. Uma casa simples já parece que foi super bem bolada e que exigiu um preparado. Mas a verdade é que basta encaixar algumas paredes e já vão surgindo detalhes que você não colocou e dão um toque especial.
 
Nesse game é possível cavar e construir embaixo também. Isso é muito bacana, sendo que ele usa o mesmo conceito de território que temos em V Rising, em que é preciso colocar um pilar de domínio e você poderá construir ao redor. Isso inclui pra baixo, permitindo que você construa coisas à vontade. No entanto, diferente de games como Conan Exiles, que você pode fazer construções em qualquer lugar do mundo, nesse você só pode cavar, e se o servidor for reiniciado, mesmo essas escavações vão desaparecer.
A mortalha é certamente o maior destaque desse universo e que o diferencia. Isso porque é uma névoa que cobre alguns locais e quando você entra nela, começa a ser consumido. Pode lembrar um pouco a sensação que temos em Dying Light 2: Satay Human, que quando você entra no escuro, começa a morrer, tendo tempo limitado para encontrar luz. Talvez com esse gráfico fofo e esse negócio de morrer na névoa possa passar um ar de ser algo engraçado e assustador que alguns jogos coop fazem como Paranormal Cleanup, mas não é nada disso. Não chega a dar medo, pode causar pânico quando tá acabando, mas não algo que assuste, ao menos não a maioria das pessoas.

Apesar de tudo, não são apenas perigos e desvantagens, pois existem também recursos que estão apenas na mortalha, o que te faz entrar nela de tempos em tempos. Mas sempre é necessário ficar esperto para o tempo que você ainda tem, assim como é preciso se preparar para aventuras e ver se vai conseguir cumprir certos objetivos e sair a tempo.
O suporte é apenas a 16 jogadores, não sendo um daqueles jogos ao estilo MMO ou algo assim. Existe a possibilidade de criar um servidor ou entrar em um aberto com o mesmo personagem. Mas a maioria das pessoas deixa os servidores fechados. Sendo assim, o ideal é você chamar os seus próprios amigos para poder fazer um mundo próprio.

Algo muito legal e que aumenta muito a rejogabilidade, é que o mundo não é fixo. Assim como Minecraft, você pode fazer o universo ser gerado aleatoriamente. E assim, certos objetivos que antes estavam em um lugar, podem simplesmente não estar mais ali. O mesmo vale par recursos, te fazendo ter que explorar e ver o melhor lugar para criação.
Outra coisa que pode empolgar muita gente é o fato de que o jogo tem elementos de RPG. Você tem missões para serem feitas, e personagens que deve encontrar e resgatar. Ao fazer isso, é preciso levá-los para sua casa. Se tornarão fornecedores de determinadas coisas, mas também vão te passar missões, tipo em Sengoku Dynasty, e assim existe aquela sensação de evolução.

Existe todo um sistema de construção de armas, armaduras e itens equipáveis, tendo destaque para o item que permite você planar. Dá um baita charme pular de locais gigantes, abrir os braços e planar. Suas armas podem ser melhoradas, e elas mesmas têm seus próprios níveis de raridade e dano. Sendo assim, às vezes você acha uma do mesmo tipo, porém bem melhor.
Uma árvore de habilidades também te ajuda a guiar o seu personagem para transformá-lo no que achar melhor. É algo semelhante a Salt and Sanctuary, com uma árvore de talentos redonda em forma de teia de aranha, e que você é livre pra escolher a forma que quer gastar os seus pontos. Alguns slots são apenas para melhorar algo que você já tem, enquanto outros destravam novas habilidades.

Também existe todo um sistema de histórias no mundo e suas ruínas, inclusive alguns elementos bem bacanas de investigação. Não chega a ser um World of Horror da vida, onde você é literalmente um detetivo, mas tem coisas do tipo a anotação de um cara sobre ter escondido algo enterrado na lama ali perto, ou informações sobre uma caverna. Isso dá um charme e desperta a vontade de ler os documentos, diferente de boa parte dos jogos que às vezes só fazem uma enrolação aleatória.
Enfim, apesar de Enshrouded não entrar para a lista dos melhores survivals que já joguei, imagino que muita gente pode colocá-lo nessa lista. Ele é um jogo com visual simpático e que compacta elementos de RPG e sobrevivência em um mundo não muito amplo, dando aquela sensação de pequena aventura, com muitos locais próximos uns dos outros e que certamente vai te dar uma sensação de evoluir rapidamente no que for fazer. Pode ser uma ótima opção pra jogar com os amigos. Fica essa fica!

E se quer comprar games sem gastar muito, dá pra conseguir keys baratinhas de diversos jogos da Steam, recomendo sempre dar uma olhadinha nos preços das keys da Steam (e outras lojas) à venda na GMG, muitas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e comprando keys lá, você acumula XP, que gera várias vantagens como descontos extras nas próximas compras e até jogos grátis! Dê uma conferida aqui:
 
(Sempre fique de olho na página inicial da loja, que frequentemente aparecem cupons de descontos!)

Imagem da promoção Galera! O Nerd Maldito tem um link de afiliado na Amazon atualizado todo dia com listas temáticas de itens que vocês vão amar! Já viram hoje? Confira no link de afiliado Amazon!
 
Sobre jogos de Sobrevivência

Os jogos de sobrevivência têm cativado jogadores há décadas, oferecendo uma experiência imersiva onde a luta pela vida é o principal objetivo. Nesse gênero, os jogadores são desafiados a enfrentar ambientes hostis, coletar recursos, criar ferramentas, montar abrigos e muito mais. Esses jogos proporcionam uma sensação de tensão e realização, enquanto os jogadores lutam contra os elementos e testam suas habilidades de sobrevivência.

Um dos aspectos mais atraentes dos jogos de sobrevivência é a liberdade que eles oferecem. Desde a exploração de vastos ambientes até a criação de estruturas complexas, os jogadores têm controle total sobre sua jornada. Abaixo, exploramos alguns dos principais títulos que definiram este gênero ao longo dos anos:

1. Minecraft Possivelmente um dos jogos mais emblemáticos do gênero, Minecraft permite aos jogadores explorar um mundo gerado proceduralmente, coletar recursos e construir praticamente qualquer coisa que possam imaginar. Desde simples abrigos até complexas cidades fortificadas, as possibilidades são infinitas.

2. Rust Em Rust, os jogadores são lançados em uma ilha deserta e devem lutar contra outros sobreviventes, além de enfrentar ameaças ambientais. A coleta de recursos, a construção de abrigos e a formação de alianças são essenciais para a sobrevivência neste mundo implacável.

3. Don't Starve Com um estilo de arte único e uma atmosfera sombria, Don't Starve desafia os jogadores a sobreviver em um mundo repleto de criaturas estranhas e perigosas. A gestão de recursos e a exploração são fundamentais para evitar a fome e a loucura.

4. The Forest Neste jogo de terror de sobrevivência, os jogadores se encontram presos em uma ilha habitada por canibais mutantes. Eles devem explorar o ambiente, construir abrigos e se defender dos ataques inimigos enquanto tentam encontrar uma maneira de escapar.

5. Ark: Survival Evolved Em Ark, os jogadores acordam em uma ilha habitada por dinossauros e outras criaturas pré-históricas. Eles devem caçar, coletar recursos, domar animais selvagens e construir abrigos para sobreviver neste ambiente brutal.

6. Subnautica Explorando as profundezas de um oceano alienígena, os jogadores de Subnautica devem coletar recursos, construir submarinos e bases subaquáticas e enfrentar perigos desconhecidos enquanto tentam encontrar uma maneira de escapar do planeta.

7. Raft Em Raft, os jogadores estão à deriva em um oceano infinito em uma pequena jangada. Eles devem coletar detritos flutuantes, construir e expandir sua jangada e evitar serem pegos por tubarões enquanto buscam por terra firme.

8. Stranded Deep Após um acidente de avião, os jogadores de Stranded Deep encontram-se presos em uma ilha deserta no meio do Pacífico. Eles devem explorar o ambiente, coletar recursos e construir abrigos para sobreviver, enquanto enfrentam perigos como tubarões e tempestades.

Os jogos de sobrevivência oferecem uma experiência única e desafiadora, onde os jogadores devem usar sua inteligência e habilidades para sobreviver em ambientes hostis. Com uma variedade de títulos disponíveis, desde mundos abertos e vastos até ilhas desérticas e oceanos infinitos, há algo para todos os gostos neste gênero emocionante. Se você está pronto para enfrentar os desafios da sobrevivência, pegue seu machado, afie suas habilidades e prepare-se para uma jornada inesquecível.

Postar um comentário

0 Comentários