Galera! A Amazon tem uma página focada em promoções atualizadas diariamente! Vão desde celulares, videogames, notebooks e até pequenos itens baratinhos como pingentes para presente! E tem frete grátis ao comprar R$129 em itens com selo prime! Veja no link de afiliado Amazon!

DLC de preço chocante de Star Citizen vai te fazer achar os lançamentos da 2K baratinhos!

A indústria sempre quer obter novas formas de lucro, e qualquer obra da cultura pop sempre gerou extras. Alguns desses itens são baratinhos e fazem toda a diferença, coisas como os Livros de The Elder Scrolls, geram satisfação ao expandir a história, o Tarô de Fallout consegue divertir rodas de amigos, enquanto a Ocarina do Tempo de Zelda permite que a pessoa exercite sua capacidade musical de um jeito diferente. Mas os próprios jogos se expandem sem precisar de sequências, podendo gerar ótimas experiências, mas também grandes frustrações. São as badaladas DLCs, que podem ser consideradas maravilhas ou abusos. E com certeza a Cloud Imperium Games conseguiu se destacar com o valor de uma delas.

Embora quando os pacotes de expansões nasceram, foram muito bem recebidos, a coisa virou uma verdadeira fábrica de dinheiro quando as empresas perceberam que não precisavam fazer novas histórias inteiras e ainda assim ganhariam dinheiro. O negócio é que antes, uma expansão era uma forma da empresa não precisar lançar um segundo jogo, já que tinha os mesmos gráficos e custaria muito, mas ao mesmo tempo expandir uma história com algo com tamanho semelhante ao jogo base.
Então chegaram as DLCs, que deixava as empresas adicionar novas coisas, mas sem fazer uma história inteira. Eram coisas como personagens novos, novas fases, armas, etc. As primeiras DLCs eram gratuitas, pois não existia malícia na coisa. As empresas sabiam que aquilo era pouco demais pra vender como expansão. Até que começaram os testes, que inicialmente não foi bem aceito, mas que com o tempo, as pessoas só se acostumaram.
 
Tanto na época da skin de armadura de cavalo de The Elder Scrolls: Oblivion, virou piada, afinal que sentido tinha vender uma skin, né? Hoje em dia vemos que o mundo mudou muito e ninguém acharia anormal algo assim. Então vieram o que já conhecemos, games que nem foram lançados e você já pode pagar mais pelos DLCs. Não existe mais a desculpa de que estão fazendo coisas que não fizeram na época. O jogo é feito completo e algumas coisas são cortadas pra vender separadamente em edições mais caras.
A coisa causa polêmica, alguns consideram absurdos, outros acham adequado dependendo do conteúdo e assim vai. Algumas empresas ficaram amais acanhadas, enquanto outras se jogaram tranquilamente. Quando a 2K lançou NBA 2K23, por exemplo, o game deu o que falar por causa das várias edições, inclusive a edição campeonato por R$ 749,50. Mas isso não é nada perto do que a Cloud Imperium Games resolveu fazer.

Star Citizen é um jogo que sempre se destacou muito por em 2012 começar a sua campanha de financiamento coletivo e se tornar o game mais caro do mundo, com algumas centenas de milhões de dólares! (Sim, milhões, não milhares!). E a desenvolvedora se acostumou com muita grana com o passar do tempo, pois lançou uma DLC custando 48 mil dólares!
Mas a coisa consegue ficar ainda mais cara! Pois é uma DLC exclusiva para os membros do Chairman's Club, que tem uma assinatura que custa mil dólares pra participar! E somente participando desse clube que você pode comprar o pacote Legatus 2953. O pacote conta com 175 naves para o jogador se divertir com a variedade.

Quanto é que fica converter esse valor pra reais, gente? Uahahahaha, estamos em um mundo cyberpunk mesmo, ein? Imagina o povo dos anos 90 ouvindo falar que chegaríamos a um ponto em que a expansão de um jogo custaria esse valor?  Outras coisas que certamente iriam se surpreender é com o Mickey Mouse perturbador como vilão de jogo de terror, que fez a Disney pirar, ou exatamente o contrário de querer grana demais, com o dev que pediu pra piratearem o jogo dele.

E se quer comprar games sem gastar muito, dá pra conseguir keys baratinhas de diversos jogos da Steam, recomendo sempre dar uma olhadinha nos preços das keys da Steam (e outras lojas) à venda na GMG, muitas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e comprando keys lá, você acumula XP, que gera várias vantagens como descontos extras nas próximas compras e até jogos grátis! Dê uma conferida aqui:
 
(Sempre fique de olho na página inicial da loja, que frequentemente aparecem cupons de descontos!)

Imagem da promoção Galera! O Nerd Maldito tem um link de afiliado na Amazon atualizado todo dia com listas temáticas de itens que vocês vão amar! Já viram hoje? Confira no link de afiliado Amazon!

Sobre Star Citizen

Star Citizen é um jogo ambicioso que busca redefinir o gênero de simulação espacial e de mundo aberto. Desenvolvido pela Cloud Imperium Games (CIG), é frequentemente citado como um dos projetos mais ambiciosos e complexos da história dos videogames, envolvendo elementos de exploração, combate, comércio e interação social em um vasto universo virtual.

O projeto foi anunciado em 2012 pelo veterano da indústria de jogos, Chris Roberts, conhecido por títulos como Wing Commander e Freelancer. Star Citizen foi financiado por meio de uma campanha de crowdfunding, arrecadando mais de 300 milhões de dólares até o momento, tornando-se um dos jogos mais financiados pela comunidade de jogadores.

O cerne do jogo é a imersão no espaço, permitindo aos jogadores explorar uma galáxia em constante evolução. Prometendo liberdade sem precedentes, o jogo pretende oferecer um vasto universo virtual, onde os jogadores podem assumir diversos papéis, desde pilotos de naves espaciais até comerciantes, contrabandistas, mercenários ou exploradores.

A tecnologia por trás de Star Citizen é notável. Utiliza o motor de jogo proprietário chamado "Star Engine", criado especificamente para este projeto. A promessa é de gráficos de alta fidelidade, simulação de física avançada, mecânicas de jogo complexas e um realismo visual impressionante.

O desenvolvimento de Star Citizen, no entanto, tem sido marcado por atrasos significativos. Inicialmente previsto para lançamento em 2014, o jogo sofreu múltiplos adiamentos ao longo dos anos. Isso gerou críticas e preocupações por parte da comunidade de apoiadores, que expressaram frustração diante da demora e incerteza quanto à conclusão do projeto.

A natureza ambiciosa do jogo, somada ao escopo expansivo e às constantes adições de recursos, contribuiu para os desafios no desenvolvimento. A equipe da CIG frequentemente lança atualizações incrementais e módulos jogáveis, permitindo aos apoiadores acessar partes do jogo em desenvolvimento, como a experiência espacial (Arena Commander) e a jogabilidade planetária (Star Marine).

Além disso, o financiamento contínuo do jogo por meio de vendas de naves espaciais e itens virtuais também gerou debates sobre práticas comerciais e éticas na indústria de jogos.

Apesar dos atrasos e críticas, muitos apoiadores continuam entusiasmados com o potencial de Star Citizen. A comunidade em torno do jogo é ativa, participando de discussões, eventos e testes constantes do jogo em desenvolvimento.

Em resumo, Star Citizen é um projeto ambicioso que busca criar uma experiência de jogo promete revolucionar o gênero de simulação espacial. Embora enfrentando desafios e atrasos no desenvolvimento, continua a atrair interesse e apoio de uma comunidade dedicada, enquanto permanece no aguardo de uma versão final que promete redefinir os limites da experiência de jogo no espaço.

Postar um comentário

0 Comentários