Grand Theft Audio 3 | Um demake lowpoly de GTA 3!

Hoje em dia somos acostumados a jogos em mundo aberto, porém GTA 3 foi o jogo que fez essa mania pegar e por isso em meio a polêmicas, revolucionou a indústria. E exatamente pela grandiosidade da coisa, quando se imagina um demake desse jogo, é fácil pensar no máximo em algo com o visual de GTA 2, no entanto um cara foi mais ousado e recriou um jogo em mundo aberto!

Sem sombra de dúvidas é uma ideia que naturalmente chama a atenção por sua ousadia em diversos aspectos, até mesmo porque a Rockstar já processou gente por muito menos, tipo aquele seriado chamado L.A. Noir que quase se lascou, mesmo seu nome tendo inspiração em algo que nada tinha a ver com o jogo da empresa.

Depois veio a ousadia em pensar em um demake e ao invés de visualizar algo pequeno como normalmente esse tipo de jogo é, resolveu visualizar a cidade inteira. O cara reconstruiu 90% das estruturas, e só não fez completo porque não teve tempo e ele estava fazendo um jogo para uma competição.

O visual ficou bem  bacana no estilo que ele decidiu que seria, usando técnicas lowpoly, que são aqueles 3D que ao invés de focar nos detalhes, colocam bem visíveis os polígonos.  Além do mais a coisa fica bem mais visível pelo fato d e que ele decidiu não usar texturas. Ou seja, todos os elementos são 3D puros, variando nos visuais apenas pelas cores dos polígonos que mudam, mas sem detalhes.

Ele colocou o nome de Grand Theft Audio 3 não apenas como paródia do nome, mas como explicação para não ter música no jogo hahaha. Porém provavelmente isso aconteceu pela falta de tempo para entregar também ou talvez o cara não tivesse domínio o bastante de áudio e não dava pra só roubar de alguém na internet. Apesar de tudo, é normal demakes terem  nomes alterados pra serem classificados como paródia e evitarem processos, tipo Soundless Mountain 2.

O jogo tem apenas duas missões, sendo a primeira se esconder da polícia, assim como no jogo original, e por isso você precisa ir até um determinado lugar para se livrar das roupas de prisioneiro  e conseguir novas roupas. Já a segunda  é extremamente mais demorada, mas fãs vão saber como fazer. É preciso conseguir todos os pacotes espalhados pela cidade.

No jogo original existem esses pacotes e eles foram posicionados exatamente nos mesmos lugares, exceto é claro pelos ambientes que o desenvolvedor não teve tempo para criar, mas de resto aqueles que já conhecem podem dar uma bela de uma volta pela cidade. Acabou sendo uma boa ideia para fazer a pessoa que joga ter um motivo pra explorar a cidade.

Infelizmente o tempo que foi investido na criação da cidade acabou roubando o tempo para investir em outros elementos. Então existe apenas um carro que você pode dirigir, não tem NPC's, e também não dá para tirar. No geral a coisa acaba só realmente sendo algo interessante para dar uma olhada e admirar a criação, mas não um substituto para GTA.

Apesar de  tudo, o cara foi extremamente ousado e disponibilizou o código aberto na internet para quem quisesse pegar e modificar, adicionar elementos próprios e fazer o que bem entender. Ele usou a engine Unity, então se você tiver algum conhecimento da coisa, pode baixar, abrir pelo motor gráfico e se divertir, o arquivo tá aqui.

Enfim, apesar de não ser um jogo verdadeiramente divertido como alguns demakes são, tipo Low Knight ou Radioactive Decay, ainda assim consegue se destacar pela ideia em si e se torna uma daquelas obras que dá vontade de conferir para ver de perto como ficou. Se você estiver interessado, é bem pequeno, menos de 40mb e você pode baixar clicando aqui.

Comentários