Farming Simulator 19 | Um jogo realista e educativo

Mesmo pessoas que sempre viveram em cidades grandes acabam tendo uma curiosidade vez ou outra de aprender a plantar algo, quem é que nunca fez o experimento da batata com palitos na água né? E naturalmente nos video games essa vontade tinha que se refletir de alguma maneira. Farming Simulator 19  é um reflexo disso. Foi meu primeiro contato com a franquia e me refletiu o realismo da coisa.


O foco do jogo não é história, já que se trata de um sandbox, no entanto é um simulador de vida e você pode escolher que estilo deseja seguir. Pode ser  um fazendeiro padrão, que tem terras, mas precisa crescer, pode ser um administrador, sem terras, mas com dinheiro para investir no que achar mais adequado, ou pode ser alguém sem nada, começando do zero a vida na fazenda.

Como disse, eu não tinha jogado nenhum Farming Simulator, até então os jogos de fazenda que joguei tinham sido mais compactos, tipo Farming World e Shoppe Keep 2. Então foi uma experiência nova, já que no geral os jogos de plantação são bem diretos, não se prendem aos detalhes. Aqui por outro lado a beleza da coisa está no realismo. Isso pode atrair ou afastar pessoas.

Você não simplesmente planta as cosias, é preciso preparar o solo antes, e controlar as máquinas, realmente tendo que saber o que está fazendo. Processos como arar a terra e fortificar o solo fazem parte da coisa e é preciso ficar ligado e lembrar das condições das áreas de plantio para que você possa cuidar de forma adequada.

Achei bacana o fato do jogo se passar em um mundo aberto, não é apenas a sua fazenda. Isso dá uma liberdade ainda maior, não apenas pelo fato de que existem outros fazendeiros, mas também por você poder fazer coisas como levar mercadorias para vender na cidade. Por outro lado o fato de não ter pessoas na rua é bem mal feito, faz o jogo parecer mais um software de treinamento.

Inicialmente você tem foco apenas em plantações, podendo escolher o tipo de coisa que quer plantar e preparando a terra. Existem máquinas diferentes e em cada uma delas tem acessórios que você deve encaixar e é preciso fazer tudo direitinho, por exemplo é necessário encaixar o contrapeso na parte da frente antes do acessório de trás.

Também é preciso aprender a fazer todo o processo. A máquina que colhe grãos por exemplo depois precisa ser levada a um lugar onde seja possível depositá-los, lá você tem que estender o cano para ativar. Por outro lado onde os grãos forma colhidos, é deixado a palha, que com outra máquina você vai lá e coleta, formando cubos de feno que podem ser usados nos animais ou comercializado.

Os animais, máquinas e acessórios são coisas que você vai adquirindo com o tempo. Cada uma das coisas é comercializada ou reaproveitada em outra área da fazenda. Esterco por exemplo pode virar adubo! E assim vai. Você também pode contratar trabalhadores para fazer certos serviços e assim partir pra outra tarefa.

Por falar em trabalhadores, inicialmente você começa como um. Outros fazendeiros contratam para tudo quanto é tipo de coisa, desde colheita até transporte. Essa é a melhor forma de conseguir um dinheiro, pegando contratos e indo aumentando a grana pra poder investir em outras coisas. Com o passar do tempo você pode virar um verdadeiro patrão.

Eu acho que esse jogo pode ser colocado facilmente ao lado de jogos como Euro Truck Simulator 2 e ArmA 3, jogos meio bugados, que se destacam no nível de simulação e um suporte cabuloso a mods. É o tipo de jogo que realmente acaba sendo de nicho, pois você tem que ser apaixonado pela coisa, já que no geral ele é meio feinho. Os gráficos na jogabilidade definitivamente não são bonitos iguais nas screenshots.

O jogo ainda tem suporte a multiplayer, sendo assim se você tiver uns amigos dispostos, pode entrara no cooperativo para trabalharem juntos online. Mas é o que falei, o jogo em si é bem de nicho, portanto acaba só sendo usufruído mesmo se for jogado por grupos de pessoas que sejam tão apaixonadas quanto.

Enfim, é uma experiência bem educativa, meio bugada, mas que pode agradar o público certo. Sua campanha de marketing fez parecer que o jogo pode ser curtido por qualquer um, mas sinceramente eu duvido. Achei ele bem legal dentro de sua proposta. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na steam, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Comentários