Não basta ter fps alto, é preciso muitos Hz no monitor

Por muito tempo eu sempre vi o monitor como algo descartável, que só importava realmente o tamanho, afinal de contas só servia pra transmitir imagem, não é mesmo? Então pra que ir atrás de um monitor de qualidade enquanto eu só queria mesmo enxergar? Bom... A verdade é que fiquei impressionado sem perceber ao longo dos anos.



Acho que a primeira vez que notei a diferença entre um monitor e outro foi nos primeiros anos da década de 2000, quando fui à casa de um amigo meu e vi ele passando um clipe que no meu PC era uma desgraça, mas no dele estava lindo demais. Na época o que pensei foi que o PC dele era melhor, então o hardware que estava fazendo aquele vídeo ser tão mais nítido.

Com o passar dos anos fui tendo algumas outras surpresas. Com a saída dos monitores de tubo e vinda dos monitores LCD, eu até ouvia falar sobre melhor qualidade de imagem, mas era o tipo de coisa que não pensava a fundo, parecia frescura demais. O que mais me atraía nos LCD era o fato de serem fininhos, parecia coisa do futuro, o tipo de coisa que parecia ainda maias futurístico que alguns futuros apresentados na ficção, como Shadowrun de Super Nintendo, que os monitores ainda eram de tubão mesmo sendo um jogo cyberpunk.

Mas no geral eu não tinha uma vontade louca de ter um daqueles, era algo que via mais como estético. No entanto lembro que quando comprei, fui jogar os jogos e parecia outra coisa. Me senti meio idiota, porque pensei estar vendo coisas, afinal de contas como diabos um monitor poderia melhorar os gráficos do jogo? Me pareceu coisa de criança empolgada, algo do tipo "Meu deus, esse monitor fino é tão bonito que a que até a placa de vídeo decidiu fazer upgrade!".

A verdade é que hoje vejo que não é bem assim e no final das contas realmente existe sentido no visual de um jogo melhorar cabulosamente depois de você colocar um monitor melhor. Não é só questão de cores e contraste melhores (que também ajuda), mas também o fato de que seu computador pode estar oferecendo mais do que o seu monitor é capaz de suportar, e quando você coloca um monitor adequado, tudo muda!

Eu já falei aqui no blog sobre os 60fps e 1080p, coisas que ganharam destaque na sétima geração de console e de repente todo mundo começo a falar. Sendo que os fps são a quantidade de imagens que são exibidas por segundo na tela, fazendo com que pareça muito mais nítida do que uma imagem exibida a 30fps.

Quanto menos fps se tem um jogo, mais travada a imagem parece, quanto mais fps tem, mais nítida parece, e mais se tem aquela sensação de algo real, como se fosse uma câmera filmando, de tão lisinho que está. Dependendo da taxa pode chegar até mesmo a parecer estranha a imagem por ter uma mudança frequente demais nos quadros.

Mas o negócio é, não basta rodar bem, pra você ver! É necessário ter um monitor com a quantidade adequada de Hz, e é exatamente por isso que existe a opção v-sync ou sincronia vertical em jogos. Sabe quando você mexe a tela rápido e aparece aquela distorção? Uma linha vertical no monitor? Pois é... Significa que o FPS tá mais alto do que seu monitor suporta, e a parte de cima já atualizou o que tá na tela, mas a de baixo ainda não.

Quando o v-sync é ativado, ele limita a quantidade de fps à taxa de atualização de seu monitor. Isso faz com que esse problema desapareça, pois você não vai rodar 80fps em um monitor que só suporta 60fps. O resultado disso é melhoria no desempenho e queda nos fps, já que em momentos mais movimentados do jogo, como em explosões, a taxa de quadros vai cair pra baixo de 60fps, pois normalmente não fica travado, já se tivesse rodando a 80fps, poderia cair, mas não ir pra baixo de 60, fazendo com que a fluidez não aparentasse ter diminuído.

E o que define a quantidade de fps são os Hz, portanto um monitor de 60Hz só vai rodar 60fps, se o seu computador for capaz de rodar mais que isso, você simplesmente não está aproveitando todo o desempenho da coisa, e assim as imagens estão sendo enviadas, mas não estão sendo transmitidas em tempo real.

Isso também serve para vídeos, portanto se você vê um vídeo de 144fps no PC, mas seu monitor tem apenas 60, a imagem pode até está nítida já que em 24fps é fluído pro olho humano, no entanto é como se fosse aquelas transmissões de webcam, que vem picotadas e a conexão vai pegando de pedaços em pedaços. Portanto desses 144, apenas 60 vão sendo pegos e transmitidos. Você vai ver fluído porque ainda assim 60 é fps pra caramba, mas se fosse colocado em câmera lenta, veria a diferença, exemplo:

Quando você usa um monitor com fps maior a primeira vez, às vezes pode não perceber que mudou alguma coisa, no entanto quando volta a olhar no antigo é que nota que está bem diferente. É meio difícil explicar, mas a sensação que dá é que o gráfico está pior, sendo que no fim das contas o que piorou foi a fluidez.

Enfim, fiquei encabulado em como Vermintide 2 ficou tão absurdamente mais bonito em um monitor de 144hz do que em um de 60hz. O mais engraçado é que o que me fez trocar nem foi ele, mas o incômodo que Far Cry 5 estava causando por parecer tão bonito, mas eu notavelmente não estava vendo de verdade toda a grandiosidade do jogo. Então seguindo aquela minha política de comprar coisas de qualidade pra durar tempo pra cacete, vi que era o momento de finalmente aposentar meu monitor antigo. O modelo que peguei foi esse aqui.

Comentários

Alessandro Costa disse…
Excelente texto. Estou na cola de um monitor 144hz por isso... Qual monitor você comprou?
Iscai NM disse…
Esse aqui https://amzn.to/2K1d3MY