Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 26 de junho de 2017

The Mist - Adaptação do conto de Stephen King pra série

Eu estava muito ansioso pra assistir essa série, afinal de contas sem sombra de dúvidas o filme O Nevoeiro de 2007 me encantou demais, então esperava o mesmo. Infelizmente a coisa não foi bem assim, e a história atmosférica que conheci acabou ganhando um belo de um toque de filme trash e Big Brother. Então chegou a hora de descer o pau em The Mist!


A história se passa na cidade de Bridgton, que é coberta por um misterioso nevoeiro e logo assusta os visitantes por ser tão denso que é quase impossível ver qualquer coisa além do branco. No entanto tudo fica realmente assustador quando diversas criaturas extremamente bizarras surgem e passam a atacar as pessoas.

Pra quem não sabe, The Mist, ou O Nevoeiro como ficou conhecido no Brasil, é uma das obras de Stephen King, e se tornou uma baita de uma influência à cultura pop, sendo inspiração de jogos como Half Life (Se não quiserem spoilers, não pesquisem o motivo) e Silent Hill com a neblina cheia de criaturas.

Apesar da fama, O Nevoeiro não é um livro, mas sim um conto, que saiu inicialmente em uma antologia com vários autores em 1980, chamada Dark Forces, e era o maior conto da antologia. Ironicamente a versão do livro Tripulação de Esqueletos, que só tem contos do Stephen King, foi editada para ficar menor. Mas essa foi a versão mais popular e saiu em 1985.

Curiosamente, a primeira adaptação de O Nevoeiro para outra mídia, não foi o filme de 2007 que o popularizou, mas sim em uma adaptação para audiodrama de 1984 que se destacou por ser em 3D, então a pessoa comprava uma fita cassete, colocava no Walkman (Aqueles toca fitas dos anos 80) e tinha uma experiência surreal com efeitos de holofonia.

E ainda mais surpreendentemente, a segunda adaptação também não foi a do filme, mas sim um jogo de 1985 lançado pela Angelsoft e Mindscape Interactive e é uma aventura de texto, tipo Stories Untold, mas genuinamente dos anos 80. Inclusive hoje em dia se tornou um abandonware pode ser jogado gratuitamente direto do navegador.

Daí finalmente em 2007 a obra deu as caras novamente e encantou muita gente com sua atmosfera misteriosa, além de adicionar um toque gore à coisa. Um baita de um filme de terror de qualidade embora nem todo mundo tenha gostado do final (Eu gostei bastante, mas tem quem prefira finais felizes né? Hahaha).

Depois do filme não demorou para começarem a falar de uma série, algo bem bacana e tal, mas que ficou naquela de "Vai ter..." e não se fala mais no assunto. Porém uma década depois veio The Mist, e obviamente os fãs já estavam mais do que ansiosos para novamente ter aquela sensação de algo misterioso e pesado.

Infelizmente o climinha é muito mais parecido com Under the Dome, adicionando um climinha de teatrinho tosquíssimo e com uma fotografia péssima, além é claro dos efeitos especiais que facilmente te faz notar o climinha de tosqueira. Especialmente nas cenas dentro do nevoeiro, são aquela coisa no estilo "Olhem pessoal, eu to na frente de uma tela verde vagando".

Existem elementos que eu realmente perdoaria tranquilamente, os efeitos especiais em especial, afinal de contas todo mundo sabe que a maioria das séries são basicamente filmes de baixo orçamento, então OK, mas pra uma obra com uma carga emocional tão forte, acho que o desenvolver da coisa deveria ser cuidadoso.

A série já começa com umas besteiras no roteiro, tipo quando o nevoeiro chega e tem um cara na delegacia, tá bom que é um névoa densa e ele ouve uns gritos, mas já vem um "SEJA LÁ O QUE ESTIVER LÁ FORA!" como se já soubessem dos diabos que tem no nevoeiro e o que faz? Vai pegar as chaves da delegacia pra libertar prisioneiros.

Eu sei que em uma história há coisas mirabolantes e tal, mas esse tipo de resolução fácil de problemas é o tipo de roteirinho preguiçoso que faz uma série ser de péssima qualidade. Se fosse um trash proposital ao menos aí tava beleza, mas uma história que era pra ser séria? Cansa só de ver, e aliás o primeiro episódio é uma tortura. No segundo melhora absurdamente, mas infelizmente ainda meio novelinha.

Uma das coisas mais maravilhosas do mistério é ir lento, mas ao mesmo tempo deixar intrigado. Porém na série é apresentado algo beeem lento e de repente uma cena trash como um cara surgindo no nevoeiro e falando "VOCÊS SÃO REAIS???" e metendo um tiro no infeliz e depois "OHH!!! DESCULPE!!!" e se matando.

Enfim, decepcionante, pode ser interessante a nível de curiosidade para um fã de Stephen King, no entanto em geral é uma série que não bastou ser de baixo orçamento, os caras ainda não quiseram se esforçar pra compensar isso com uma história boa, acho que cometeram exatamente o mesmo erro de Under the Dome, achando que bastava sentar em cima da história base e o resto tava garantido.


2 comentários:

Jhonn R'lyeh #ContenteTV disse...

Falando em Under The Dome, há um livro de ficção científica um pouco inspirado nele. Se chama GONE - O Mundo Termina Aqui (do autor Michael Grant), simplesmente fantástico!
O enredo se passa em uma cidade fictícia chamada Praia Perdida, onde inexplicavelmente pessoas acima dos 15 anos desaparecem de uma hora pra outra, restando apenas crianças nessa cidade que estava rodeada por uma espécie de cúpula (ou barreira), onde as crianças não podem sair.
No início, tudo parece diversão (com uma vida sem adultos chatos né?), porém, com o passar dos meses e mesmo sem terem respostas sobre o que estava acontecendo alí, as crianças passam por sérios problemas (como fome por exemplo, já que uma hora ou outra haveria escassez de alimentos), e o mais estranho é que algumas dessas crianças acabam ganhando alguns tipos de super-poderes, o que acaba gerando uma treta monstra entre humanos e "aberrações"...
Vale muito à pena dar uma conferida, apesar do livro parecer que foi feito para jovens e crianças, ele possui um conteúdo moderadamente pesado.
Se parece com Game of Thrones (todo mundo morre), só que com crianças XD.
A série se finalizou com 6 livros: GONE, FOME, MENTIRAS, PRAGA, MEDO e LUZ (o último saiu em 2015, acho).
Neste ano sairá um outro livro, considerado uma "consequência" desse série, pois a mesma se passará 5 anos após o incidente de Praia Perdida. <3
Reforçando aqui, vale muito à pena dar uma conferida <3

Iscai NM disse...

Me lembrou mais Between, uma série da Netflix em que todo mundo que completa 21 anos morre em uma cidade uahahaha. =D