Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 17 de junho de 2017

O garoto que amava demais o Jason

Eu tinha postado isso na página do facebook do blog, no entanto vi que o povo realmente achou interessante o que rolou, então acho que vale a pena postar aqui isso que aconteceu enquanto eu jogava o jogo do Sexta-Feira 13 e acabei me deparando com um garoto inconformado que acabou inevitavelmente chamando a atenção.



Pra quem não conhece, esse é um jogo assimétrico 1vs Vários, tipo aquele mini game do Mario Party, ou Evolve, e no caso aqui você controla o Jason ou um dos sete monitores. O objetivo de Jason é matar todo mundo, enquanto os monitores precisam fugir, seja trabalhando em equipe, compartilhando informações e se protegendo.

Mas bom, eu tava jogando e acabei caindo como monitor, corri pra uma cabana e logo apareceu um garoto que começou a tagarelar. Sabem aquelas pessoas que falam sem parar e você até tenta pegar uma brecha pra dizer algo, mas a pessoa fala tanto e tão rápido que o jeito é ficar calado esperando ela parar, mas ela não para nunca? Pois é, era um desses.

Aí beleza, entramos, trancamos aporta pro Jason não nos pegar de surpresa e ele falando "Nossa cara, eu odeio ser monitor, é muito chato! Ter que ficar procurando coisas pra fugir daqui e na pressão de estar sendo caçado", e eu lá vasculhando, procurando alguma arma, peças de transporte ou itens que pudessem me ajudar, mas sem achar nada.

O carinha continuava a falar sem parar "Eu gosto de ser o Jason! É muito mais legal, sair por aí atrás da galera, matar todo mundo! É bem mais engraçado!" e por mais que eu tentasse falar algo, o cara NÃO CALAVA A BOCA, eu ia tentar e não passava de coisas como "Eu..." e ele falando, falando, falando sem parar.

Aí entrei em um quarto e comecei a vasculhar e ele foi pro quarto ao lado, mas ainda falando "Porque qual é o sentido de jogar um jogo do Sexta-Feira 13 se você nem ao menos é o Jason? Não tem graça!" e eu lá tentando achar algo, acabei achando um canivetinho, o que não é uma arma útil para ataque, mas se o Jason te pega pelo pescoço você pode usar pra se livrar, mas arma mesmo, nada.

E o carinha do outro lado também vasculhando, procurando por coisas e falando sem parar, até que disse "Eu gosto tanto de matar gente nesse jogo que sabe o que eu mais gosto de fazer quando sou um monitor?", e finalmente me deu espaço pra responder e eu perguntei "O que?", e ele respondeu "Matar outros monitores", aí olhei pra porta e ele tava lá parado com uma chave inglesa na mão.

Agora você já sabe como é que é a infância de todos os psicopatas né? E antes que perguntem, sim, isso realmente aconteceu. Parece que enquanto eu tava jogando Friday the 13th, o carinha tava jogando Battle Royale.

Nenhum comentário: