Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 3 de abril de 2017

A terra em que Deus mentiu - Capítulo 66

Esse é um conto interativo onde após a leitura de cada capítulo, os leitores votam na decisão que o personagem tomará para a continuação. Antes de começar, leia o que veio anteriormente:


Por favor, leiam e apontem qualquer erro de português ou digitação, não precisam dizer em que linha está, apenas escrever o trecho e o acharei, isso garantirá que leitores que venham depois, possam ter uma leitura mais agradável.

Capítulo 66

Eu sinto meu coração disparar quando vejo o garoto se aproximando de forma tão estranha pela lateral, sei que Dominações são capazes de controlar os mortos e Elium estava realmente muito mal. Será que o garoto morreu e agora está sob o controle da criatura? Não tenho alternativa, vou precisar de auxílio aqui, eu falo de forma discreta.

-Lazar, eu vou precisar de sua ajuda.

Eu provavelmente não precisava ter chamado, pois menos de um segundo depois o homem surge ao lado do garoto, o segura pelo braço e guia para trás. Se Elium estivesse sendo controlado, provavelmente seria para ser usado como arma e atacar, mas o homem não tem dificuldades em guiá-lo para trás. Será que o garoto só estava delirando graças à febre e se levantou?

Logo depois o homem retorna e se aproxima, ele não parece estar completamente calmo, mas também não demonstra medo. Porém é um pouco difícil decifrar suas emoções, já que é uma pessoa com o rosto deformado, semelhante a de uma cobra. Ele então diz com sua voz sibilante:

-Pegue o garoto e parta agora, eu cuidarei disso.
-Como?
-Não se preocupe, eu sei como lidar com esse tipo de coisa.
-Você sabe lutar?
-Não, mas é uma situação que sei o que fazer.

Decido parar de perguntar, eu mesma não gosto de pessoas que perguntam demais, porém é uma situação tão inusitada que sinto que há algo errado. Como esse homem irá lidar com uma Dominação? Mesmo sem mortos presentes, ainda é um alado. Além do mais é o tipo que costuma perseguir feito um abutre, então certamente virá atrás de nós.

Me movo até Elium, sou rápida em pegar nossas coisas, o garoto está sentado, ele realmente parece estar delirando, deve ter ido me procurar quando viu que saí de perto, será que pensou que eu tinha ido embora? Isso foi estranho, será que ele está tão convencido assim a cumprir sua missão para receber o pagamento? Acho que não... Apesar de tudo esse garoto é um mistério.

O coloco no mesmo cavalo que eu, sentado à minha frente e puxo a corda do outro, partimos. Tenho um péssimo pressentimento em relação a isso, mas realmente acho que é o melhor a se fazer nesse momento. Dou uma última olhada e vejo as imensas asas negras atrás da elevação de terra.

1 - Cavalgar rapidamente para chegar o mais rápido possível (A situação de Elium pode piorar).
2 - Cavalgar lentamente para evitar que Elium piore (A Dominação pode alcançá-los).

Vocês tem até sexta pra votar! Mesmo que só leiam depois da votação apontem erros por favor pessoal!