Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 15 de março de 2017

Diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 7x13

Esse é um especial onde faço uma comparação entre as diferenças entre os episódios da série The Walking Dead e as edições da revista em quadrinhos The Walking Dead. No caso essa é a postagem base da sétima temporada e vou colocar aqui os links para os outros episódios, caso você queira ver a comparação entre as outras temporadas, pode conferir aqui:


Se o que você está procurando é onde conseguir ler The Walking Dead, saiba que a revista em quadrinhos foi lançada no Brasil e pode ser encontrada por preços bem bacanas com vários outros conteúdos da franquia. Quando foi lançada por aqui a franquia não era conhecida, então o nome ficou como "Os Mortos Vivos". Se você ainda não assistiu, saiba que obviamente eu vou comentar sobre quem morreu. Mas chega de papo e agora vamos para a comparação!


Um episódio com foco em dois personagens que na HQ tem caminhos diferentes do que foi apresentado na série, Carol e Morgan, sendo assim temos muitas diferenças aqui. Por outro lado os caminhos são tão extremamente diferentes que em geral daria pra resumir como "Não aconteceu", porém tem certos aspectos interessantes que é bom destacar.

Antes de tudo vamos lembrar que nos quadrinhos Morgan não se especializou em artes marciais, e seu cabelo também não é curto, ele ficou completamente pirado e quando Rick o encontra ele está muito louco e com uns dreads (Sabe-se lá como diabos ele os fez já que era loucão né). Já Carol é uma personagem que também pirou na HQ, porém faz muito tempo, ainda na época da prisão, ela primeiro tentou suicídio na frente de Sophia (A filha dela, lembram?), mas não deu certo, se arrependeu e tal, porém depois ela enlouqueceu de vez e decidiu abraçar uma morta viva e morreu sorrindo.

Nos quadrinhos o Richard aparece muito pouco, ele é o braço direito de Ezekiel, porém surge e em pouco tempo morre, mas é diferente. Na HQ sua morte é lutando contra os Salvadores, com um tiro no peito. Na série eu achei legal terem trabalhado o personagem, deixaram a trama melhor desenvolvido para a entrada do Reino na guerra, por outro lado achei a morte dele tosquíssima.

Vão dizer que não foi bizarro o Ezekiel ficar lá parado olhando? "Olha lá... Tão matando o cara enforcado... Nossa, que chato né? Eita, olha agora ele tá metendo umas pauladas na cabeça, vixe... Tão metendo a cabeça maluco no chão kkkkk não é todo dia que se vê isso, que coisa, não?". Mas que diabos foi aquilo? Desenvolveram um Ezekiel completamente PAZ-E-AMOR, NÃO-BRIGUEM-CRIANÇAS e ele deixa o Morgan matar o Richard assim?

Pra quem não lembra, Duane é o nome do filho do Morgan, que aparece na primeira temporada, e a morte do garoto o deixa insano, na série também chega a acontecer, mas é temporário, só até ele encontrar o mestre dele. Eu não sabia que ele via o Benjamin como um filho, mas tem lógica... Apesar de que não sei se gostei muito de terem feito ele matar o Richard, quero dizer... Era óbvio que esse era um personagem que construíram pra ser um tipo de lição "Matar é uma escolha, mesmo quando o mundo inteiro grita pra você fazer isso". É meio caricato, mas se construíram ele, que deixassem né? Existia um certo charme, mas agora com essa ficou mais "Foda-se ser vegetariano, vamos matar todo mundo nessa joça mesmo!".

A Carol é outra personagem que foi pra um canto diferente, mas acho que os caras deviam ter trabalhado melhor. Quero dizer, a condição atual dela até que tá ok, acho maneira a ideia dela cansar e cair fora. Agora o problema é como introduziram ela nisso, se ela tivesse só falado "Chega, tenho que pensar um pouco sozinha!" e caísse fora, ok. Mas foi do nada o "Aiii eu sou uma coitada!" e ainda com aquele terço religioso na mão? Fala sério, foi MUITO do nada, acho que a introdução dela nisso acabou estragando o resto da coisa toda já que é uma personagem que trabalharam pra ficar fodona e do nada tacaram no lixo o trabalho.

Enfim, o grande diferencial desse episódio é o fato de que ele mostra como o Reino entra na guerra contra Negan, enquanto na HQ ele simplesmente dá um sorriso e fala que vai entrar, além de já estar até se preparando com pessoas trabalhando no caso e tudo mais.

Basicamente essas são as diferenças. Mas e aí, o que acharam do episódio? O que acharam da ideia do Reino? Se empolgaram com algo tão diferente? Ou acharam uma tosqueira louca? E se você estiver afim de ler as HQ's de The Walking Dead, pode dar uma conferida aqui.

Nenhum comentário: