Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 24 de dezembro de 2016

Christmas - Um poema natalino de H.P. Lovecraft

Nos anos de 1920 o natal era um pouco diferente do que conhecemos hoje em dia, a Coca Cola só moldou o Papai Noel como conhecemos em 1931, então aquela ideia do velhinho vestido de vermelho ser algo de centenas de anos é errada. Mas apesar disso existiam alguns elementos conhecidos, como a árvore de natal por exemplo. E claro, o natal era um pouco diferente para a população da época, mas já tinha aquela forte essência que atingia a todos, inclusive H.P. Lovecraft.

Em novembro de 1920 Lovecraft já enviava suas obras para revistas e outros tipos de publicação, uma delas era a "The Tryout", que naquele mês publicou a sua edição número 11, que por sua vez trazia um poema natalino do autor. É notável que ele ficava animado com datas comemorativas, pois já vimos também O dia das bruxas em um subúrbio, que era outro poema comemorativo.

Infelizmente traduzir poemas sempre é um problema, pois as rimas acabam se perdendo, sendo assim ler em inglês é a melhor opção. Apesar de que assumo que não acho o Lovecraft muito bom nessas coisas, acredito que ele é melhor nos contos mesmo, aí vai:

Versão Original
The cottage hearth beams warm and bright,
The candles gaily glow;
The stars emit a kinder light
Above the drifted snow.

Down from the sky a magic steals
To glad the passing year,
And belfries sing with joyous peals,
For Christmastide is here!

Versão Traduzida sem rimas
As lareiras dos chalés aquecem e brilham
As velas iluminam alegremente
As estrelas emitem uma luz amável
Acima da neve amontoada

Uma mágica roubada caindo do céu
Para alegrar o ano que passou
E campanários cantam com alegria
Pois as festas de natal chegaram
 

Simpático, não? Em meio a tantas obras sombrias do Lovecraft, é meio estranho para muita gente ver que ele também escrevia coisas fofas. E para quem quer algo a ver com os Mitos de Cthulhu, pode dar uma olhada no álbum natalino A Very Scary Solstice, que contém músicas sombrias de natal. Outra opção legal é o conto O Festival, que se passa durante o Natal.

Nenhum comentário: