Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Goosebumps: Acampamento Fantasma

Hora de mais uma análise de livro da franquia Goosebumps, não precisam se conter, eu sei que vocês não viam a hora hehehe. E dessa vez vou falar sobre o Acampamento Fantasma,que trás com muita força a essência de algo muito comum nos anos 90, histórias envolvendo acampamentos. Sendo assim os nostálgicos vão adorar esse climinha.

No Brasil, esse livro foi lançado pela editora Fundamento como segundo da coleção Goosebumps, vindo logo depois de Sorria e Morra. No entanto, diferente do primeiro livro, esse não está nem um pouco próximo de sua posição na cronologia americana. Isso porque enquanto Sorria e Morra é o 4º livro na cronologia original, Acampamento Fantasma é o 45º livro! Lançado em 1996.



Naturalmente é possível notar uma diferença bastante forte no estilo de narrativa, dessa vez em primeira pessoa. Quem for ler em ordem cronológica pode acabar estranhando um pouco a maneira diferente. Por outro lado no fim de Sorria e Morra tem uma amostra grátis com os primeiros capítulos de de Acampamento Fantasma, então isso pode amenizar a surpresa.

Aqui é apresentado um garoto de 12 anos chamado Harry e seu irmão, um ano mais novo, Alex. Os dois são enviados para ficar uma semana em um acampamento de verão chamado Espírito da Lua, porém são surpreendidos ao serem deixados no meio do nada pelo motorista e quando acham o acampamento, não há ninguém. Mas esse é só o começo das coisas estranhas do lugar.

Essa é uma daquelas histórias que constantemente brincam com você, te fazem ficar pensativo sobre qual será a surpresa do final e como podem estar tentando te manipular para você pensar alguma coisa e no fim das contas não ser nada disso. Então fica aquela paranoiazinha de "Será que é isso que estou pensando?".

Apesar de ser um livro voltado para o público infantojuvenil, assumo que achei a atmosfera meio pesada. Existe uma pressão meio forte demais no protagonista, talvez por ser em primeira pessoa e ele dizer o que está sentindo, mas creio que para crianças mais sensíveis pode não ser tão adequado quanto o anterior, então se seu irmãozinho for medroso demais, melhor esperar um pouco antes de ler isso com ele antes de dormir.

O acabamento feito pela editora Fundamento mudou e está com um material muito mais bonito, enquanto o primeiro livro da série tinha aquele estilo de folha áspero e era em preto e branco. Esse tem folhas lisas e o nome "Goosebumps" no topo de cada página é colorido, assim como a numeração de página, apesar de que não gostei dessa última, pois é amarelo e várias vezes fui ver que página era e não consegui enxergar pela luminosidade.

Enfim, se você é apaixonado pela série de TV Goosebumps, nem preciso dizer que esse é um material obrigatório né? Mas tá aí outro livro com climinha de Stephen King voltado para um público jovem e com um final macabro até demais (pra não dizer perturbador hahaha). Quem se interessar pode conferir nas seguintes lojas:



Nenhum comentário: