Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 3 de outubro de 2015

Queen Under The Mountain - Um simulador de reino anão

Quem não gosta de simuladores não é? E nada mais quando são de fantasia medieval, dão um certo toque todo especial a coisa. E hoje vou falar sobre um tipo de simulador que já foi visto algumas vezes, o simulador de reino anão. Um bom exemplo é Craft the World, que também trás essa proposta mas em visão lateral, já no simpático Gnomoria a ação acontece com Gnomos mas no fim tanto faz né? E usa uma visão isométrica. Por fim nesse jogo aqui o estilo é o mesmo, mas a visão é aérea, então é visão pra todo gosto hehehe.


A primeira coisa que me chamou a atenção nesse jogo foi o nome, Queen Under The Mountain (Rainha sob a Montanha) me soa como algo tão simpático, um nome grande mas com um climinha de aventura épica e de imediato eu não sabia que era um jogo do gênero CMS, mas não foi uma decepção, apenas me adaptei a ideia e gostei bastante, realmente algo super simpático.
Aqui a proposta é de fazer um reino subterrâneo com vários andares em um jogo bem simplório, que parece compactar as coisas e ao mesmo tempo que apresenta conteúdo complexo, é tudo tão direto ao ponto que também passa a sensação de compacto. Algo bonito de se ver que poucos jogos conseguem fazer, como por exemplo o belíssimo Pre-Civilization Marble Age.

Na jogabilidade você tem um ambiente natural e alguns anões, precisa conseguir dinheiro para comprar novas coisas. Dar profissões aos anões e ferramentas de trabalhos, e assim ir cavando, mas também é preciso suprir as necessidades básicas dos personagens e você precisa criar plantações, dormitórios e etc. Novas salas vão surgindo e novos ambientes de trabalho.

Tudo é você que molda, sendo assim o visual de sua fortaleza subterrânea é escolhido por você, para onde cavar e o formato que pretende adotar, além de que cada vez mais tesouros vão surgindo para que você os colete durante as escavações. Não se sabe o que vai encontrar na próxima camada de terra.

Mas também tem perigos, os malditos Goblins vagam por essas terras e assim que encontram uma entrada, logo descem pra fazer a festa e matam qualquer anão que encontrem pela frente. Como falei existem as profissões e você precisa preparar guerreiros também para conter invasões lutando contra qualquer inimigo que tente entrar no lugar.
Visualmente o jogo é muito simples, tendo um simpático visual pixelizado e câmera travada na tela, ou seja você não anda e a tela se move, ela é fixa. O que muda no cenário é alterar a visão para andares abaixo o a cima. Sendo assim você vai descendo ou subindo nos andares e vendo as profundezas da fortaleza. Esse jogo é do mesmo criador do psicodélico Groove City, sendo assim você pode notar uma semelhança na estética.

Enfim, tá aí uma dica de jogo muito simpático de simulação e que vai bem direto ao ponto, certamente uma obra capaz de apaixonar muita gente e que facilmente consome horas de alguém. Quem se interessar por mais informações é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

4 comentários:

Um certo alguém. disse...

Engraçado, assim que eu li o título "Queen Under the Moutain", pensei na música "In the Hall of the Mountain King". Justamente a música que toca no trailer. xD

Mais um dos filhos de Dwarf Fortress, é? Sky, por que você não tenta dar uma olhada em DF? Além de ser um CMS, Dwarf Fortress é praticamente um simulador de mundo. Sério, toda vez que você começa uma nova fortaleza, o jogo cria aleatoriamente toda uma geografia e história. Civilizações, continentes, oceanos, ciclos naturais (chuva, por exemplo)... E eles são únicos para cada mundo.

Único defeito do jogo (além da dificuldade absurda, embora a caracterização disso como defeito seja questão pessoal)? Gráficos ASCII. Mas existem dezenas de modificação fan-made que mudam isso.

Vinicius Martins disse...

Os goblins parecem o Dollynho kkkkk

Matt Kist disse...

Parece muito massa.
O nome me lembrou "King under the montain" que é o título dado ao rei de Erebor, no universo de Tolkien (nós vimos eles falando este título repetidas vezes na trilogia do Hobbit).
Tem um jogo desse estilo que gosto muito, que é o Towns.

Skywalkerpg disse...

Um certo alguém.

Uma hora dessas acabarei jogando, ele é muito bem falado. =D

Matt

Talvez o cara tenha se inspirado nisso também, vai saber né? *-*