Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

A maldição do Cecil Hotel

Não é difícil de se encontrar locais dados como amaldiçoados, esse é o tipo de coisa que acompanha a história da humanidade e vão desde ambientes naturais como a Floresta do Suicídio no Japão, como locais artificiais espalhados por toda parte, em São Paulo por exemplo tem o mistério do Edifício Joelma. E hoje vou falar sobre um dos lugares dado como malditos, o Cecil Hotel, você costuma ver histórias de espíritos por aí, mas nesse lugar parece que é tradição a presença de forças vindo de espíritos.

Esse hotel foi construído no ano de 1924, em Downtown (Los Angeles) e tinha todo um climinha de luxo pra época e tal, perfeito para receber os mais variados tipos de pessoas com dinheiro. O problema é que logo surgiram diversos outros hotéis ao redor e isso fez com que a concorrência apertasse demais as coisas.


A solução que o dono do lugar achou, foi começar a alugar quartos por longos períodos ao invés do padrão de poucos dias e isso por um preço absurdamente barato. Naturalmente muita gente se interessou, especialmente pessoas pobres e sem dinheiro para poder viver em um lugar mais adequado.

O problema é que isso atraiu também outro tipo de pessoas, gente desesperada, viciados procurando um lugar pra fazer a festa, bandidos atrás de um teto pra se esconder, e pior assassinos. Não bastando isso, aqueles sem razão pra viver e que queriam se afastar de onde moravam, viram o Cecil Hotel como um ambiente perfeito pra se afastar de seus problemas e... morrer!

É isso aí, o lugar não demorou muito para ganhar uma péssima reputação, afastando completamente aqueles hospedes de luxo e atraindo cada vez mais pessoas com más intenções. Fazendo assim com que ganhasse fama no "submundo" e a coisa só fosse piorando com uma barbaridade atrás da outra acontecendo.

Em 1947 aconteceu um brutal assassinato que ficou super conhecido, uma mulher chamada Elizabeth Short era uma atriz e em 1947 se hospedou no hotel. O apelido dela era Dália Negra (The Black Dahlia) e foi encontrada em um terreno baldio dividida ao meio (Separaram ela pelo tronco), além de ter como forte marca um corte que foi feito nas laterais da boca, expandindo tudo. Ela inspirou um filme de 2006 que tem o mesmo nome de seu apelido e o episódio Spooky Little Girl da primeira temporada de American Horror Story. Nunca descobriram o que aconteceu.

Mas a coisa vai além, o psicopata Richard Ramírez, conhecido como The Night Stalker (O perseguidor noturno) se hospedou no hotel e enquanto morava lá, matou nada menos do que 13 pessoas, sempre entrando pelo fundo e deixando a roupa da chacina no lixo do lugar. E teve outro psicopata, o Jack Unterweger, que também viveu no lugar, esse pelo jeito se sentia o Jack o Estripador, pois durante o período de hospedagem no lugar, matou três prostitutas.

E não pense que os maníacos se resumiam a fazer a chacina do lado de fora e apenas morar lá não, também já aconteceram homicídios dentro do próprio lugar. Um senhor que era conhecido por alimentar pombos foi encontrado em seu quarto, o assassino o estuprou, esquartejou e roubou todas as coisas de valor.

Depois disso o lugar começou a atrair os suicidas, as pessoas iam, ficavam algum tempo, e então saltavam. Parece que o lugar era como se fosse um ambiente para se refletir se a pessoa queria mesmo fazer aquilo. Um dos casos chega a ser cômico apesar de drástico, em 1962 uma mulher saltou do lugar e além de morrer, matou um senhor.

E por fim o caso que popularizou de vez o lugar aconteceu em 2013, foi o caso da universitária canadense Elisa Lam, ela foi para Los Angeles e decidiu se hospedar ali. E o que aconteceu com ela rolou solto pela internet com as mais variadas teorias, incluindo coisas mais absurdas como possessão demoníaca. O corpo dela foi encontrado no lugar, quando a polícia foi pedir a fita do hotel, viu o seguinte:

Então ela entrou no elevador, apertou todos os andares, mas a porta não fechou, ficou espiando como se alguém a perseguisse, depois "tateando" alguma coisa no ar. Após algum tempo caiu fora e pouco depois a porta fechou e começou a subir em cada um dos andares. Sabem o que isso me lembrou? O filme It Follows, será que rolou alguma inspiração? Essa sensação de "A coisa está vindo" e de ser invisível me lembra demais aquilo.

E adivinha como descobriram? Os hospedes começaram a falar que o gosto da água tava esquisito demais. Quando um funcionário pegou a escada e foi lá em cima do prédio pra dar uma olhada no reservatório de água, adivinha só? Achou o corpo dentro. Um detalhe é que o reservatório é fechado com uma corrente, tem uns três metros de altura e o acesso ao térreo era fechado.

No fim das contas o hotel foi rebatizado como Stay on Main pra diminuir um pouquinho a má fama do lugar. Afinal de contas se o seu hotel é famoso por abrigar psicopatas, suicidas, estupradores, ser uma boca de fumo e ainda ter Satanás vagando pelos corredores pra te tacar na caixa d'água, a coisa não é nada atrativa né? A não ser pro povo underground...

7 comentários:

New El disse...

Tá no clima de AHS:Hotel? Ou esse post é mais uma coincidência?

Skywalkerpg disse...

As vezes faço matérias exclusivamente pra fazer outra matéria e citar a matéria anterior.

New El disse...

Então em breve sairá um post de AHS:Hotel?

Skywalkerpg disse...

Sim.

Matt Kist disse...

É você, Satanás?

Super Suporte disse...

Hahah que legal, estava esperando a oportunidade para recomendar um podcast q me lembra muito o nerdmaldito

http://www.mundofreak.com.br/2015/05/22/mfc-53-o-misterioso-caso-de-elisa-lam/

Matt Kist disse...

Elisa Lam?
O que será que aconteceu com Eles, Allan?